1 de jan de 2014

All That Matters 2ª Temporada - Capítulo 18 '' Marry me? '' Dedicado a Dessa ♡ FELIZ ANO NOVO MINHAS LEITORAS LINDAS ✧ ♥

''Meu mundo não seria nada sem você''

-Quero que você seja minha. Hoje. Agora. 
-Justin ...é o que eu to pensando?
Ele me olhou engraçado e eu ri meio sem graça.
Ele queria sexo?
-Sim, é.-ele se aproximou mais de mim e deu um beijo na minha bochecha.-Eu só ... quero te fazer minha novamente...
-Você é tão maluco...-suspirei.-Tudo bem, então vamos ... Não pode ser aqui, meus pais estão em casa Jay.
-O que você disse?
-Jay?-sorri. Eu o chamava assim.
-Eu estava com saudades disso...
Justin se levantou e me puxou junto, me abraçando pela cintura e me selando rapidamente.
-Eu não quero te obrigar a nada.-ele disse.-Isso é tão louco , eu sei ... mas ...- o interrompi.
-Eu gosto de fazer loucuras com você Justin.

Senti seus olhos dourados me queimarem com aquilo. Ele me puxou junto á ele mais ainda, me fazendo sentir o calor de seu corpo.
-Você é a melhor coisa que aconteceu comigo...-ele sussurrou.
Sorri e o selei, entrelaçando nossas mãos e o levando até a porta.

