5 de dez de 2013

All That Matters - Capítulo 23 -ÚLTIMO CAPÍTULO- ''This is the end?'' Para a Dessa e Camy ♥

'' Quando perdemos alguém ... sentimos como se ela estivesse morrido em nossos corações.
 Não por despeito ... mas por saudade.''



Eu morreria pelo Justin.
Ele se tornaria um humano.
Eu morreria feliz se isso acontecesse.
Fechei minhas mãos em punho, e tive que ser forte para me arrastar do outro lado do cômodo.
Justin e Peter ainda conversavam ... mas eu estava nervosa demais para prestar atenção.
Eu estava vendo uma faca.
Assim que conseguir pega-la. Me encostei na parede. Ouvi a voz de Justin.
-Madison o que vai fazer?
Consegui levantar meu olhar e então ... vi o olhar de Peter sobre mim. Eu sabia que ele iria tentar me impedir.
Fechei meus olhos.
-Eu te amo Justin ...-sussurrei, e então pressionei a faca contra meu peito.

Talvez seja verdade o que dizem... A morte não é tão ruim assim. A medida que você deixa a luz te levar, você se sente melhor consigo mesmo. A morte não dói, e por incrível que pareça, eu não conseguia me lembrar da dor que me causei para estar aqui.
Senti um cheiro forte em meu nariz. Era extasiante. Eu não sentia o meu corpo. Parecia estar apenas lá, em qualquer lugar, sentindo qualquer coisa... mas eu não conseguia me concentrar em nada para saber onde estava.
A eternidade seria assim ?
Várias imagens passavam em minha mente.
Justin. Minha família. Marie. Meus antigos amigos ... minha antiga escola. Risadas ... lágrimas. Tudo que um dia eu vivi estava ali em minha mente.
Quase em um piscar de olhos, tudo ficou branco novamente e então eu ouvi uma voz.
-Querida?-pisquei algumas vezes  tentar firmar minha visão. Consegui ver o rosto da minha mãe.-Filha! Oh meu Deus! Você acordou ?!
-O que houve?-sussurrei.
Fiz um esforço para me lembrar. Will. Justin. Peter. Aqueles olhos sobre mim ...aquela faca. A cicatriz.
-Filha você tentou se matar...-fiquei em silêncio. Eu realmente deveria estar morta. O que aconteceu de errado?-Onde estava com a cabeça?-a voz da minha mãe parecia ainda mais preocupada.-Por que tentou se matar por causa de Justin ?
O que? Encarei-a.
Ela sabia? Sabia que eu tinha tentando me matar para salvar sua vida? Ele contou toda a verdade?
-Mãe eu ...-ela me interrompeu.
-Sem desculpas Madison. Ele apenas terminou com você isso não é motivo para se matar!
O que?
Do que ela estava falando?
-Terminou comigo?
-Você não se lembra do que aconteceu?
Balancei a cabeça negativamente. Eu me lembrava mas não disso que ela falava.
-Justin e você tiveram uma briga. Ele foi embora e quando se arrependeu para pedir desculpas você não estava em casa ... Ele disse que você tinha deixado uma mensagem para ele dizendo que iria se matar se vocês não voltassem. Ele foi até onde você mandou ele ir e ele te encontrou lá. Sorte a sua que você não teve força o suficiente para terminar o que começou ....-ela foi rude.
Então Justin tinha dito isso á ela? Que eu tentei me matar porque supostamente tínhamos terminado?
Acho que isso explicaria tudo para minha mãe... mas essa não era a verdade. Eu tentei me matar por ele. Tentei me matar porque eu sabia que ele não me protegeria para sempre.
Será que agora outros anjos viriam atrás de mim? O que houve com Peter? O que houve com Justin ?
-Mãe cadê o Justin ?-eu a olhei nos olhos. Algo me dizia que muita coisa estava errado por aqui.
-Justin foi embora filha.-ela disse baixo.
-Embora? Ele não vai voltar para me ver?
-Não ...-ela me encarou.-Não foi isso que eu quis dizer. Justin foi embora para o Canadá.
-O que?-eu estava surpresa. Justin foi embora e me deixou aqui ? Sozinha?
-Filha...entenda. O que você fez o assustou. Justin deixou tudo pago aqui no hospital mas disse que sentia muito mas não podia continuar com você. Ele me parecia arrasado.
-Ele não pode ter feito isso ...- Eu já sentia uma dor esmagadora em meu peito. Justin me deixou? Ele realmente me deixou?


