4 de dez de 2013

All That Matters - Capítulo 22 ''O grande começo'' Parte 2 / Para a Laura ♥

''Eu tenho medo ... medo de perder você.''

-Eu ainda não entendi porque você quer tanto a Madison ... ela é só uma humana.
-Ela é a escolhida.
-Escolhida? Pra que?
-Você não entende.-ele suspirou.-Mas é melhor ficar fora disso. Fora do meu caminho. E me trazer a garota sã e salva.
-Só vou fazer isso porque eu quero muito matar Jack, porque senão eu não trairia a confiança de Justin assim, ele se prontificou em me ajudar.
-Um Ebom com sentimentos?-Peter riu sobriamente.-Apenas vá e me trata a delicada Madison aqui até  a noite. Hoje eu terei uma noite maravilhosa , tenho certeza.

P.O.V Justin Bieber

-Para Madison é serio ...-soltei uma risada e logo me calei, a senhora Beer poderia ouvir e vir nos ver no quarto da Madison.
-Ahh não, é legal ...-ela continuou examinando minha cicatriz mas aquilo estava me fazendo cócegas.
-Amor ... ta fazendo cócegas.-senti meu corpo todo se arrepiar.
-Ui ta arrepiadinho ...-ela brincou. Em seguida parou soltando sua risada.
Como ela ficava ainda mais linda rindo.
-Vem aqui.-a puxei e ela caiu sobre meu corpo.-O que você vai fazer depois do almoço?
-Não sei ... não fui trabalhar por causa da Marie ...e acho que não vou a semana toda, minha mãe avisou o Sr. Brown. Acho que eu poderia ir naquela casa ver o emprego de babá... Não sei se vou dar conta.
-Você parece ter jeito com crianças... a Marie amava muito você.
-Eu sei ...-ela suspirou em seguida abaixou seu olhar dos meus.
-Desculpa, não devia ter tocado no assunto.
-Tudo bem ... me diz uma coisa : como é meu anjo da guarda?
Olhei para ela. Ela estava encostada na parede e nos olhava. Eu não me incomodava com ela. Afinal, eu via vários anjos por ai,  e pra mim eram quase como se fossem invisíveis.
 -É uma garotinha adorável ... loira, pequena ...
-Diz pra ela que eu gradeço por ela ter me protegido todo esse tempo.
Olhei para o anjo da guarda de Madison.
-Qual seu nome?-perguntei a ela. Madison não pode ouvir isso, era uma conversa entre eu e ela, em um mundo paralelo.
-Sarah...-ela disse.-Diga a Madison que não deve falar comigo. Você sabe ...-ela deu de ombros.-São as regras ... meu único objetivo é cuidar dela.
Assenti.
-Ela disse que você não deve falar com ela , pois são as regras.
-Tudo bem ...-ela murmurou ainda deitada sobre mim.
-Você não esta cansada de ficar nesse quarto ?
-Não ...Na verdade, estou com sono.
-Você dormiu a noite toda Madison!-fiquei perplexo.
-Ou não...-ela soltou uma risadinha me dando uma indireta.
-Tudo bem.-sorri.-Dorme um pouco se você estiver cansada ... Não vai ter problemas com sua mãe né?
-Não ... aliás hoje ela me disse algo.
-O que?
-Que eu estou escondendo alguma coisa dela...
-Ela esta suspeitando de mim não é?
-Sim, mas não se preocupe...
-Tudo bem.-garanti a ela. -Agora durma.-ela levantou sua cabeça e me deu um selinho rápido depois voltou a ficar como estava.
-Vou dormir só um pouquinho ...-vi ela fechar os olhos e em seguida tudo ficou em silêncio.
Madison tinha pego no sono tão rapidamente que eu fiquei surpreso.
Fiquei mais um tempo ali com ela... Tão linda acordada quando dormindo.
Por fim, depois de alguns minutos, decidi ir a procura de Will ... era melhor ter Madison dormindo, assim ela não preocupava, e eu poderia voltar antes que ela acordasse. Eu precisava descobrir o que ele estava tramando.

P.O.V Madison Beer

-Acorda...-aquela voz me fez despertar.-Olá Madison ...
Olhei para os olhos de Will e pisquei algumas vezes para saber que não era um sonho. Quando tive a certeza me sentei na cama me afastando.
-Cadê o Justin?!-perguntei.-O que você faz aqui ?
-Ei, calma.-ele sorriu gentil.-Justin não esta aqui.
-Não esta?-perguntei atordoada pelo sono que me consumia ainda.
-Cadê minha mãe?
-Esta lá em baixo ... eu preciso da sua ajuda.
-Minha ajuda?
-Sim, pode fazer algo por mim ?
-O que ?
-Apenas não grite.
Will se afastou e em seguida abriu suas asas. Seu olhos negros rapidamente vieram a tona, e eu senti meu corpo todo tremer.
-Não vai doer.-ele disse. Rapidamente ele me puxou para seus braços, tampou minha boca com uma de suas mãos e tudo ficou preto, antes mesmo que eu pudesse me debater, ou gritar.