-Justin onde estamos?-olhei para trás tentando ver através do vidro traseiro. Já tinha passado da uma da manhã eu tinha certeza e estávamos em um lugar totalmente escuro. Tudo bem, eu cometeria muitas loucuras com o Justin, mas ele não podia ter escolhido um lugar mais ...claro?
-É uma estrada deserta, perto de uma plantação de milho ... Achei numa curva da rodovia 12 você não viu ?
-Eu vi mas ... nós vamos ficar aqui ?-franzi o cenho  e ele sorriu de lado.
-Você esta com medo?-Justin pegou minha mão e entrelaçou na dele,desligando o motor do carro.
-Um pouco...-admiti.-Não podíamos ir pra um motel ou ...-ele me interrompeu.
-Motéis são clichês Madison. Os caras levam amantes lá e não namoradas ... então eu quis te trazer aqui e quando amanhecer você vai entender o porquê.
-Então isso quer dizer que estamos oficialmente juntos?
-Juntos, namorando ... como quiser chamar babe.-ele se inclinou e beijou o meu queixo.
Minha bochechas coraram com sua ousadia.
-Sabia que você fica linda toda envergonhada?-ele soltou minha mão e abaixou o meu banco. Eu ri pelo susto que levei e Justin em seguida abaixou o dele também.-Não se preocupe com o lugar, eu tenho a certeza que nada pode acontecer á você aqui ...você pode simplesmente aproveitar o momento por mim ?
Olhei bem em seus olhos. Algo neles me diziam ''Confie, eu vou fazer isso valer a pena.'' .
Suspirei , e assenti com a cabeça.
-Tudo bem Justin.
Ele sorriu safado descaradamente e passou do seu banco, para o meu ficando em cima de mim.
-Creio que nunca esteve num carro para fazer isso estou certo?-ele chegou bem perto do meu ouvido me causando arrepios naquela região.
-Você esta certo ...-sussurrei.-O que vai fazer?
-Vou fazer disso a melhor experiência pra você.
Logo que ele disse isso seus lábios percorreram o meu pescoço. Ele mordiscava e beijava o local calmamente. Suas mãos passaram a minha barriga, que por causa da blusa que eu usava, estava nua.
-Você fica sexy com essa blusa...-ele sussurrou e em seguida bateu na minha cintura para que eu levantasse um pouquinho.-Mas com certeza é melhor sem ela...
Justin levantou minha blusa e viu que eu não estava usando sutiã. Essa blusa não necessitava disso.
O ajudei a tirar completamente a blusa e voltei minha atenção á ele que me olhava com desejo.
O mesmo desejo que eu sentia por ele ...
-Jay...-senti algo puxar em mim.-Vai logo ... eu quero você.
Minha respiração estava começando a ficar ofegante.
Era incrível o efeito que esse homem tinha em mim.
-Você é muito apressadinha...-ele riu pelo nariz.-Mas como quiser.
Dito isso, Justin abocanhou um dos meus seios e começou a chupar forte. Mordi minha boca reprimindo qualquer som de sair dali.
-Sabe qual a melhor parte de fazer isso em você?-Justin parou de chupar e deixou um beijo delicado ali. Em seguida seus olhos encontraram os meus.
-Qual?-perguntei.
-Eu sinto que você é todinha minha ...só minha.
Oh Céus!
Aquela voz rouca...aquele olhar... eu já estava ficando louca.
-Eu sou toda sua meu amor ...só sua.
Ele deu aquele sorriso safado outra vez e tirou sua camisa apressadamente, em seguida sua calça e sua cueca box.
Eu me perguntava o porque de tanta pressa, mas eu já sabia o porque. Era difícil ficar sem ele dentro de mim ...imagina pra ele ... que é homem.
Eu me apressei em tirar minha calça, e com a ajuda dos meus próprios pés tirei meus oxford.
E ali estava eu, em um carro, apenas de calcinha com o amor da minha vida, que tinha virado um demônio para me salvar e aquele, por quem, naquele momento, eu estava estigando de desejo.
-Você sempre me surpreende...-ele sorriu olhando para minha calcinha. Olhei para a mesma, e sorri envergonhada.-Calcinhas com bochinhos me excitam ...
-Para...-cobri meu rosto envergonhada.
-Eu to falando sério...-ele riu. Descobri meu rosto e olhei para ele que me olhava divertido.-Eu amo muito você.
Ele passou sua mão por toda a extensão do  meu quadril , e foi aos poucos abaixando minha calcinha. Olhei para seu membro que já estava prontinho para mim.
Me ajeitei em cima dele e então, ele me penetrou.
Aquilo foi maravilhoso, e com certeza foi a melhor coisa que eu podia sentir naquele momento.
Justin se movimentava dentro de mim lentamente. E isso eu estranhei, porque nossa última vez não foi tão calma como esta mas ... aquilo estava ótimo, e não só pelo prazer, mas por ele estar ali, e ter dito que me amava.
Eu nunca imaginei me sentir bem outra vez, me sentir protegida, e amada novamente por ele, sem suas agressões... eu achava que tudo estava perdido e quando menos previ, a vida me estendeu a mão novamente e me deu uma nova chance com Justin e eu aproveitarei muito essa chance.
-Vai mais rápido Jay...-pedi e ele assim fez, aumentando sua velocidade dentro de mim. Fechei meus olhos e senti seus lábios nos meus evitando que eu gritasse ali, de prazer.
Acho que não é nada melhor do que isso... Era um momento onde não era apenas sexo em nossas vidas, era amor, era ... mágico. Aquilo era tão louco e tão intenso, que enquanto Justin estava dentro de mim, e passava sua mão por todo meu corpo me acariciando eu imaginei se isso fosse realmente real.
Senti ele sair de mim quando eu gozei em seu membro.
Olhei para ele vendo seus olhos me encararem. Estavam pretos, mas pela primeira vez eu não me assustei.
Eu estava com medo de que ele se revelasse e eu pudesse me assustar , mas ao mesmo tempo, eu sabia que se visse como ele realmente é, eu me apaixonaria mais.
-Justin, eu quero tentar uma coisa...-disse.
-O que?
Procurei uma maneira sútil de dizer aquilo, mas era quase impossível.
-Eu ... ahn, quero chupar você.-abaixei meus olhos envergonhada por ter dito aquilo e pude sentir os olhos dele me queimarem.
-Amor, você tem ... certeza disso?
-Sim eu tenho.-voltei a olha-lo e ele sentiu que eu realmente tinha certeza do que falava.
-Tudo bem.-ele sorriu maroto e se sentou no banco ao lado. Me sentei no meu banco e desci para o assoalho do carro me apoiando em meus joelhos.Justin pôs suas pernas em meu ombro , deixando seu membro em meu rosto.
Eu estava um pouco ... confusa de como fazer aquilo, mas fechei meus olhos e abocanhei-o de uma vez só.
Justin movimentou sua cintura para trás e para trás me ajudando com aquilo. Ele fazia movimentos rápidos em minha boca e era como se eu fosse explodir a qualquer momento.
Era estranho, mas bom. Muito bom.
-Eu vou ... vou gozar.-rapidamente tirei seu membro de minha boca e ele soltou seu líquido brando me molhando com aquilo.
Ouvi seu suspiro e voltei para  o meu banco, exausta.
Apesar de estarmos em um carro, no meio do nada, era bom estar ali, com ele.
-Vem aqui.-Justin me chamou para deitar com ele e assim eu fiz.
Seus braços me envolveram.
-Eu te amo Justin ...sempre vou amar.
-Eu te amo Madison, e sempre vou te amar.-ele beijou o topo da minha cabeça, e eu fechei os olhos, sentindo o peso sobre meus olhos.

