27 de jan de 2012

Capítulo 25 ണarry yഠu♔

-Eles estão no carro.- eu ri, Justin tinha falado aquilo num tom de voz muito engraçado. Fomos até o carro. Chaz, Ryan e Chris me cumprimentaram. Eu e Jus entramos no carro e ele deu a partida.Os meninos disseram que as meninas estariam esperando agente em uma balada, Justin disse que era uma balada mais calma, isso era ótimo minha maquiagem havia combinado certinho com a ocasião. (...)
Justin ligou o rádio do carro, estavam cantando Can't be tamed da Miley, eu pedi pro Justin deixar nessa música e começei a cartar... minha voz era péssima mas mesmo assim eu estava cantando. Justin e os meninos começaram a rir.
-Sua namorada é incrível Justin !- disse o Ryan, rindo.
-Eu sei que canto bem.- eles riram.
-E o melhor, ela canta em todos os ritimos e ainda diz eu te amo. Ela é perfeita.- eu ri.
-Bobo.- eu ignorei eles e começei a cantar a outra música que estava passando, Take it off da Kesha. Todo mundo cantou junto comigo. Depois de alguns minutos, Justin chegou até a balada, estacionou o carro não muito longe, para que pudessemos achar depois. Bia, Marcelli e Duda estavam esperando agente na entrada. Elas entraram em uma fila enorme que estava ali, a fila andou rápido mas eu não intendia o porque da fila. Na vez da gente entrar, Justin entregou 8 convites para o segurança.Agora eu havia intendido o motivo da fila. Ele assentiu para que entrassemos. Lá dentro o som estava muito alto, eu pensei que seria algo mais calmo mas não foi bem isso. Todos se espalharam para dançar, Justin pegou na minha mão e me levou até a uma mesa que ficava afastada da pista de dança, tinhas várias outras mesas lá mais poucas pessoas sentadas, a maioria estava na pista de dança. Nos sentamos e logo uma garçonete veio ver se queriamos beber algo. Justin quiz uma água e eu não quiz nada. O mais interessante é que mesmo comigo ali, a garçonete deu em cima do Justin... eu não disse nada, fiquei vendo a reação dele, ele apenas sorriu e me olhou. A garçonete entendeu o recado e saiu.
-Como foi seu dia hoje ? - eu quiz mudar o clima, Justin parecia não saber o que dizer por causa da garçonete, mas estava tudo bem, eu não tinha ciúmes dele, mentira!Eu tinha muito ciúmes dele  mas não estava com ciúmes da garçonete, ela não tinha feito nada que dissesse '' PERIGO!Ela quer roubar seu namorado''. Eu sorri pra ele e ele retribui.
-Foi otimo, fiz 3 entrevistas e gravei quaze todo o meu cd, só falta algumas músicas que vou gravar amanhã.
-Que bom meu amor.- ele parecia empolgado.-E quando vai ser as fotos pro seu perfume ?
-Acho que depois de amanhã... você vai comigo né ?
-Claro...
-Você vai ter que ir no hotel onde eu estou hospedado amanhã...
-Porque amor ?
-Por duas coisas:primeiro o Ryan e a Carin vão tirar suas medidas e eles vão enviar pra um estilista que vai fazer o seu vestido e segundo porque você vai ser babá comigo!
-Babá ? - perguntei confusa.
-É, a Jazzy e o Jaxon vão ficar amanhã comigo, meu pai e minha mãe vão ter que sai com o Scoot e como eu sei que a Jezzy adora você eu pensei que você podia ser babá comigo... mas se você não quizer tudo bem...
-Eu quero, claro que eu quero, eu amo meus cunhadinhos.- ele riu. Eu amava mesmo, eles eram as criancinhas mais fofas desse mundo.
-Que bom, eai vamos dançar ?
-Eu sou péssima dançarina.
-Eu também, olha. - ele se levantou e começou a fazer uns passos estranhos, parecia que estava emitando uma galinha, eu ri.