Abri meus olhos sentindo minha cabeça rodar.  Eu estava deitada em algo... muito duro. Levantei minha cabeça e percebi que era o chão ... olhei para o teto... para os lados... parecia ser a casa de alguém.
Onde eu estava?
-Enfim a pequena Madison acordou?-ouvi uma voz que eu não conhecia e consegui me sentar para ver quem era. Quando finalmente encarei o homem a quem pertencia essa voz, pude saber que ele não era realmente normal ...como eu.
Ele era um deles. Anjo... ou um Ebon?
-Quem é você?
-Prazer, eu me chamo Peter.-ele sorriu de lado... parecendo querer ser sedutor.
Peter? Aquilo atiçou minhas lembranças.

-Vou tentar te contar desde o inicio.-eu assenti.-Há muito tempo atrás um Arcanjo me contou uma história. Arcanjos são os anjos mais fortes de todos....Mais forte até que meu pai e eu.Eles não vivem no Paraíso, assim como os anjos normais. O nome desse Arcanjo era Peter, eu era pequeno ... estava brincando com algo ... eu não sei ... não me lembro muito bem.  Ele me contou uma história de um anjo que conseguiu virar humano.-o interrompi.

-Você é um Arcanjo?-minha voz saiu quase num sussurro. Não podia ser ... ou podia?
-Vejo que você andou se informando.-ele sorriu sobriamente. -Então Justin contou sobre mim ?
-Sim...-disse. Consegui me sentar direito e encara-lo.-Onde eu estou ?
-Essa é minha casa ...-ele sorriu e se levantou. Suas pernas se moviam em minha direção.-Eu preciso ter certeza de algo.
Me afastei para trás até bater minhas costas em uma parede.
-O que?
Ele se agachou e tocou levemente em minha perna. Seu toque era frio como o gelo. Ele fechou seus olhos.
Eu tentei me afastar mas algo puxava sua mão em mim.
Quando ele abriu os olhos, pude ver um sorriso nítido em seus lábios.
-Então Justin ama mesmo você ...
-O que você viu ?-perguntei assustada.
-Tudo.-ele disse e em seguida se levantou.-Não acredito que Justin foi tão babaca de ter dormido com você.
Abaixei meu olhar sentindo meu rosto ficar vermelho.
Ele viu eu e Justin ... oh não!
Aquilo fez meu estomago embrulhar.
-Não se preocupe ...-ele riu sarcástico.-Eu não contarei a ninguém esse momento intimo de vocês ... Afinal, todos saberão o ato de loucura que Bieber cometeu.
-Do que esta falando?-eu quase gritei exasperada e confusa.-Porque eu estou aqui ?!
-Você é a escolhida!-ele disse rude.-Todos estão atrás de você para mata-la.
-Todos?-murmurei chocada.-Mas eu sou apenas a escolhida de Justin ...
-Não ... Você é a escolhida. A única garota que pode transformar um anjo em humano. Se todos os anjos que estão atrás de você te pegassem você seria morta no meio de vários anjos ...  e Justin provavelmente estaria junto.
Não!
Isso não pode ser verdade!
Justin me disse que eu era apenas a escolhida dele!
Lágrimas já começaram a se formar em minha face.
-Você também quer virar humano?-aquilo saiu quase em um sussurro,  e em resposta ele riu.
-Claro que não! Humanos são fracos ... frágeis ... idiotas. Eu vou matar você para que ninguém lá em cima vira um humano aqui na Terra.
-Não ... por favor não me mata ...
Ele não podia me matar. Meu coração começou a bater rapidamente e então, eu ouvi a voz de Justin.
''Madison onde você esta?''
Olhei para Peter que me encarava.
Justin estava em minha cabeça?
''Justin!-quase gritei em meu pensamento.-Socorro!''
''Me diga onde você esta ...''-ele disse sério.
''Eu não sei ...''-disse.-''Peter esta aqui.''
''Eu vou achar você. ''
Uma luz veio em minha cabeça embaçando minha visão. Fechei meus olhos e em seguida os abri novamente.
-Me deixe ir ...-implorei.-Por favor ....
