22 de nov de 2013

Capitulo 8 ~~Danger in Two Heart ~~ Whatt ??~~







Depois de ter lido sobre "Justin Bieber" na internet, aquilo tinha me dado uma grande ideia,já tinha desligado o computador, só havia eu e o pessoal da limpeza ali na agencia, tinha dito pro meu chefe que queria adiantar alguns relátorios, e ele concordou,pura mentira só estava fuçando mais e mais a vida dele. Agora sim Natasha voltou, agora sim eu me vingo pela morte dos meus pais,já tenho tudo planejado hoje mesmo começo,justin bieber vai achar que sou uma tremenda  bipolar mas faz parte, porque não podemos mudar de opinião não é mesmo?, haha "justin bieber" não perde por esperar.
Cheguei em casa,o gloria, não estava mais aguentando esse transito, fui em direção ao banheiro tomei um banho bem relaxante, fui ao meu closet e escolhi essa roupa aqui:



















Eu estava simplesmente perfeita,hoje sim, eu arraso naquela boate. Dei uma ultima olhada no  espelho e fui em direção a porta, fechei  peguei o elevador, chegando no estacionamento peguei meu carro e coloquei no Gps , Bieber's Hot e logo eu já estava a caminho da boate.

~~P.V.O Justin

Estava me arrumando  pra ir a uma das minhas boates, hoje eu teria que fechar contrato com o prefeito, porque se não bay bay entrada fácil de drogas em Atlanta.Peguei minha Ferrari que tinha customizado a poucas semanas ela tinha um estampa de pele de onça, perfeita, sempre fui fascinado por carros, chegando na porta, todos já tinha notado minha presença por causa do meu carro, eu gosto assim de chegar e já ser notado.
Entreguei a chave da minha belezura pro carinha lá que guarda os carros,e segui para a entrada, todas as minas me desejando, a como eu amo tudo isso. Passei pela entrada, e estava indo em direção para o meu escritório, pelo que tinha percebido hoje a casa  tava cheia, tinha gente de tudo que era Classe social, abri a porta da mini-sala que tinha em cima dando uma visão completa da boate .

-Olha quem chegou?? -digo entrando na sala encontrando Chaz,Ryan,Kenny(mais novo segurança)  conversando 

-Bieber!!!

-O gostoso -digo rindo -E então quantas vamos comer hoje?

Nessa hora o telefone toca, e chaz atende, não entendi muito as expressão que ele estava fazendo , até que ele falou comigo

-Bieber,os seguranças lá de baixo, tão dizendo que tem uma garota que quer falar com voce.

-Um garota?

-Sim, e qual o nome?

-Ela disse que só falará em sua presença

-Então manda subir.


~~Natasha

Tinha chegado na porta da boate estava super lotado, tive que pegar uma fila do caramba, o salto já estava começando a incomodar até que chega minha vez, pago minha comanda e entro, estava mais lotada do que a ultima vez que vim aqui, comecei a visualizar o lugar até que eu vejo uns dois seguranças na escada, em cima dava pra perceber que era algum tipo de sala, so que não dava pra ver o que tinha dentro, pelo vidro ser Fumê, cheguei mais perto de um dos seguranças e falei:

-Oi, posso subir, preciso falar com Justin Bieber

-Voce, tem autorização?

-Não mas ele me conhece e ele mesmo que mandou eu vir aqui, não vai querer fazer essa desfeita a ele  né?! pode custar seu emprego?

-Vou ligar pra ele-um dos seguranças disse

Assenti, e inconstei na parede, demorou uns 5 minutos e o segurança volta.

-Pode subir.

-Ok obrigada.


Passei por eles e subi as escadas, em cima só havia uma porta mesmo, bate 3  vezes, e abri  dando de cara com 4 garotos.


-Olá Justin Bieber-digo sorridente,  e ele me olha surpreso

-Natasha? o que faz aqui?




