17 de dez de 2013

All That Matters 2ª Temporada - Capítulo 9 ''The fight of two hearts''

''Quer um concelho? Não se apaixone. Se você se apaixonar, meu amigo ... sua vida esta acabada.''

-Fiquei sem fome ...-dei de ombros , sem olha-lo.
-Porque não olha pra mim?-ele perguntou e sua mão foi para meu rosto, e ele me fez olha-lo.
Encarei seus olhos com raiva.
Eu estava me segurando para não chorar.
-Me deixe voltar pro quarto Justin, por favor.
-Madison, o que foi ? Eu te machuquei?
-Quer saber?-puxei meu braço de suas mãos e ele me olhou surpreso.-Sim você me machucou! Mas sabe o que foi pior?! Nós dois termos transado naquela mesa onde agora aquela garota esta tomando café da manhã e você agisse como se nada tivesse acontecido!
Me virei de costas e segui para o meu quarto o mais rápido possível. Contando mentalmente os passos que eu dava para não ficar com medo ou tropeçar nos meus próprios pés e cair.
Eu sabia que o tinha irritado, e teria que enfrentar as consequências disso quando ele viesse atrás de mim.

P.O.V Justin Bieber

Meu corpo todo tremeu de raiva quando ela me deu as costas e seguiu para o seu quarto.
Eu realmente iria atrás dela e faria retirar tudo que disse.
É claro que eu me importo, se eu não me importasse já teria batido nela, por ela ser tão atrevida.
Arghh.
Deixei um suspiro de raiva sair de mim.
Ela tinha que me ouvir.
Eu precisava falar com ela.
Subi as escadas e fui até o seu quarto. Bati uma vez e entrei.
Madison estava chorando , deitada em sua cama e eu podia ouvir seus soluços que já estavam intensos.
-Madison precisamos conversar.-disse e ela virou seu rosto me olhando.
-Conversar o que Bieber?! Mas que porra! Me deixa em paz! Finge que nunca tivemos nada!-gritou.
-Você realmente quer isso?-indaguei.-Você quer que eu finja que nunca tivemos nada? Acho meio impossível depois da noite de ontem!
Ela se sentou na cama e me encarou com raiva.
-Eu sei que não sou santa Bieber, mas  o que fizemos não foi legal ... e se eu pudesse voltar no tempo eu não faria nada daquilo!
-Por que não? Você não gostou?
-Isso não tem a ver com prazer Justin!-ela soltou um suspiro pesado.-Isso tem a ver com o que eu sinto, e o que eu sinto por você é um ''carma''!
-E porque esta dizendo isso? Até parece que você também não é um ''carma'' em minha vida!
Ela soltou um riso debochado, que saiu cheio de dor apesar de tudo. Ela chorava muito.
-Aé? Ótimo. Então me leve pro Ryan, me leve para a minha família e deixe que algum anjo imbecil me mate ou me entregue de uma vez ao Peter e realize seu desejo de ser um humano. Mas só uma dica Bieber ... tome cuidado para que você não se magoe por ai, é a pior sensação do mundo.
Meu queixo foi ao chão.
Essa garota está louca?
-Você é maluca...-dei de ombros.-Eu já disse pra você porra que eu não vou matar você! Peter é totalmente contra anjos virarem humanos, eu só daria você a ele porque sei que ele te levaria pra casa depois que me transformasse em humano!
-E porque tem tanta confiança assim no Peter Justin?! Você age como se ele fosse o seu pai, ou seu melhor amigo, mas você é tão imbecil , e inútil que não percebe que Ryan e Jeremy são as pessoas que mais quiseram te ajudar e você não aceitou a ajuda deles!
A puxei pelo braço e apertei firme ali para machuca-la. Eu deveria fazer pior que isso.
Ela me olhou com pavor nos olhos.
-Nunca mais me chame de inútil Madison! E nunca mais envolva Jeremy nessa conversa!-gritei.-Você quer saber porque eu não aceitei a ajuda deles?!-ela ficou calada e seu choro foi cessando aos poucos. Desta vez ela estava com medo. Medo de mim.-EU NÃO ACEITEI A AJUDA DELES PORQUE ELES ME QUERIAM VER LONGE DE VOCÊ E TUDO QUE EU QUERIA ERA ESTAR AO SEU LADO!-minha voz saiu grossa, mais grossa do que o normal.
Não!
Eu não podia me transformar na frente dela...
Mas, a raiva dentro de mim era maior que tudo.
-Justin...-ela disse me encarando assustada.-Seus olhos estão pretos!
Ela tentou se soltar de mim, mas eu já sentia minha pele pegando fogo.
Minha mão a segurou com mais força.