-Vou deixar você sozinha por uns momentos ...-minha mãe disse.-Vou em casa pegar algumas roupas para você. Tudo bem ?-assenti com a cabeça. Desde que ela me disse que Justin tinha ido embora, eu não conseguia dizer uma só palavra. Minha cabeça girava em tudo que aconteceu. Meu rosto deformado ... Peter me jogando no chão... Tudo parecia ter sido um pesadelo. Mamãe se inclinou, deu um beijo em minha testa e em seguida saiu do quarto.
Eu sentia o vento gelado entrando da janela que estava aberta. A luz do meu quarto estava desligada, apenas o abajur ao meu lado iluminava o local.
Centenas de perguntas rodavam em minha mente.
Justin seria capaz de me deixar?
Meu abajur piscou uma vez e então quando olhei para já nela eu vi uma sombra.
Era ele.
Era Justin.
-Jus?-sussurrei.
-Mad.-ele deu alguns passos até mim. Encontrei seus olhos, que por estranho que pareça, pareciam estar mais dourados que o normal.-Você esta bem ?
Encarei sua face novamente. Ele estava ali. Ele não foi embora!
-Sim.-consegui dizer. Eu tentei me sentar na cama mas ele me impediu.
-Você não pode se mexer, esta machucada ...-ele encarou meu ombro onde tinha um curativo enorme que descia por todo o meu braço e minha barriga.
-Justin .... eu achei que você tinha me deixado! Eu achei que ... que ... meu mundo estava acabado.-tentei não chorar mas foi impossível. Só de pensar na possibilidade dele me deixar ... eu ficava perdida.
-Shhh...-ele tocou minha mão lentamente e se sentou na minha cama.-Não chora Madison. Por favor.
Tentei fazer o que ele pediu. Respirei fundo segurando o meu choro.
-Por que disse a minha mãe que tinha ido embora?-perguntei.-Eu realmente achei que você tinha ido.
-Foi o único jeito que eu encontrei para que ela não visse isso,-ele apontou para o meu curativo novamente.-e não te enchesse de perguntas sobre o que aconteceu.
-O que houve com o Will ? Peter?
-Peter me deu uma escolha para nunca mais estar em nossas vidas e eu a aceitei. Will foi banido. Ele está no céu agora.
-Peter te deu uma escolha?-perguntei confusa.-Que escolha?
-Olha...-ele abaixou seu olhar. Sua mão agora brincava com os meu dedos, enquanto ele parecia pensar em como me dizer o que tanto estava em sua mente.-isso realmente vai te magoar, mas foi preciso.
-O que? Me diga Justin!
-Tenho que ir ... tenho que ficar longe de você. Se você estiver longe de mim nenhum anjo vai te procurar... nenhum deles poderá fazer mal a você.
-Não ... você não pode ir ...-segurei firme em sua mão. Ele me olhou. Eu via algo diferente em seu olhar... parecia mais frio. Eu ... eu não aceitaria isso. Ele não podia me deixar.
-Madison, me escute. Eu não sou mais um anjo. Eu me sacrifiquei para salvar a sua vida. Eu precisei fazer isso, e ... Peter me transformou em um monstro.-ele pareceu ter repulsa ao falar isso.-Eu estou aqui, enquanto tenho a certeza de que não farei mal a você ... mas com o tempo ... eu não serei o mesmo.
-Justin, você não pode simplesmente me deixar depois de tudo que tivemos ... você não é um monstro! Você é tudo que eu preciso!
-Madison ... você não entende.-ele balançou a cabeça negativamente.- Eu terei de entregar tudo que tenho a ele ... meu sacrifício se completará esta noite. Depois disso eu não serei o mesmo. Você ficará bem sem mim. Você ficará segura.
-Você percebeu o que acabou de dizer?-perguntei chocada.-Eu nunca ficarei bem sem você!
-Ei,-ele sorriu de lado. O primeiro sorriso dele desde que ele entrou aqui.-não fale assim. Você tem muito a viver ainda. Eu sei que você vai realizar todos os seus sonhos ... suas metas ... Na sua casa, sua mãe irá encontrar a chave de um carro ... eu comprei pra você. Dentro do seu quarto, tem uma quantia em dinheiro, que é totalmente sua para sua faculdade. Eu quero que fique com tudo.E com isso.-ele colocou algo em minhas mãos.
Levantei em meus olhos para ver melhor. Era uma colar ... com um pingente estranho.
-Esse colar te protegerá te todo o mal que se aproximar de você ... até mesmo de mim.
-Justin eu ...-tentei devolver o colar a ele mas ele me impediu, tocando em minha mão.
-Me prometa que nunca vai tira-lo?-ele abriu minha mão delicadamente e envolveu meu colar como uma pulseira em meu pulso. -Me prometa Madison!-ele insistiu.
-Eu prometo.-sussurrei.
-Ótimo.-ele forçou um sorriso.
-Justin ...
-O que?
-O que Peter fez com você?
-Não se preocupe com isso. Você nunca mais vai saber de mim ... ou de qualquer anjo em sua vida. Eu ficarei longe para te manter a salvo... Se depois do meu sacrifício eu ... me lembrar de você, você terá que ficar invisível aos meus olhos e esse colar vai fazer isso. Cumpra sua promessa Mad.-ele me olhava seriamente. -Nunca tire isso de você entendeu?
-Sim ... mas ... eu sei que você nunca faria mal pra mim.-sorri de lado e toquei o braço de Justin. Ele estava quente. Muito quente. Justin se inclinou um pouco sobre mim e tocou meus lábios com os seus. Foi apenas um selinho, mas fez meu coração pulsar em meu peito.-Eu não quero que você vá...-eu já podia sentir o nó se formar em minha garganta.
-Madison, você verá com o tempo, que o melhor foi eu ficar longe de você. Eu sei que ... que você me ama, e eu te amo por tudo que há de belo no mundo, mas eu me sacrifiquei para te salvar... eu jurei lealdade a ... monstros e agora não posso mais sair disso. Meu mundo sempre foi você, mas daqui uns dias ... não vai ser mais. Tente entender que ... estou apenas te protegendo.
-Eu quero morrer ...-disse para ele. Ele me encarou derrotado. -Eu não vou conseguir viver sem você...
-Madison você terá tudo que sempre quis ... sua faculdade ... um carro... se quiser te dou dinheiro para você viajar um pouco ... conhecer o mundo...
-Não, eu não quero seu dinheiro, eu quero você Justin!-me sentei rapidamente e o abracei. Aquilo doeu, mas eu precisava senti-lo uma última vez.
Ficamos em silêncio ali, enquanto Justin afagava o meu cabelo, lágrimas rolavam sem parar em meu rosto.
-Eu te amo...-sussurrei.
-Eu também te amo ...
Justin se afastou e se levantou da cama.
Olhei para ele.
-Eu sinto muito por tudo.-Não consegui dizer nada. Ele andou até a janela. Eu apenas o olhava... perdida...sem rumo ... Justin se virou para mim. Aqueles olhos afundaram meu coração.-Você sempre será minha , para sempre e toda a eternidade.
E então ele desapareceu.