-------Continua                                                                                                                Jáaih   s2






Amooores, está ai mais um caap de danger, deixa eu explicar umas coisas, estou na reta final da escola, então por isso não estou tendo tempo de postar mais frequentemente mais to fazendo o possivel e o impossivel , pra postar, orem para que eu passe direto haha*-*,e eu vou compensa-las com capitulos diariamente (Se Deus quiser vou passar, Amém, ) Espero que gostem do capitulo, bjs e a todos que comentam e visualizam o meu muito Obrigada, conversem comigo lá no TT:   @Jaiihara  e até  o proximo capitulo de Danger , que esta muuito fooda hehe--beeeijos

All That Matters - Capítulo 14 ''Will, who are you? ''

''As vezes temos que sorrir, e enfrentar nossos problemas.''


-Justin, por favor, não vai ficar do lado dele vai ?
-Não estou do lado dele, eu estou do seu, e vou ficar pra sempre, mesmo que  você erre... mas ... ter uma família é algo sagrado, você deveria pensar bem antes de ficar brava com eles...
-Eu sei.-suspirei.
 Por que ele sempre tem que estar certo?
-Então Mad, não precisa se preocupar ... você é  a melhor coisa que me aconteceu , e se você quiser eu posso voltar no tempo e apagar tudo isso que aconteceu, como daquela vez.
-Justin, não, não precisa fazer isso. Agora que eles já nos viram dormindo na mesma cama não tem mais nada pra fazer.
-Você é quem sabe amor, mas eu não quero te ver chorando por ai ...
-Eu sei, mas é a única coisa que consigo fazer.-disse. Ele me puxou para seus braços e eu chorei ainda mais.

Trailer no Youtube (aqui)

-Não chora ...-Justin afagava o meu cabelo enquanto eu tentava ao máximo parar de chorar.
Por que eu tinha que me ofender com tão pouco? Por que eu tinha que ficar magoada com coisas tão bobas?
Talvez porque eu realmente não esperava que meu pai me dissesse algo assim. Eu não sou do tipo que liga para o que as pessoas falam, até que aquilo me ofende.
-Você não que tomar um banho ou algo assim ?-Justin perguntou me encarando.-Eu não consigo te ver assim Mad...
Eu podia ver a aflição em seus olhos. Eu não queria estar chorando em sua frente. Não queria ter que demonstrar como estou triste com isso.
Se você quer saber o quanto uma pessoa se importa, chore na frente dela.
Justin me mantinha em seus braços, e eu sabia que ele estava fazendo o possível para me acalmar, mas eu sou cabeça dura, eu não consigo parar de chorar tão fácil assim.
Eu parecia um bebê ali em seus braços, despertando de um pesadelo.
Mas é claro, nada dura pra sempre. Depois de algumas horas me comportante como uma criança magoada, eu comecei a enxergar as coisas com outros olhos. Primeiro parei de chorar.
Justin disse que eu precisava comer e foi preparar algo para mim.
Eu sabia exatamente o que fazer.
Eu precisava de outro emprego.
Eu precisava ganhar mais, mesmo que o Sr. Brown tenha me dado um ''aumento'' aquilo não era o suficiente. Eu precisava estar na faculdade o ano que vem, para mostrar ao meu pai que eu não era uma inútil como ele acha. E eu precisava sair daquela casa.
Bem, eu amo meus pais, e não queria deixa-los, mas se eu não sair, ficarei presa ali para sempre.
-Aqui está.-Justin entrou no quarto com uma bandeja trazendo uma macarronada com queijo e um copo de suco de laranja. Ele colocou a bandeja ao meu lado.
-Obrigada Justin.-sorri para ele.-Não vai comer?
-Posso comer aqui com você?-ele perguntou.
-E você ainda pergunta?-sorri. -É claro que pode.