-Tudo bem.- eu sabia que ele estava brincando, ele dançava super bem. Ele pegou na minha cintura e fomos para a pista de dança. Ele dançava comigo, fazia aqueles passos estranhos ,eu ria mais do que dançava. Depois de dançarimos um pouco, fomos nos sentar. (Taah on: GENTE EU FIZ UMA MISTURA, DANÇAR + RIMOS = DANÇARIMOS KKKKKK eu ri hahahahah off#).Aquilo tinha nos deixado com sede. Justin pediu uma água e eu também. Fora água aquele lugar não tinha nenhuma bebida sem alcóol, era muito ruim, eu não queria beber nenhuma bebida com alcoól. Depois de alguns minutos a Bia, a Marcelli, a Duda, o Chaz, o Rayn e o Chris, vieram se sentar com agente. Eu me senti como se estivesse segurando vela, mesmo estando com o meu namorado. Me lembrei do Chaz reclamando de mim e do Justin na Flórida, ele dizia que eramos melados demais, mas ali era ele e todos os outros. Eles se aproximaram (todos) e começaram a se beijar, aquilo foi estranho parecia até que eles haviam combinado de se beijarem ao mesmo tempo.
-Só eu que estou me sentindo excluida ? - Justin riu.
-Vamos sair daqui ? - eu assenti.
-Agente ta indo pra outro lugar, caso vcs estejam interessados...- eles nem deram bola pra gente continuaram se beijando, eu e Justin rimos e fomos para outro lugar. Nos sentamos onde vendem as bebidas.
-Aquela mesa tava pegando fogo !- disse o Justin, rindo.
-É né ? - eu fiquei preocupada.-Será que...? Ah, deixa pra lá...- eu estava com vergonha de falar o que estava em minha cabeça.
-Será o que princesa ?
-E bobagem minha...
-Você me deixa confuso, me diz em que esta pensando por favor.- eu ri.
-Bom, eu não quero que minhas amigas se magoem, eu adoro o Chris, o Chaz e o Ryan mas eu amo elas entendi ?
-Hoje eles me disseram que gostam muito delas, e que não vão magoa-las.
-Não está dizendo isso só pra me acalmar né ?
-Não, é verdade...
-Que bom.- ele sorriu. Aquilo tinha me deixado mais calma.- Obrigada por aquilo que você fez na pista de dança, eu achei lindo.
-A dança da galinha ? - eu ri.
-Não bobo! Por fingir que dança mal pra mim não parecer uma idiota dançando.
-Ei, você não iria parecer idiota de nenhuma jeito... e você sabe que eu sou um péssimo dançarino...
-Sei, qualquer dia desses eu vou te dar umas aulas então.- ele riu.
-Obrigada, viu por isso que eu te amo ! Tentando ajudar esse pobre coitado que não sabe dançar.- essa noite ele estava tão engraçado, e ainda mais lindo.
-De nada.- eu me aproximei dele e selei nossos lábios.
-Jenny ? - ouvi alguém me chamar e me afastei do Justin, eu reconheci aquela voz, era a voz do... do Pedro. Eu olhei para trás, ele veio até mim.-Meu Deus você está linda! Quanto tempo. - ele me abraçou mais eu nem me mexi. Senti as mãos do Justin, sobre as minhas eu as segurei.
-Você não estava no Brasil ?
-Sim, fui convidado por uma agência de modelos, estou trabalhando e estudando aqui agora.- Pedro apesar de tudo, era muito bonito. (Taah on :imaginem ele como o Joe do Jonas Brothers mas com o cabelo grande off#)
-Que bom. - Justin pigarreou do meu lado.-Ér, esse é o meu namorado, Justin Bieber!
-Nossa! Eai cara ?- Justin o cumprimentou.-Eu sou o Pedro.-na hora que ele disse isso, a expressão de Justin mudou, ele parecia bravo.
-Pedro ?- perguntou Justin, eu não sabia o que ele estava pensando mais não parecia nada bom. Me levantei e envolvi os braços do Justin na minha cintura. Assim ele não podia fazer nada.
-Sim porque ? A Jenny falou de mim ?