Fim...


Oh meu Deus, gente não sei nem o que dizer... eu estou ... morta! akajsjsjdjdjdjdjd Eu juro que não estava pensando em terminar ... mas ontem me veio tantas ideias e eu tive que terminar a primeira temporada por aqui. Bom, eu vou esperar vocês na segunda temporada hein u_u
Não acredito que acabou ... tipo ... gente... eu espero que vocês tenham gostado! Espero de verdade.
Eu queria agradecer todos que me elogiaram, me intitularam como ''ídola'' mesmo eu nem chegando perto de uma ... obrigada por todo o carinho, por todo comentário alegre, por tudo sabe? Eu só tenho a agradecer vocês!
Sei que muitas de vocês sempre procuram fugir um pouco da realidade ao ler minhas histórias e eu espero estar proporcionando isso a vocês. Obrigada de novo, por tudo que vocês tem feito por mim desde o ínicio do blog!
Beijos. Amo vocês []
Estarei on no whatsapp o dia todo 019982351663.
On no ask , facebook, grupo, page.

Capitulo 13~~Danger in Two Heart~~ Você não quer fazer isso, quer? ~~











Fui em direção ao meu quarto, peguei minha mala que estava em cima do guarda-roupa e fui tirando as roupas sem dobrar mesmo e tacando dentro da mesma, justin só ficava me colocando pressa,dizendo que quanto mais a gente demorasse , mais arriscado era. Fechei a mala e ele já foi me empurrando pra fechar a porta

-Calma Bieber-digo mas ele finge que nem me ouviu e já vai fechando a porta,ele seguro o meu braço com uma certa força e foi me puxando pra descer as escadas.Fomos em direção a porta até que james me chama:
-natasha?

-Oi James-digo apressada

-Vai sair?

Quando eu ia falar, justin me interrompe e já vai dizendo.