-Cala a boca garota!-ele gritou vindo em minha direção. Senti meu corpo ser puxado para o alto.-Eu odeio ouvir esse seu choro!
-Ai!-reclamei. A mão dele queimou minha pele.
Espera....
O que ele realmente é ?
Justin disse que ele era o anjo mais poderoso de todos ... mas ... ele não parecia um anjo, ele não parecia mesmo. Um anjo não faria isso.
-Você vai parar de chorar?!-ele perguntou rude.
-Eu não consigo...-solucei alto. Minhas lágrimas embaçavam minha visão.
-É melhor conseguir, ou eu vou te matar antes que seu namoradinho chegue.
-Você quer me matar na frente de Justin ?-perguntei assustada.-Não ... não faça isso. Me mate agora então ....  mas não na frente dele.
Se Peter me matasse na frente de Justin ele faria uma besteira eu tinha certeza. Justin não estava pronto para se separar de mim, muito menos me ver morrer.
Eu ... eu estava com medo. Medo de morrer. Medo do que seria depois.
Justin não estaria mais ao meu lado.
Justin não seria mais o meu anjo.
Meu corpo todo começou a ficar mole. Peter mantinha seu braço sobre mim mas agora seus olhos estavam fechados.
-Ele esta perto.-ele disse.-Justin esta aqui.
Ouvi um estrondo na porta e então lá estava Justin. Seus olhos percorreram o local e pararam em mim.
Ele me olhava como se pedisse desculpa por isso.
-Mad?-ele me encarou.-O que ele fez com você?
Olhei para Peter que mantinha seu sorriso diabólico nos lábios.
-Ela ficou tão linda não é ?-Peter olhou em meu rosto.
O que ele tinha feito comigo?
Virei meu rosto a procura de algo que eu pudesse ver ... Meu corpo tremeu ao encontrar o espelho.
-NÃO!-gritei.-O QUE VOCÊ FEZ!?
Meu rosto estava cheio de cicatrizes.  Eu ... eu não estava me reconhecendo.
Eu estava horrível.
-Justin...-sussurrei.-Me ajuda ....
-Solta ela!-Justin gritou.-Por que esta fazendo isso Peter?! Aquele dia ... você disse que eu encontraria minha escolhida. Por que esta a tirando de mim assim?
-Meus planos mudaram.-ele me jogou no chão. Tudo que vi foi seu pés. Meu braço doeu. Reprimi um grito de dor. -Vou matar a Madison ... nenhum anjo pode renegar sua especie!
-Peter ... você sabe que não é bem assim.-Justin disse. Ele estava fazendo o máximo para ficar calmo eu sentia em sua voz.-Madison é minha. Eu escolhi assim. Você não pode simplesmente mata-la ... Deixe a comigo e eu não deixarei que ninguém a mate. Nenhum anjo virará humano você tem a minha palavra.
-E por que eu confiaria em você? -Peter perguntou desconfiado.
Olhei para Justin. Eu sabia que ele não poderia me proteger pra sempre. Ele poderia se machucar fazendo isso.
Ele estava com suas asas abertas. Seu corpo estava diferente ... Justin estava todo machucado.
Como eu não tinha reparado nisso antes?
Fechei meus olhos.
Eu tinha que tomar uma decisão.
Eu não podia deixar Justin morrer. Eu não podia deixar Peter me matar.
Então era isso.
Se eu tivesse mesmo que morrer, e tivesse centenas de anjos loucos atrás de mim, eu morreria... mas não por eles.
Eu morreria pelo Justin.
Ele se tornaria um humano.
Eu morreria feliz se isso acontecesse.
Fechei minhas mãos em punho, e tive que ser forte para me arrastar do outro lado do cômodo.
Justin e Peter ainda conversavam ... mas eu estava nervosa demais para prestar atenção.
Eu estava vendo uma faca.
Assim que conseguir pega-la. Me encostei na parede. Ouvi a voz de Justin.
-Madison o que vai fazer?
Consegui levantar meu olhar e então ... vi o olhar de Peter sobre mim. Eu sabia que ele iria tentar me impedir.
Fechei meus olhos.
-Eu te amo Justin ...-sussurrei, e então pressionei a faca contra meu peito.

Continua...