-Você sim é uma inútil depravada Madison!-gritei sentindo que ela choraria mais com isso.-Você é uma garota idiota que eu nunca devia ter me apaixonado, que eu nunca devia ter conhecido! E quer saber porque eu não gosto que citem o nome de Deus aqui?! Porque foi ele que me uniu a você! Foi ele que me envolveu nessa porra toda justamente por sua causa Madison! E se eu estou aqui é pra salvar a sua maldita vida de um bando de anjos filhas da puta que quer te matar!
-Justin ... me solta!-ela grunhiu. -Eu to com medo!
-Ótimo!-cuspi em seu rosto.-Por que você ainda realmente não me viu bravo Madison! Você é uma estúpida arrogante que só pensa nessa porra de sentimentos e não sabe porque eu realmente estou aqui! Você quer a porra de uma declaração de amor?! Então eu vou dar a você!
A joguei contra a cama e a seguei firme ali para que ela não escapasse. Madison se debatia, e então eu segurei o seu rosto e cupi nele. Madison fechou os olhos e gritou.
-Sai de cima de mim Bieber!
Abri minha mão e dei um tapa em seu rosto. Madison alavancou-se na cama pela força e eu podia sentir suas unhas fincarem em meus braços.
-Você é uma mal agradecida!-gritei com raiva  e dei um tapa forte em sua perna.
Eu me sentia punindo uma criança, mas é isso que Madison parecia, uma criança chorona que não sabe o que diz.
-Bieber você ta me machucando ...-ela sussurrou quase sem voz por causa de seu choro.-Eu ... eu ... amo você....
Quando ela disse isso, meu corpo tremeu pelo susto.
-O que?-a olhei perplexo por essas palavras e me afastei a deixando livre de minhas mãos.
Ela se sentou na cama segurando sua blusa e foi ai que eu percebi que ela tinha se rasgado pela força que Madison fazia para escapar de mim.
-Eu nunca amei ninguém como você...-ela olhou em meus olhos.
Meu corpo sentiu a dor que ela sentia.
Eu quase fui esmagado ali mesmo pela intensidade de suas palavras.
O riso de meus lábios saiu duro, e cheio de ironia.
Que porra essa garota estava dizendo?
Depois de tudo que ela disse ela vem bancar a boa samaritana?
-Nunca amou?! Não é o que parecia quando você falava com o Ryan!-soltei.-Você é uma mentirosa Madison! E eu tenho nojo de mentirosos!
-Eu não estou mentindo!-ela gritou.- Quer saber? Eu quero que você se ferre com esse seu plano, porque a partir de hoje Bieber, guarde bem o que eu to dizendo, você morreu pra mim!
Ri sem humor.
Que garota hilária.
-Eu já estou morto Madison. Você quer fazer assim ? Quer destruir a porra toda que esta nessa sua merda de coração?! Vamos lá!  Destrua. Tudo o que eu senti por você morreu, e a noite de ontem, você se comportou como uma vadia abrindo as pernas pra mim!
Senti meu rosto queimar.
Madison havia me dado um tapa.
Eu iria revidar, mas não ... eu não iria dar esse gostinho a ela.
-Você me da pena Madison Beer e quer saber o que eu vou fazer sobre isso?!
Agarrei em seu pulso e a arrastei dali vendo que nem andar essa inútil estava conseguindo.
Desci as escadas da minha casa e entrei na cozinha ouvindo o choro irritante dela.
Eileen e Kate me olharam assustadas.
-Saia daqui Eileen agora!-ordenei e ela obedeceu sem pestanejar. Kate se colocou de pé.
-Me solta Bieber!-Madison fez força para se soltar de mim mas eu apenas apertei mais meus dedos em seu pulso.
-Kate suba pro meu quarto agora!
-Bieber o que você esta fazendo com essa garota?!-ela olhou com pena para Madison.-Deixe ela em paz Justin!
-Não venha bancar a santa agora Kate!-cuspi.-Suba para a porra do quarto e me espere lá!
Kate ia falar algo mas eu estava pronto para puxa-la dali se fosse preciso e ela pareceu perceber isso, porque se calou e fez o que eu mandei.
Olhei para Madison que mantinha sua expressão de raiva e agonia em minhas mãos.
-O que você vai fazer?-ela perguntou.
-Você vai provar do seu próprio veneno Madison. Você me ama não é ? Você ama me irritar a essa hora da manhã? Você ama me tratar como um lixo sendo que eu sou a pessoa que esta ajudando você ? Eu vou mostrar pra você que eu faço o que eu quiser, e se eu quiser eu destruo isso que esta em seu peito para que você fique livre de mim!