-E este aqui,-Justin me mostrou  um anúncio no jornal.-''Precisa-se de uma babá por meio período e ...''-não terminei de ler. O salário me chamou a atenção.
-300 dólares por semana?-perguntei surpresa.
-É  o que esta escrito aqui.-ele disse rindo da cara que eu fiz.-É um salário não é ? Quatro semanas por mês, então são 1200 dólares por mês  ...
-Wow. -ri.-Essa criança deve dar muito trabalho para darem um salário tão alto.
-Você vai aceitar ?
-Eu não sei , o que você acha?
-Acho que você deveria pensar bastante e ir pesquisando mais lugares ...as vezes você consegue muito mais que isso.
-Tudo bem.-disse.-Acho que agora é melhor eu ir pra casa ...
-Tem certeza?-ele perguntou um pouco preocupado ainda.-Não esta mais magoada com seus pais?
-Eu estou, mas eu não posso dormir aqui, acho que isso afetaria mais nosso relacionamento, que pelo jeito vai ser bastante vigiado.-ele riu pelo nariz.-E também ... estou precisando de um banho e de roupas limpas.
-Tudo bem , então vamos? Eu vou te levar e falar um pouco com o seu pai para que nenhum mal entendido tome sua cabeça e vocês briguem outra vez.
-Ok.

P.O.V Justin Bieber

Quando estacionei o meu carro em frente a casa de Mad, ela me pediu para que eu entrasse com ela. E assim eu fiz. Eu não ia deixa-la enfrentar essas coisas sozinhas, apesar de achar que seria bom para que ela mesma pudesse confiar em sua capacidade.
Mad só precisa de um ''empurrãozinho'' para ser quem ela realmente quer ser.
-Cheguei.-ela anunciou fechando a porta. Olhamos para a sala e vimos um homem, uma mulher e uma criança conversando com o Sr. e a Sra Beer no sofá da sala.
Mad se soltou de mim  e correu para abraçar a mulher que se levantou e foi ao seu encontro.
-Melannie!-ela a apertou contra si, em um abraço muito apertado.-Que saudades que eu estava de você!
-Oh princesinha!-a mulher disse carinhosa.-Eu também estava morrendo de saudades de você!
E depois de mais alguns segundos que elas ficaram se abraçando, elas se separaram e a mulher olhou diretamente para mim.
-Esse é Justin,-Mad me puxou para mais perto deles.-meu namorado.
-Olá.-a mulher estendeu a mão para mim. Nos cumprimentamos.-Sou a irmã da Madison, me chamo Melannie.-ela sorriu.-Aquela é minha filha, Marie,-ela apontou para a garotinha no colo do Sr.Beer que me olhava com bastante atenção.-e aquele é meu marido, William.-ela apontou para o homem, sentado de uma maneira educada e fina ali. Ele parecia ser alguém importante.
-Eu me chamo Justin Bieber, é um prazer conhecer vocês.-disse e sorri.
Eles me pareciam ser pessoas boas. Só William que me olhava com cara de poucos amigos. Ele me parecia familiar ... mas eu acho que nunca o vi , pelo menos eu acho.
-Fico feliz que finalmente você tenha encontrado alguém Mad.-Malannie sorriu para Mad, que corou.
A abracei de lado.
Mad era tão inocente. E não, isso não é ruim para mim.
-Eu também.-ela disse por fim.-Mas o que fazem aqui em San Juan Mel ? Estão de férias?
-Na verdade isso foi uma ideia maluca do Will, -ela sorriu de lado.-e como eu estava com saudades de vocês achei uma boa ideia.
-Ideia maluca Will?-Mad olhou para ele que sorriu do sofá.-O que esta aprontando?
-Vou comprar alguns terrenos aqui, apenas isso.-ele respondeu.
-Entendi.-Mad disse.-Ahn papai, eu e Justin gostaríamos de falar com você, pode ser?
O Sr.Beer me olhou bravo.
-Acho que é melhor apenas eu e ele conversarmos a sós Mad, se ele quiser é claro.
-Tudo bem.-eu disse. Mad me olhou mas eu assenti para ela, dizendo que não tinha problema nenhum falar com seu pai.
-Então vamos para a cozinha.-assenti e o acompanhei enquanto a sobrinha de Mad, Marie, nos acompanhava.


