12 de fev de 2014

All That Matters 2ª Temporada - Capítulo 28 " He will not return"

"Eu quis te dizer desde o começo que você è meu anjo,e que por você eu faria tudo. Tudo o que quisesse."


-O Ryan nos levou pra assistir um filme!- Jaxon disse todo animado quando nos encontramos com ele.
-Eu não sabia que humanos conseguem filmá-los e fazer algo tão engraçado .
Jazzy sorriu encantada.
-Que bom que se divertiram.-eu disse
Era bom ver eles experimentarem um "pouquinho" da vida humana enquanto estão aqui.
-È melhor irmos já que esta ficando tarde...-Ryan disse e todos assentimos. 
 
Quando Justin estacionou o carro em frente a minha casa algo parecia não estar bem. 
A porta da frente estava aberta.
Por que a porta estava aberta?

A atmosfera do carro mudou drasticamente. Justin e Ryan se encararam, e eu podia ver de alguma forma sobre-humana , eles davam um jeito de conversar entre si. 
-O que está acontecendo ?-perguntei, baixo. 
-Eles estão aqui.-Ryan disse.
-Os anjos estão aqui.-Jazzy me encarou.-Eu posso senti-los. 
Os anjos estão aqui por minha causa. -Pensei imediatamente.
-Não fique com medo.-Justin tentou me tranquilizar, mantendo suas mãos bem apertadas na minha mas aquele parecia um pouco impossível. 
-Nossa filha está lá dentro Justin!- disse nervosa.
E rapidamente minha calma foi por água abaixo. Eu sabia que um dia isso ia acabar acontecendo. Eles viriam um dia atrás de mim e o que eu poderia fazer?
Eles queriam jogar comigo. Queriam ter uma forma de me ter em suas mãos , e pelo jeito conseguiram. Não havia forma melhor do que me chantagear com meus pais, e minha filha em mãos.
-O que vamos fazer agora?-Jaxon perguntou, olhando seu irmão. Ele parecia com tanto medo quanto eu.
-Não podemos ir e deixar todos lá não é?-Ryan pensou, batendo freneticamente sua mão no volante. -Não podemos entrar e correr o risco de que eles peguem a Madison.-Justin retrucou.- É isso que eles querem. 
-Eu tenho que entrar.-disse para ele.-Eu não posso deixar que eles façam mal para minha família Justin. 
-Eu não vou deixar você entrar Madison!-Justin falou autoritário, me repreendendo.
-Eu não vou deixar que eles façam mal pra você. Vamos dar um jeito...
-Você esta com a adaga?-Ryan me perguntou.
-Eu peguei e a deixei no quarto .-Justin respondeu por mim.-Eu não estava esperando que eles conseguissem entrar com tantos feitiços espalhados.
-Eles só podem entrar se estiverem com um Arcanjo ou algum membro do concelho. Eles são os únicos fortes o suficiente para isso.
-Jeremy deve estar envolvido.-Justin rosnou.-Eu vou acabar com ele!
Eu podia ver a raiva em seu olhar.
-Não Justin!-Jazzy protestou.-Não vou deixar que você faça mal ao papai , mesmo que ele esteja envolvido.
-Não precisamos pensar nisso agora.-me intrometi.-Temos que entrar lá e ver o que esta acontecendo.
-Você não vai entrar lá.-Justin me olhou sério.-Nem você, nem as crianças. Eu tenho um plano. Ryan e eu vamos entrar. Você e as crianças vão para o mais longe que conseguirem. Podem ir para Dallas se vocês quiserem , na minha casa. Quando os anjos perceberem que você não esta com a gente estão desistir.
-E se não desistirem? E se fizerem mal a vocês?-perguntei nervosa.-Eu não vou deixar isso acontecer.
-Você confia em mim não confia?-Justin virou seu corpo para mim no carro e eu prendi meus braços em volta dele, segurando meu choro.
-É claro que confio.
-Você lembra que eu disse que não ia deixar nada de mal acontecer com você? Eu falei sério. Eu não vou deixar nada acontecer com você ou com nenhuma pessoa aqui. Você sabe que apesar de tudo que passamos eu nunca quebrei minha minha promessa de cuidar de você. Até mesmo quando te bati.-percebi o arrependimento em sua voz.-Eu prometi cuidar e proteger você e se precisar me sacrificar por isso eu vou fazer.
-Eu não quero perder você!-desta vez foi impossível não segurar as lágrimas. Justin falava comigo como se fosse nunca mais me ver e isso me deixava apavorada.
-Você não vai, eu prometo.-ele beijou o alto da minha testa e me afastou para me olhar. -Nada nesse mundo vai mudar ou me afastar de você. Por favor, vá com as crianças e fique a salvo. Refaça o simbolo de sangue em minha parede.
-Tudo bem.-me rendi.-Eu só  vou se você prometer me encontrar. Você não pode quebrar essa promessa para mim. Você não pode deixar nada de mal acontecer com você.
-Não vou deixar. Vou encontrar você com nossa filha. Eu prometo.
Me aproximei dele, ignorando o fato de que haviam olhos sobre nós,e o beijei.
Justin ergueu suas mãos em meu rosto e acariciou meu cabelo , me beijando delicadamente. 
Paramos o beijo com um selinho.
-Eu amo muito você.-Justin disse.
-Também te amo Justin.-uma lágrima escorreu dos meus olhos. Eu estava com uma sensação ruim. 
-Não chora.-ele segurou minha mão me fazendo olha-lo.
-Posso te falar uma coisa?
-O que quiser.
-Sei que agora você não gosta muito de comparações , e sei que você odeia comparações com anjos, mas você é o meu anjo desde o momento que eu bati meus olhos em você. Você sempre foi e sempre será o meu anjo e eu sei que você sendo ou não um anjo, você esta comigo onde quer que eu esteja. -Justin não disse nada, se inclinou para frente e me abraçou.
Algo dentro de mim gritava para não deixa-lo ir.
Mas era preciso.
Eu precisava deixa-lo ir para o bem de todos.