-É, ela falou de um Pedro sabe, um canalha que queria se aproveitar dela! Mas não deve ser você porque se fosse eu teria que bater em você por ter tentado machucar a garota mais linda desse mundo!- ele falou aquilo em tom de ameaça. Pedro me olhou surpreso.
-Você andou informando bem seu namorado heim!
-É, eu conto tudo pra ele.
-Sei, você recebeu minhas flores ?
-Flores ? - perguntou Justin confuso.
-É, acho que me enganei, você não conta tudo pra ele não é ?
-Ele te mandou flores ? - Justin me afastou, me olhando.
-Sim .
-Bom não fique magoado cara! A Jenny teve seus motivos !- Justin se levantou e encarou Pedro.Eu entrei no meio dos dois.
-É, eu tive um motivo.
-Viu ? - disse Pedro.-Eu ainda conheço muito bem minha lindinha...
-Já chega!-Justin me empurrou contra o balcão me tirando do caminho, doeu. Ele foi pra cima do Pedro. Justin o acertou com um soco, Pedro esbarrou em umas cadeiras, vi todos pararem de dançar e olhar o que estava acontecendo. Pedro, se levantou e deu um soco no Justin. Eu tentei fazer eles pararem, mas era impossível.Logo Chaz e Ryan apareceram. Chaz segurou o Justin, e o Ryan segurou o Pedro.
-JUSTIN!PIRO ? Pode ter fotográfos por ai !- Chaz estava gritando com ele, a música ainda estava muito alta.
-Ai ele tem medinho de fotográfos !- Pedro o provocou.
-Cala boca Pedro!- eu me intrometi.-Quer saber o meu motivo deu não ter contado pro Justin ? Eu não contei porque não teve importância e no exato momento que eu soube que as flores eram suas eu as joguei no lixo!-Pedro ficou em silêncio. Chris apareceu com as meninas e dois seguranças.
-O que esta acontecendo aqui ?- perguntou o segurança, ele devia ter um metro e noventa, era muito alto.
-Esse idiota me atacou !- disse o Pedro. Ryan o soltou.
-É, só que foi ele quem começou.- Disse Justin. Chaz também soltou ele.
-Não importa quem começou, eu sigo ordens e tenho que tirar quem começou a briga... Desculpa Senhor Bieber mais você vai ter que se retirar. -Pedro deu o sorriso sínico de sempre, eu sabia, ele não tinha mudado em nada.
-Tudo bem...- Justin saiu, esbarrando em todo mundo. Ele parecia bravo.Chaz olhou pra mim.
-Agente vai ir embora? - perguntou a Bia pro Chaz.
-Ninguém precisa ir embora, é o encontro de vocês... divirtam-se, eu vou falar com o Justin.- todos eles assentiram. Eu fui em direção á saída. Justin estava abrindo a porta do carro. Eu corri, antes que ele entrasse.
-Justin! Espera!
-Que foi ? - ele se encostou no carro. Eu me aproximei mais de seu corpo, ele colocava a mão sobre seu olho esquerdo.
-Ele te machucou ? - perguntei.
-Não é nada demais...- ele parecia frio comigo.
-Porque está agindo assim comigo ?
-Argh, eu quero bater muito naquele idiota!- ele se virou e chutou o carro. Fez um barulho enorme mas não amaçou.
-Calma meu amor.- eu coloquei minha mão em seu rosto, o acariciando.Ele me olhou, mais calmo.
-Está brava comigo ?
-Não, porque estaria ?
-Porque eu bati no seu ex namorado...
-Ele é um idiota, merecia os socos que você deu nele.- ele forçou um sorriso pra mim.-Obrigada, eu mesma devia ter batido nele, mas fico feliz que você tenha feito isso... pena que você se machucou e foi expulso da balada...
-Fiz isso por você... e eu não me importo em ser expulso da balada, o ruim foi ver aquele canalha te chamar de lindinha, aquilo me irritou muito!- eu sorri.
-EU TE AMO MUITO SABIA ?
-Também te amo meu anjo.-Ele disse o meu anjo em português. Ele pronunciou certinho.