-Amor...acorda. -abri meus olhos e encarei Justin a minha frente.
Ainda estava escuro.
-Que foi ?
-Se veste amor...eu quero que veja uma coisa.
-Mas Justin, ainda esta escuro.-murmurei.
-Eu sei , mas vai valer a pena. Vai logo, vai.-ele me empurrou delicadamente para o lado me tirando de cima dele.
Bufei e vi ele ligar a luz do carro , para que pudêssemos achar nossas roupas.
Achei minhas roupas espalhadas pelo carro, e as vesti rapidamente saindo do carro junto de Justin assim que ele se vestiu também.
Paramos em frente ao capô do carro, e ele me puxou junto dele me abraçando pela cintura.
-O que quer que eu veja?
-Olha aquilo...-ele virou seu rosto para o lado e eu o segui.
-Minha nossa!-coloquei a mão em minha boca surpresa ao ver o sol nascendo no horizonte daquele lugar.
-É lindo não é ?-ele voltou sua atenção a mim , assim como eu.
-Muito lindo Justin ...
-Eu ... ahn, tenho uma coisa para te perguntar.
Ele se afastou de mim e eu o olhei atentamente esperando que ele perguntasse.
Justin olhou em meus olhos e soltou um sorriso torto de seus lábios, se agachando.
Ele pegou uma de minhas mãos e me olhou dos olhos.
Abri a boca surpresa.
Ele ia ... ?
Oh.
-Madison, eu sei ...eu sei que isso é tão precipitado, que é loucura, e que eu não sou totalmente digno de ficar com você a sua vida toda. Passamos muitos e muitos momentos juntos, vivemos coisas tão loucas , e você mostrou para mim o que é amar de verdade, e cuidar de quem amamos. Você me fez enxergar a melhor parte da vida, que eu nem sabia que existia... e mesmo quando eu te tratei mal você ficou comigo, quando ninguém mais estava ao meu lado. Eu amo você Madison Elle Beer, eu amo cada detalhe do seu corpo, do seu coração, da sua personalidade... Eu amo o jeito que você sorri e me faz ser uma pessoa melhor. Eu sei que ainda passaremos muitos e muitos momentos  ruins, mas também passaremos momentos bons... -ele suspirou.-Mad, eu queria te perguntar...Você esta disposta a enfrentar tudo isso, como minha mulher ?
Mulher dele?
Eu já podia sentir as lágrimas saírem dos meus olhos e rolarem por minha face.
-Sim.-deixei um sussurro escapar por meus lábios e Justin rapidamente se colocou de pé , me abraçando com força.
-Você não sabe o quanto me fez feliz com isso. Eu sei que eu não trouxe um anel para tornar isso oficial mas ...-o interrompi.
-Isso não importa.
Me afastei um pouco e tomei seus lábios nos meus, fazendo ali, com que nossas palavras e aquele momento, ficassem em nossas lembranças para sempre.


Continua...
Gif

 Oie princesas! Como estão? Hahahahahaha não reclamem do tamanho do capítulo ok? Eu escrevi o que deu e eu espero do fundo do meu coração que tenham gostado.
Uau esse hot alakskskskkkfkfkf eu tenho vergonha de escrever hots, n sei porque ... E o Justin com ela vendo o nascer do sol e melhor, pedindo para que Mad se casasse com ele?! AWN. Juro que nem eu esperava por isso alasksksdldl, eu espero que tenham gostado.
Trailer do Canal feito (AQUI)
Feliz ano novo pra vocês!
Eu fiz um video, e eu peço que ignorem minha feiura pf!!!!!!!!!!  Amo vocês demais! A resolução está uma porcaria pq meu celular é ruim mas td bem né aksksjdkdk beijos.