Meninas! Estou de queixo no chão! Mds, não acredito que escrevi isso. Madison ... se matou ?! OMG!
O que vai acontecer agora?
Sinto dizer mais já estamos nos últimos capítulos ... ain gente, que triste :(
O que Justin vai fazer agora? O que será que vai acontecer? O que será dele sem a Madison?
**

Vou seguir a dica de uma leitora, mas não vou poder responder todas tudo bem ? *-*

Anna: claro bbza! Já somos amigas u_u Me chame no Whats se tiver s2
Eduarda: awww fico feliz que tenha comentado agora <333
Rafaela: Minha fã? Obrigada meu amorr []
Tainara: Superando escritoras de livros? :O nossa, muito obrigada. Eu sei que não sou tão boa assim ,mas muito obrigada <3
Larissa: aw que meiga. Essa é minha intenção, colocar sonhos no coração de vcs s2 Obrigada!
Midiane: aw que bom q vc gostou [] Jadison 4Ever lol akajsjsjdjd
Larissa: my heart is red u_u akajsjs oie Laris!


Meninas, eu criei uma FAN PAGE para o blog, e eu gostaria que vocês curtissem. Ainda não postei nada, mas vou começar a postar. Vocês podem deixar um recadinho pra mim lá, conversar comigo ... o que quiserem! Mais pra frente procurarei  ADM'S *-*

Capitulo 12~~Danger in Two Heart~~ Me Mudar ?










E sim essa tinha sido a primeira vez, que estava sendo sincera com Justin Bieber.

Dia seguinte...

 P.V.O Natasha

Eu tinha acordado já fazia uns cinco minutos e estava me sentindo estranha, não sei mas eu estava tão feliz, que não conseguia segurar toda essa felicidade, mas já tinha decidido que não iria deixar justin perceber que eu estava assim, pra depois ele não ficar achando que sou mais uma dessas suas vadias, porque eu conheço sua fama , e não é de hoje. Me levantei e fui em direção ao banheiro, percebi que estava nua, e isso me fez lembrar de tudo que aconteceu ontem,desde a hora que ele tocou na minha cintura até a parte que ele me puxou fazendo com que eu colocasse minha cabeça sobre seu corpo. Sim meus caros amigos, ontem tinha sido um momento muito mágico em minha vida,por um lado eu estava feliz, mas agora depois de tudo já ter acontecido, uma parte de mim me faz lembrar que eu simplesmente perdi a minha virgindade com o filho do cara que matou meus pais, que simplesmente fez com a minha infância e a minha adolescência  não tivessem significado nenhum em minha vida, eu não pude ouvir as reclamações  do meu pai por causa de um paquera, e nem os conselhos da minha mãe dizendo que isso tudo é porque eu ainda era a princesinha do meu pai. Liguei o chuveiro e entrei deixando que aquela água, corresse por todo o meu corpo, levando esses pensamentos tambem. Isso já aconteceu, agora simplesmente era o tempo da minha vingança.Pensei muito,pensei sobre tudo que estava e está acontecendo, eu teria que me infiltrar de qualquer jeito na casa do Bieber.Terminei meu banho, que tinha se saído mais demorado do que eu pensava e escovei os dentes, me olhei no espelho, fui direto ao meu guarda-roupa e peguei minhas roupas intimas, coloquei um short rasgado e uma regata branca,calcei um chinelo e quando olhei pra cama, justin estava dormindo ainda,resolvi ir preparar algo pra comer, já que meu estomago estava roncando.
Abri a geladeira e peguei um suco de caixinha e um pedaço de bolo, que tinha coloquei na mesa, e liguei a maquininha pra fazer o café, por enquanto eu iria até a esquina e compraria pão.Deixei um bilhete dizendo que tinha ido comprar pão, e fechei a porta.Desci as escadas e dei de cara com James na recepção.

-Bom dia James-digo sorrindo pra ele

-Bom dia Senhorita.Aonde está indo assim tão cedo?

-Vou na padaria, sabe como é ,quando se tem visita em casa muda toda nossa programação.

-Verdade, e a propósito, vieram uns homens aqui hoje, procurando por um rapaz chamado Justin, voce
conhece? Porque eu perguntei a todo o resto dos inquilinos e ninguem conhecia.

-Como eram eles?

-Tipo, eles estavam em um carro preto,desceram uns três e vieram até mim perguntando se tinha alguem aqui com nome de Justin,e que ele estava acompanhado por uma garota,ai imaginei que poderia ser você e seu primo, mas depois eu lembrei que seu primo não é aqui da cidade, então não era, então eu disse a eles que não conhecia esse tal rapaz.

-E depois o que eles fizeram?

-Foram embora.

-Ata, obrigada James.-digo me virando e subindo as escadas de volta

-Natasha, voce não ia comprar o pão?

-Acabei de me lembrar que esqueci o dinheiro- digo e volto a subir os degraus.

Abro a porta e a empurro com força,fazendo a fechar,  quando estou indo em direção quarto,paro e vejo justin sentado,tomando suco.