-Andou treinado ?
-Um pouquinho. - eu sorri.Ele gemeu, colocando a mão sobre seu olho.
-Acho que você tem que ir ao hospital Jus, seu olho pode inchar... deixa eu ver ? - ele assentiu, tirando a mão do olho. Em volta do seu olho esquerdo, estava se formando um grande mancha arroxeada, estava um pouquinho inchado, acho que incharia muito mais ainda.-Está ficando roxo Jus...- eu toquei perto do hematoma, ele gemeu.
-Ai... minha mãe vai me matar se eu aparecer assim no hotel...
-E a culpa é toda minha, será que alguém tirou foto da briga ? Se isso atrapalhar você, eu nunca vou me perdoar...
-A culpa não foi sua, foi daquele idiota... e provavelmente eles tiraram foto mas eu vou pensar no que dizer...
-E o que agente faz agora ? Sua mãe vai querer saber e acho que ela vai ficar brava comigo...
-Você pode ir comigo pro hotel, eu tenho um óculos escuro no carro, se agente encontrar ela , ela não vai perceber... e você me ajuda com meu olho, eu não sei o que fazer...
-Tudo bem, então vamos né ? Antes que fique muito tarde, e seu olho inche mais...- ele assentiu.
Entramos no carro. Justin dirigiu até o hotel. Antes de sair do carro, ele colocou um boné, e um óculos escuro . Deu para esconder o hematoma em seu olho, mais ainda sim, se olhasse de perto, veria seu olho machucado. Saimos do carro e entramos no hotel, não tinha ninguém na recepção, só a recepcionista. Justin pegou a chave do seu quarto e subimos no elevador. Chegamos no andar do seu quarto. Kenny estava na porta do Justin, agachado . Ele estava arrumando seu tênis. Ele nos viu e sorriu.
-Justin Bieber com a bela Jennifer Conti! O que fazem aqui a essa hora ?
-Eu vim ficar um pouco a sós com a Jenny... - Kenny me olhou e eu corei.
-Juízo vocês dois !- eu ri.
-Isso é uma coisa que eu e o Justin temos e muito.- Justin gemeu e eu o olhei.
-Que foi Justin ? - Kenny olhou pra ele preocupado. Está sentindo alguma coisa ?
-Não, ér coisa minha, não tem importância... eu vou entrar, boa noite Kenny.- Justin me puxou até seu quarto.
-Boa noite Kenny!
-Boa noite vocês dois!
Antes que eu pudesse sorrir pro Kenny, para tentar mostrar que estava tudo bem, Justin me puxou fechando a porta do quarto. Ele tacou as chaves no chão.
-QUE DROGA!AI!- ele gemeu.-ESTÁ DOENDO MUITO!- ele tirou o óculos. Estava muito mais inchado.
-Nossa!
-Que foi ?- ele me olhou confuso.
-Seu olho está enorme... temos que cuidar disso!Aqui tem uma maleta de primeiros socorros ?
-Tem no banheiro...
-O.K, eu vou pegar.-Fui até o banheiro e peguei a maleta, ela estava atrás do espelho. (Taah on: O espelho é do tipo que abre na frente e tem um lugar pra colocar shampoo, escova etc. off#). Voltei até o quarto, Justin estava sentado na cama, sem camisa. Ele colocava a mão na barriga.Eu me aproximei dele, me sentando ao seu lado. Abri a maleta e comecei a ler os nomes dos remédios. Peguei um para limpar o olho do Justin, passei na gases e passei no olho dele. Ele gemeu um pouquinho mais aguentou firme. Depois eu peguei uma pomada e passei em volta, a pomada ajudaria e desinchar mas acho que teria que pôr gelo.
-Precisamos de gelo . Onde eu posso pegar ?
-Não tem gelo, mas tem água gelada serve ? - eu teria que fazer compressas com a água então.
-Serve, onde está ? - ele apontou para um pequena geladeira que estava ali, eu nem tinha visto. A abri, dentro tinhas refrigerantes, sucos e água. Peguei uma garrafinha e molhei a gases com a água. Coloquei no olho do Justin, ele gemeu mas parou. O gelo ou melhor a água gelada iria aliviar a dor . Ele gemeu outra vez.