P.O.V Justin Bieber 

Madison desapareceu na rua com o meu carro, e eu olhei para Ryan, suspirando.
-Esta na hora.-virei-me para a porta aberta a minha frente.
-Você falou com a Madison porque sabe que não vai voltar não é-? Você sabe que se estiver perto de muitos anjos eles podem fazer você perder os sentidos.
-Eu sei.-disse.-Você tem que me prometer que vai me ajudar a tirar todos daqui e levar para Dallas. Eu vou distrai-los.
-Eu prometo.-Ryan disse.
Assenti com a cabeça e começamos a andar para dentro de casa.
Assim que passamos pela porta, eu os vi.
Havia 7 anjos, e um deles segurava minha filha em seus braços. Seus olhos logo nos encontraram e eu temi por ela por um momento.
Minha mãe, Melannie, e os pais de Mad estavam amarrados no sofá, sendo vigiados por eles.
-Ora ora, vejamos o que temos aqui irmãos.-um deles falou encarando Ryan e a mim com desprezo.-Parece que o anjo da guarda está se relacionando com um demônio.
-Cale a boca Caleb.-Ryan , rosnou, entre dentes.
Ele o conhecia?
-Você não sabe o que esta fazendo Ryan e o quão perigoso isso é.-ele ameaçou.
-Eu sei onde me meti. Eu quero que você solte eles agora, e resolveremos isso sozinhos.
-Tudo bem.-ele sorriu, com deboche.
Vi ele gesticular para o anjo que segurava minha filha, e ele desamarrou Melannie entregou clara para ela.
-Levem todos cima. -Caleb ordenou.-Quero resolver tudo para matarmos a escolhida o quanto antes.
Meus pelos se ouriçaram.
Eu nunca deixarei isso acontecer.
Continua... 

Oi gatas primeiro eu queria pedir desculpa pela demora e pelo capitulo pequeno mas foi o que deu pra mim postar o quanto antes pra vocês. Obrigada pelos comentários. Vou ser bem rápida. Vou começar uma ib no anime logo logo quem quiser uma previa vem fala comigo no whats, qualquer outra duvida me chama,lá também. Muito obrigada, amo vocês <3333