2 de nov de 2013

All That Matters - Capítulo 5 ''Angel''

''Eu sei que lá no fundo, meu coração esta unido ao seu ''


Quando o filme acabou Justin estava super estranho, e quando disso isso quero dizer SUPER ESTRANHO MESMO. Ele segurava em minha mão como se não quisesse me perder no meio da multidão que saia da sessão, e andava realmente depressa como se estivesse fugindo de algo. Sua pele estava tão fria ...
-Por que estamos correndo?-perguntei tentando não demonstrar meu nervosismo.
-Desculpa...-ele disse.-Eu e você temos que sair daqui. Não é seguro.
Não é seguro ?
Por que?
O que de perigoso podia ter em um cinema?

-Eu não estou entendendo nada Justin!-disse para ele assim que saímos do shopping. Avistei seu carro do outro lado da rua e quando achei que iriamos até ele, vi que havia um rapaz perto olhando para todos os lados.
Ele parecia ter a mesma altura que do Justin, usava um terno preto e um sobretudo preto também. Seus cabelos formavam leves cachos arredondas nas pontas. Senti seus olhos firmes em nós e Justin me puxou para atravessar a rua.
Assim que paramos perto do cara , Justin o olhou e ele também nos olhou. A mão de Justin ficou firme á minha.
-O que faz aqui ?-Justin foi rude.
-Ele esta na cidade ... ele quer ver você... Eu sinto que ele esta perto.
-Não pode ser ...-Justin ficou abalado.
-Ele tem observado você...-o rapaz me olhou e eu percebi que seus olhos eram verdes. -Você tem que sair daqui com ela.
O que estava acontecendo ? Do que esses loucos estão falando?
-Justin o que esta acontecendo? Quem é esse cara? Quem esta atrás de você?
-Obrigada pela ajuda Sam.-ele agradeceu o rapaz sem responder minhas perguntas e me puxou para a rua escura a nossa direita. Não havia ninguém na rua e isso estava me dando medo. Justin andava freneticamente como se estivesse fugindo.
Se ele esta fugindo porque ele não usa o carro ?
Por fim, eu parei. Não dei nem mais um passo e soltei minha mão de Justin. Ele parou e me olhou com uma expressão estranha.
-O que é isso?-perguntei novamente.-O que esta acontecendo com você?
-Mad, por favor, só me deixa tirar você daqui e eu juro que te explico.
-Não!-quase gritei.-Eu não vou a lugar algum a não ser que você me diga o que esta acontecendo!
-Tudo bem ...-ele suspirou. -Mas por favor, não fique com medo, e não corra ... Eu só quero te ajudar.
Esperei que ele me explicasse o que tinha acabado de falar, porque mais uma vez eu não tinha entendido nada, até que ele se afastou e me olhou fundo nos olhos.
Eu podia jurar que seus olhos estavam ficando mais dourados. Talvez por causa da luz dos postes que estavam ali perto.
E então algo surpreendente aconteceu.
Eu via um movimento em suas costas... e quando ...dei por mim, eu não acreditei.
Eram asas!
Asas incrivelmente grandes e brancas.
OH MEU DEUS, O QUE É ISSO!?
-Esse sou eu Mad.-Justin disse com uma voz rouca que eu desconhecia. -Não fique com medo, eu nunca machucaria ninguém.
-O...O que é isso? Meu Deus, são asas! Como você tem asas Justin?!
-Eu sou um anjo Mad.E eu preciso que você confie em mim e me deixe tirar você daqui antes que ele nos ache.
Um anjo? Ele era um anjo?
-Eu ... eu ...eu estou com medo.-admiti com dificuldade.
-Não precisa ter medo de mim Mad, eu vou proteger você de tudo.-ele andou até mim e segurou em minhas mãos. Eu olhei para suas asas novamente. Eu estava encantada. Eram tão ... brancas!Justin envolveu seus braços em volta de mim e prendeu suas mãos firmes em minha cintura.-Teremos que voar,se segura Mad.
Senti meus pés flutuarem e fechei meus olhos.
Aquilo era um sonho não era?
Como ... isso pode ser real?
Abri meus olhos novamente ouvindo o barulho das asas de Justin batendo e prendi meus braços no pescoço de Justin com medo de cair quando vi que estávamos muito longe do solo.
Estávamos próximos as nuvens. Estava frio, mas eu não liguei ... Se fosse um sonho, eu não queria acordar.

Abri meus olhos e percebi que ainda estava de noite. Olhei em volta e percebi que estava em minha cama.
Tudo  foi um sonho?
Olhei em volta do quarto desta vez e vi Justin sentado no pequeno sofá em frente a minha cama. Me sentei na cama com o susto.
Então era verdade!
As asas, o céu ...as estrelas ... aquela sensação!
Oh Meu Deus!
-Madison você esta bem ?-ele estava calmo. Sua voz estava serena... soava como uma música.
-Eu acho que estou ficando maluca...-confessei.-Tudo foi verdade?
-Sim.-ele confirmou.-Eu sei que ... não vai mais ...- o interrompi.
-Eu quero que você seja sincero comigo,me diga quem você é de verdade... O que aconteceu ontem, e por que não me contou desde o ínicio.
-Tudo bem ...-ele respirou fundo.-Como eu disse... eu sou um anjo.-ao ouvir aquilo meu corpo se arrepiou.-E ... eu fugi de casa. Bom, eu não posso dizer muito... humanos não poder saber nem da metade do meu mundo ... mas eu desisti de tudo para viver aqui, mesmo sabendo que nunca poderei ser um humano, eu sabia que aqui era o meu lugar, porque minha mãe era uma humana. Mas o meu pai esta atrás de mim agora e ... se ele me encontrar vai me arrastar a força para casa e nunca mais poderei voltar.
Nunca mais?
Aquilo me deixou com medo.
Então eu nunca mais veria ele?
-E ... por que ele quer tanto te levar pra casa? Por que você não pode viver aqui ?
-Nos anjos temos leis ... não podemos aparecer para humanos, e nem nos apaixonarmos por um humano ... e meu pai se apaixonou pela minha mãe. Por um bom tempo ele conseguiu esconder de todos os Anciões ... mas quando eu nasci, todos ficaram sabendo, e minha mãe foi julgada e condenada de acordo com nossas leis. Eu era muito pequeno quando ela morreu ...-ele abaixou seu olhar.-O problema é que agora ...-ele se levantou.-Eu estou sentindo algo aqui ...-ele tocou seu peito, onde ficava o coração.-E eu só sei que eu tenho que cuidar de você, e ficar ao seu lado agora.
Seus olhos encontraram os meus.
Eu fiquei perdida.
- O que vai acontecer agora?-perguntei.
-Eu acho que ... vou embora.
-Pro Céu ?-perguntei um tanto confusa, eu não sabia se era assim que se falava.
-Não-ele riu.-Para outra cidade ... Você quer ficar longe de mim não é?

Continua...


Oi minhas lindas como vão? Espero que bem! Esta super pequeno mas meu pc ainda não arrumou e por conta da BT (mesmo eu não indo) não estou escrevendo muito nesses dias, mas prometo fazer um cap realmente grande quando meu pc arrumar!
Amo demais vocês, obrigada por tudo , beijos s2
MARRY YOU NO ANIME (AQUI)