-Bom dia Nath,madrugou hein...-diz tomando o suco.

-Bieber,os caras vieram te procurar aqui, e o pior eles estão me procurando tambem

-O que? -grita justin,fazendo com que o suco derrama-se

-É isso mesmo, agorinha mesmo eu estava descendo pra comprar pão ai James, me parou e perguntou se eu conhecia algum justin, porque vieram uns caras procurando por essa tal pessoa, e nenhum dos inquilinos daqui tem esse nome, ou sabe quem é, e disseram que ele estava com uma garota, James pensou que poderia ser nós, mas depois lembrou que voce não era da cidade,então  descartou essa hipótese dizendo que não conhecia não.

-Mas como ele me encontrou aqui?

-Ei Justin?-o chamei fazendo olhar pra mim- O caso aqui agora, não é só voce, tambem tem eu, que agora  estou metida nessa sua história.

-Tenho que ligar pra Chris-diz ele indo em direção ao quarto, e pegando seu celular que estava em cima do criado-mudo.Eu encostei na parede, e comecei a observa-lo que só ficava andando de um lado pro outro até que percebo que alguem atendeu a sua ligação.

-Hei Chris, eles descobriram aonde eu estou.......-É eu tambem não sei como, mas a questão é que descobriram......-E tem mais, eles estão atrás de Natasha tambem.....-A garota que foi atrás de mim lá na boate.....-Ok,mas resolvi isso logo.

Percebo que ele desliga o celular, e vai em direção ao banheiro fechando o mesmo, com tamanha força que se  fosse em outro momento eu iria xinga-lo com certeza, mas agora eu só quero saber o que vai acontecer daqui em diante.Ouço o barulho do chuveiro e logo deduzo que ele esta tomando banho, meu estomago faz um barulho estranho,me lembrando que eu não tinha tomado café ainda,vou a cozinha e pego a garrafa de suco e coloco um pouco pra mim,corto uma fatia de bolo e como tudo de uma vez só, é eu estava com muita fome.Meu telefone começa a tocar,corro em direção a sala procuro no sofá mas ele não estava lá, me lembro que estava na minha carteira, vou correndo e pego, olhando o nome no visor, que indicava simplesmete "Chefe", puts eu tinha me esquecido completamente do trabalho, respiro fundo e atendo:

-Chefinho querido, como está ?-digo na maior cara de pau possivel

-Eu estou bem, mas não sei se voce vai ficar?

-Como assim?

-Voce está demitida,Natasha e nem adiante recorrer a nada,já está decretado hoje a tarde mesmo, voce pode vir aqui assinar as papeladas.

-Voce está me demitindo sem justa causa-disse alterando a voz com ele.

-Sem justa causa Natasha,voce chega atrasada no trabalho e ainda falta sem dar noticias,a lei esta do meu lado, e não tem conversa,te espero hoje a tarde.

Quando eu ia falar, ele já tinha desligado o telefone,rumei meu celular na parede vendo ele se espatifar todinho no chão,estava com muita raiva,como  que eu iria pagar as prestações agora do meu apartamento,

-O que aconteceu Nath?

-O que aconteceu? simplesmente o velho do meu Chefe me ligou e me disse que eu estava demitida, porque venho faltando o trabalho e chegando atrasada.Agora como que eu vou me bancar?

-Calma Natasha, eu ja estava pensando e já ia até falar com voce.

-Sobre o que?

-Voce vai ter que se mudar daqui....-não deixo ele nem terminar de falar e já digo

-E eu vou pra onde bieber?não tenho dinheiro não

-Se voce parasse de ser afobada, eu terminaria o que eu ia dizer-diz fazendo eu revirar os olhos-Então,continuando você vai ter que ir morar comigo, é a única forma de eu poder fazer a minha segurança e a sua tambem.

-Eu morar com voce Bieber?

-Sim, é isso ou voce correrá risco de vida.

Eu não podia recorrer, a nada, era a minha vida que estava em jogo, e além do mais, eu estando na sua casa seria mais fácil de continuar com o meu plano.

-Ok Bieber, eu aceito ir morar com você.

-Lógico, voce não tem outra escolha


-----------Continua                                                                                             Jáaih  s2


OOOOOOOOOOOOOOOOOOii tá ai mais um capitulo de Danger espero que gostem ((: ,qualquer sugestão ou crítica pode deixar nos comentários, que eu vou tentar atender a todas, as Giirl's que comentam e visualizam saiba que eu fico muito feeeeliz de ver voces interagindo assim com a IB,haha*-* amo voces de verdade.... Atée o próximo capitulo  beeeeijos  segue lá : @Jaiihara