-Não está passando a dor ?
-No olho sim mas minha barriga dói...
-Ele deu  soco na sua barriga ?
-Sim.- eu não entedia muito mais eu precisava saber onde doía. Coloquei a mão onde ele estava pressionando.
-A dor é aqui ? - ele assentiu. Procurei na maleta um remédio pra dor, era pra dor de estômago e muscular, acho que servia.- Você tem que tomar esse remédio ... (Taah on : gente eu não intendo nada de remédios, se fosse de verdade tadinho do Jus estaria morto já, ops bate na boca OLE OLEEE \o\  eu ressuscitaria ele com uma respiração boca a boca 66' verdade ! kkkkkkk off#). Ele pegou um comprimido e tomou com a água que estava ali do lado.-Vai melhorar logo viu amor ? - ele parecia tão mal, tadinho. E a culpa toda do Pedro e um pouco minha, eu não devia nem ter falado com o Pedro na balada.
-Você é um anjo... - ele colocou a mão nas minhas costas me puxando. Doeu onde eu tinha batido, eu gemi e ele me olhou, tirando a mão das minhas costas.- Que foi linda ?
-É que na hora da briga eu bati as minhas costas no balcão , mas não foi nada demais...
-Tem certeza ?
-Tenho sim, porque você não se deita e descansa ? Vai parar de doer logo.
-Você vai ficar aqui comigo né ? - ele falou isso de um jeito tão fofo . Ele parecia tão frágil agora.
-Claro que sim...- ele sorriu e se deitou. Fiquei fazendo a compressa com a água gelada, ele fechou os olhos. Depois de um tempo , ele me pediu para parar porque a dor já tinha passado, eu assenti e fui guardar a maleta no banheiro novamente. Quando voltei, ele estava sentado na cama . Ele parecia bem melhor e o olho estava desinchando. Ele sorriu e eu fui até ele.
-Parou de doer seu olho e sua barriga ?
-Sim , obrigada... você devia ser médica...
-Acho que não... eu desmaiaria só de ver um pinguinho de sangue...- ele riu . -Acho melhor eu ir embora, já está tarde...
-Não amor... - ele me puxou pela cintura. Eu fiquei de joelhos na cama, ele estava sentado , eu fiquei um pouco mais alta que ele.-Fica um pouco comigo , por favor. - ele colocou sua testa na minha. Senti sua respiração.
-Tudo bem... - era impossível resistir àquela voz, tão doce... eu me aproximei e o beijei. Suas mãos foram para minha cintura me puxando para mais perto de seu corpo. Eu me sentei em seu colo, entrelaçando minhas pernas em sua cintura. (Taah on : vocês entenderam a posição né ? KKKKKKKKKKK eu to muito mente poluída OMB off#). Aquilo estava quente demais, e o pior eu não conseguia me afastar. Era estranho mais ele sempre me deixava excitada com seus beijos. Ele colocou a mão na minha blusa, ele queria tira-la eu não impedi. Ele tacou minha blusa no chão , me puxando para mais perto ainda. Ouvimos a porta abrir . Justin parou de me beijar.
-Justin!- Pattie o olhou surpresa.
-Mãe!- eu sai do colo do Justin. MEUS DEUS, QUE VERGONHA! Peguei a minha blusa do chão e a vesti . Pattie me olhou e eu corei.
-Filho, você sabe o que eu penso sobre isso não é ?
-Desculpa mãe .
-A culpa foi minha, desculpa Pattie...
-Tudo bem querida, sei que vocês são jovens mais tem que se cuidar.-Ela tinha razão mais um vez eu e Justin, haviamos esquecido desse pequeno detalhe. Ela olhou pro Justin, e se aproximou dele, eu sabia o que era. Ela devia ter visto o olho roxo dele.-Filho ? O que você fez no olho ?
-An... nada porque ?
-Sei, você andou brigando é isso ?
-Foi só uma briga , eu to bem ...