P.O.V Madison Beer

Me joguei no sofá e suspirei. Espero que meu pai não arrume confusão com Justin novamente.
-O que houve com você e o papai ? -Mel perguntou.-Vocês brigaram?
-John e eu pegamos a Mad dormindo com Justin em sua cama, e você sabe como é seu pai, ele surtou.-minha mãe fez questão de dizer.
Corei minhas bochechas.
Precisava dizer isso na frente do Will ?
-Eu não acredito nisso Madison!-Melannie quase gritou.-Ficou louca de fazer essas coisas aqui em casa?!
-Eu não fiz nada!-aumentei meu tom de voz, mas depois me arrependi.-Justin e eu estávamos apenas dormindo na mesma cama, não aconteceu nada.
-Se é assim, o papai não tem motivos para surtar...-ela disse.
-Diz isso pra ele Mel.-dei de ombros emburrada.
-Ah para com isso Madison...-Melannie deu um tapinha em minha coxa.-Você sabe que nosso pai é ciumento! Ele só esta com ciúmes do Justin, e se me permite dizer, ele é realmente um gato!
Ri da careta que Will fez quando ela disse isso.
-Eu sei ... tenho bom gosto!-me gabei. Ela riu comigo.
-Me conta como vocês se conheceram ... por que ele parece não ser daqui, estou certa?
E como está. Pensei.
-Ele é do Canadá, a família toda dele é de lá.-disse.
-Hmmm ele realmente parece um canadense. -ela concluiu.-E se conheceram onde?
-Bom, eu não disse ainda á você mas comecei a trabalhar em um lanchonete para poder pagar a minha faculdade, e um dia Justin foi tomar o café da manhã lá e nos conhecemos.
-E o que ele faz em San Juan?
-Esta de férias ... ele trabalha com o pai dele lá no Canadá.
-Entendi. E vocês dois andam se cuidando?
Cuidando?
Espera. O que isso quer dizer pra ela?
-Cuidando? Como assim ?
-Você sabe Mad ... -ela deu de ombros me encarando.
-Ah sim, claro.-menti. Ela não sabia que eu era virgem, e eu realmente preferia que ela não soubesse.
-Ótimo.-ela sorriu carinhosa.-E você o ama?
-Muito, Justin é minha vida.-minha mãe me olhou surpresa por eu ter digo isso.
Acho que ninguém ali imaginava que Justin e eu tínhamos uma ligação tão forte. Acho não, tenho certeza. Ninguém nunca imaginará que um garoto, comum, seria um anjo e tinha se apaixonado por mim, e me contato seu segredo.
-Nossa,-Mel sorriu meio sem graça.-tem certeza disso? Você não é muito nova para dizer essas coisas?
-Eu não sei ... mas eu realmente amo o Justin.
Quando terminei de dizer isso, ele e meu pai, junto com a pequena Marie entraram na sala.
Justin me olhou dando um sorriso.
Acho que eles tinham se resolvido.
-Mad, podemos conversar um momento?-Justin disse. Assenti me levantando e o levei até meu quarto. Lá teríamos mais privacidade para conversar.
-E então,  o que foi amor?-perguntei assim que fechei a porta do meu quarto.
-Madison, eu não posso mais ficar nessa casa.
-O que? Porque?! O que meu pai disse?
-O seu pai não fez nada ... mas o Will, marido da sua irmã... ele não é quem você acha que ele é .
-O que?


Continua...

Divulgue a IB (aqui)
Me siga no twitter (aqui ) só me pedir que sigo de volta.

Oi meninas td bem ? Deixa eu falar algo chato com vocês. Eu sei que TEM muitas pessoas que não estão comentando, e eu gostaria muito que comentassem, por favor. Eu adoro os comentários de vocês. Eu aviso 400 pessoas no grupo no face, e aqui tem quase 5 mil visualizações por dia no blog ... eu não gosto de falar em números mas acho que isso é muito, então por favor, leitoras fantasmas, comentem.
**

Mds, quantas pessoas pedindo hot, mas se acalmem meninas akajshshdh tem muito chão pela frente, eu vou fazer o hot, no momento certo.

Ahhhh e agora? Esse William é o que ? aksksdjdj eu acho que vai dar treta, o que vcs acham ?!
Vejo vocês nos próximos capítulos, amo vocês. s2