P.O.V Madison Beer

Encarei Justin sem entender nada.
Do que ele estava falando?
As mãos dele me puxaram novamente para a escada e eu percebi que ele seguia para seu quarto.
O que?
Justin abriu a porta com tudo e me empurrou para o chão.
Gemi com o baque, e por susto olhei para Kate que estava sentada na cama.
Ouvi Justin trancar a porta.
-O que você esta fazendo ?!-gritei atordoada.
-Tire a roupa!-ele ordenou para Kate e ela se levantou e começou a se livrar do vestido minusculo que ela usava.
Mas que porra o Justin estava fazendo ali?
Ele começou a se livrar de suas roupas também, e então Kate e Justin ficaram nus.
Abaixei minha cabeça já vendo o que ele iria fazer.
Justin iria destruir o meu coração transando com Kate a minha frente.
Abracei meus joelhos rezando para que aquilo não fosse real.
Eu queria me matar, eu queria ... mata-la para que ela saísse de perto de Justin.
Ouvi o gemido agudo de Kate e minhas lágrimas se intensificaram.
Agora sim, eu vi, o que Justin é capaz de fazer a pessoa que mais o amou na vida.

Acordei com a minha cabeça praticamente explodindo.
Meu corpo doía... mas nada era pior do que a dor que eu estava sentindo.
Tudo o que eu conseguia pensar naquele momento foi em como eu fui uma estúpida por não ter me matado naquele dia.

''Você sempre será minha , para sempre e toda a eternidade.''

As últimas palavras que Justin me disse antes de se transformar nesse monstro rondaram minha cabeça. Tudo que vivemos pareceu uma grande mentira.


-Eu tenho, são meus amigos, faz alguns meses que eu não tenho contato com nenhum deles. Eles estão ocupados em suas faculdades ...
-Você deveria ir pra faculdade também.
-É o que eu pretendo, depois de juntar o meu dinheiro.-sorri amarelo.
-Se quiser eu pago pra você. Sua faculdade. Uma casa. Tudo o que precisar...
-Não!-protestei e imediatamente levantei de seu colo.-Ficou louco Justin? Eu nunca aceitaria algo assim... O dinheiro é seu, não meu.
-Tecnicamente também não é meu.-ele disse inocente.-E eu quero que você seja feliz, e se você é feliz nessa faculdade que tanto quer, eu pago pra você sem problemas.
-Sabe o que as pessoas pensariam? Que sou uma aproveitadora! Não vou nunca aceitar isso.
-Mad mas ...-o interrompi.
-Justin, sem mais, nem menos. Quero conseguir isso com o meu esforço. Quero fazer por merecer.
Ele suspirou e assentiu me puxando novamente para seus braços.
-Oh garota brava você!-ri.
-A garota brava que te ama!-dei um selinho nele e me virei ficando de barriga em cima de seu corpo.
-Verdade, não sei o que seria de mim sem você sabia?


Eu precisava sair dali, eu precisava do Ryan, eu precisava ficar na minha casa e sair desse inferno.
Dentro de mim havia algo que estava arrependida de ter amado alguém idiota como o Justin.
Se a intenção dele era me fazer chorar, me humilhar, e fazer eu me sentir uma verdadeira idiota ele conseguiu.
Me sentei na cama e me assustei ao ver o celular de Justin no chão.
Talvez fosse um aviso de Deus ou até mesmo uma ajuda dele ...
Eu precisava sair dali, e essa era minha única chance.

Continua...
Gif

Não esqueçam de deixar o twitter de vocês para que eu avise vocês por lá (aqui)


Gente, na minha opnião eu acho que esse capítulo não esta muito bom mas que esta CHOCANTE esta akajsjsjdkdlflfkf como o justin foi fazer isso com a Madison? Meu Deus!
E agora? O que vai acontecer? Será que a Madison vai embora? Será que ela vai fugir? Será que Justin realmente admitiu que ama ela mesmo que seja deste jeito estranho?!
Tantas perguntas, oh pai! Espero de coração que tenham gostado!

Trailer da ib do youtube (aqui)

Venham para o grupo no whatsapp sobre o blog! Lá você pode fazer muitas amigas, as leitoras que estão lá são incriveis! 019982351663

Amo vocês, obrigada por tudo <3