-BEM ? Olha seu olho !Com quem  você brigou ?
-Com o ex namorado da Jenny, mas ... teve um motivo. Ele é um canalha , desculpa mãe ... sei que não devia ter brigado mais ele me provocou.
-Isso não e desculpa Justin !Tinha fotógrafos lá ?
-Não sei mãe...
-A culpa foi minha, Justin não tem culpa de nada...
-Você sabe que a culpa não é sua Jenny ! - Pattie nos olhou.
-Não importa de quem é a culpa, eu não te eduquei pra você sair brigando por ai ! Você vai ficar sem seu cartão de crédito por uma semana, e sem celular ...
-Mãe ! Não, meu celular não !Por favor ?
-Sinto muito...- ela foi até a escrivaninha e pegou  a carteira do Justin, tirou o cartão dele de lá.-Cadê seu celular ? -Justin suspirou e entregou o celular que estava em seu bolso.-Acho que você deveria levar ela embora.... está tarde .
-Tudo bem.- Pattie saiu do quarto, nos deixando sozinhos.
-Desculpa ! A culpa foi minha...
-Não, minha mãe tem razão, eu não devia ter cedido as provocações do Pedro ... é melhor eu te levar embora , antes que seus pais fiquem preocupados.- eu assenti. Justin vestiu a camiseta e saímos do quarto. Ele estava bem, mas parecia preocupado... acho que pra um adolescente comum ficar sem celular é meio impossível de aguentar mas pro Justin devia ser pior, ele tinha compromissos e tudo mais. Eu estava me sentindo culpada. Justin dirigiu rápido, trocou as ruas movimentadas pelas que não tinham quase ninguém e chegamos bem rápido na minha casa. Justin não queria entrar, eu não insisti, meu pai iria fazer mil perguntas se visse o olho roxo dele.
-Você vai ficar bem ?
-Sim . - ele respondeu , triste.
-Ai Justin, não fica assim... a semana passa rápido, logo logo você pegar seu celular de volta...
-É eu sei, mas eu queria ligar pra você , ouvir a sua voz... mas eu não vou poder.
-Não tem problema... agente dá um jeito.
-Tudo bem, você vai no hotel amanhã ?
-Claro.
-Quando voltar vou dizer pro meu pai, ele vai adorar a ideia e a Jezzy também...
-Que bom, assim eu recupero os pontos que eu perdi com sua mãe, eu to morrendo de vergonha dela!- ele riu.
-Quem mandou ficar me provocando...
-HA seu safado, você me provoca e depois a culpa é minha ?
-O que eu posso fazer se você não resisti á isso...- ele se aproximou do meu pescoço e deu um beijo de leve, eu arrepiei.- Ou a isso.- ele foi até a minha boca e me deu um selinho mordendo de leve meus lábios. Eu não resisti, quando ele ia se afastar, eu me aproximei e o beijei.Um beijo bem HOT, eu fiquei sem folego e ele também.
-Eu sabia que você não ia resistir !- eu ri.
-Bobo... eu to indo então, antes que eu decida ficar no carro sabe...
-Eu ia adorar... principalmente se você fizer o que eu estou pensando...
-NOSSA JUSTIN BIEBER ! QUE FOGO É ESSE ? - ele riu.
-A culpa é sua ! Quem mandou ser ... esquece.
-QUEM MANDOU EU SER O QUE ? AGORA PODE FALAR SENHOR BIEBER!
-Não fica brava ta ?
-Ta.
-Quem mandou ser gostosa.- eu fiquei surpresa.Ele não costumava dizer isso pra mim. Eu fiquei sem palavras.-Falei!Desculpa, eu não quero que pense que eu não te respeito por ter te chamado assim...
-Não, é só que eu fiquei surpresa mas eu não acho isso, sei que você me respeita, e quer saber ? Eu ia adorar se você me dissesse isso as vezes.Longe dos nossos pais, claro. - eu ri.
-Isso é ótimo minha gostosinha ...
-Meu Drewlicia ... - ele riu.-Suas beliebers te chamam assim as vezes sabia ?