-Sim,ela vai passar uma temporada lá na minha casa,minha mãe está morrendo de saudades dela, né priminha?-diz olhando pra mim e eu dou um sorrisinho-E sobre a questão do pagamento, eu já quitei o apart todo viu, se quiser pode até perguntar ao Dono, eu conversei com ele hoje mais cedo. -Olhei pra justin,com uma cara tipo Whhhat??, mas ele nem ligou .

-Boa viagem senhores, irá fazer falta Nath-diz fazendo justin revirar os olhos

-Relaxa James, daqui a pouco estou de volta-digo e vou em direção a ele e dou um abraço-Até logo

-Voces não querem chamar um táxi não?

-Não eu já aluguei um carro-diz justin,nem dando tempo de james falar nada e já vai me puxando,até um carro preto que estava na nossa frente era tipo uma Van os vidros todos eram Fumê o que não possibilitava ver nada que tinha lá dentro.

-Entra-digo empurrando natasha, que logo cai sobre a poltrona  da Van, olho em direção ao banco atrás dela  e vejo que Ryan tinha dado uma coronhada nela-Tá louco cara?-vou pra cima dele mais os caras me seguram-Porque você fez isso?

-Qualé Bieber, você acha mesmo que eu vou confiar em uma garota qualquer,ai depois ela abre o bico pra policia ai eu quero ver, é melhor assim pelo menos ela não vê a cara de ninguem.-isso me fez pensar, o porque de eu está dando tanta confiança a ela,sendo que nem nos conhecíamos direito. -É você tem razão, e ai descobriu quem foi que deixou Jason entrar na Boate?

-Sim e já demos um jeito, foi o Marco.

-Desgraçado, eu pego esse filho de uma mãe-digo dando socos no banco

-Já mandamos dar um jeito nele, relaxa ele não vai mais nos atrapalhar em nada.-diz Ryan dando um sorrisinho.-Mas a questão é que temos que procurar alguem de confiança que possa substitui-lo, porque querendo ou não Marco nos ajudava bastante, pra distrair na hora dos roubos,tem alguem em mente?

-Ainda não, mas pode deixar que eu vou encontrar.-digo sentando no mesmo banco que nastasha estava e colocando sua cabeça em meu colo

-Vixe... O que aconteceu com você, depois de ontem em justin?-Perguntou Ryan,fazendo os caras rirem

-Eu acho que você perdeu a noção do perigo ne Ryan?

-Relaxa ai irmãozinho, de boa, não está mais aqui quem falou.

~~P.V.O  Natasha

Estava tentando abrir os olhos mais a claridade estava incomodando demais, comecei a piscar várias vezes,até que me acostumei com a claridade do local, comecei a olhar em volta e eu não conseguia reconhecer o local,eu estava em uma cama muito confortável por sinal,quando olho pro lado tinha várias janelas,tento me levantar mais minha cabeça começa a dar pontadas,fazendo com que eu volte pro mesmo lugar em que eu estava,até que a porta se abre forço a vista e consigo ver era o bieber ele estava se aproximando de mim,até que ele senta do meu lado na cama.

-O que aconteceu bieber? aonde estou?

-Você esta em minha casa, eu não disse que te traria pra cá

-Mas o que aconteceu? minha cabeça dói muito e eu só consigo me lembrar quando estava entrando  no carro e logo depois sinto uma pancada na cabeça.

-Meu amigo, achou que não seria confiável talvez você ve-los e tal, ai te deu uma coronhada.

-Nossa, ele achou o que, que eu iria denunciar vocês pro F.B.I , até que não seria uma má ideia depois disso.-digo e vejo justin mudar sua expressão totalmente e segurando meu pescoço com força

-Você não quer fazer isso ,quer?-diz ele com fúria nos olhos



----Continua                                                                                                                      Jáaih  s2




OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOii mais um cápitulo de Danger pra vocês...AAAAAAAAH VOCES VIRAM O JUS BEIJOU A NEGA LÁ QUE FOI A OLLG , PARTICULARMENTE EU ACHO QUE FOI NA BOCHECHA E ELE QUIS INSINUAR QUE TINHA SIDO NA BOCA .... E ELA MESMA JÁ DISSE NO TT QUE FOI NA BOCHECHA, MAS QUERENDO OU NÃO CRIATURA SORTUDA NÉ.....*-*  ATÉ O PRÓXIMO CAPITULO ..QUE EU ACHO QUE AINDA POSTO HOJE BEEEIJOS, E SEGUE LÁ : @jaiihara