-Sim, e eu gosto de todos os nomes e apelidos carinhosos que elas me dão...
(Taah on: Interrompendo um pouquinho... JUSTIN DELICIA ASSIM VOCÊ ME MATA, AI SE EU TE PEGO, AI AI SE EU TE PEGO 6' ta parei, vamos voltar pra ib off#)
Ele se aproximou e eu me afastei. Íamos ficar ali a noite toda, eu já estava vendo.
-É melhor eu ir amor, você está com muito fogo e eu tenho medo de não resistir...- eu ri.
-Tudo bem, eu não queria que você fosse mais eu quero ganhar a confiança do seu pai, esses dias eu estava falando sobre futebol com ele , foi  otimo, ele me pareceu legal, mas mesmo assim ele as vezes parece ser bravo...
-Logo vocês vão se tornar melhores amigos, ele vai te convidar pra assistir jogo de basquete em casa, eu e minha mãe vamos ter que ficar sozinhas, preparando algo pra vcs comerem ... - ele riu.
-Eu não te deixaria sozinha, você ia assistir jogo com agente.- eu ri.
-Tudo bem, an... eu vou indo boa noite.- eu abri o carro para sair, ele segurou no meu braço.Eu o olhei confusa.
-Esqueceu do meu beijo de boa noite dona Jennifer!- eu ri e o beijei. Foi um beijo muito carinhoso .
-Eu te amo.
-Também te amo Justin. Boa noite . - eu sorri e sai do carro fechando a porta.Justin ligou o carro.
-Te vejo amanhã as três ? - eu assenti.Ele acelerou e desapareceu na rua. Eu entrei em casa. Meus pais estavam sentados no sofá, eram 11 horas, ainda era cedo. Dei boa noite para eles e fui pro meu quarto. Coloquei meu pijama , lavei o rosto e me deitei. Demorou um pouco pra mim dormir, fiquei me lembrando do Justin me beijando. Eu tinha necessidade de beija-lo. Fiquei rindo sozinha , até que dormi.(...).

 Eu prometi um capítulo enorme ? ai está espero que tenham gostado. Leitoras lindas, obg pela carinho, vocês me pediram uma parte HOT né, aqui tem algumas partes mais eu vou postar um capítulo inteirinho bem HOT hahahha mais depois não reclamem , eu falo muita besteira!
Marcelli: OMG vc por aqui hahahhaha 
Imagine Beliebers ♥ : UHADUHADUHDAHUDA claro linda >.< e obg *-*
Yass Camargo B:  a yaaas se vc fizer , sério eu choro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Marry me Bieber: chapadinha eim SUA LINDA hahahahhaha ~rebolla e desce até o chão ~ hahahahha okay sem furia zé aranha UHDHUHUDHUDAUH awn serio sobre o FC ? eu vo chora man kkkkkkkkkkk
AS MINA PIRA COM O MEU IMAGINE ? EU AMEI ISSO ZÉ ARANHA KKKKKKKKK
divulgando : http://imaginecom-obiebes.blogspot.com/


Obg genteeeee, eu amo tanto vcs >.< COMENTEM *-*

4 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAH,PERFEITAAAA eu sempre do risada aqui mano kkkkk (: perfeita minha linda,continua pf ? *-* ♥

    ResponderExcluir
  2. "eu to muito mente poluida"
    DONA THALIA,me diga quando voce nao tem a mente poluida heeim ? Hahaahaha,sua safadja SHAUSUSAHS

    ResponderExcluir
  3. Contiinua?huum que mente poluida vou aguardar por esse capitulo todo HOT haha ;)
    tá ficando com a mente poluida tá pirando no imagine escrevendo coisas super hots q isso mesnina hah Brinks
    ó uma definição Para seu imagine P-E-R-F-E-I-T-O QUER MAIS?
    e Obrigada por indicar

    ResponderExcluir
  4. Eu não estou e nem sou chapada Sua Viada ú.u
    RIMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    \Õ/ \Õ/ QUE EMOÇÃO MAN!! ~~ REBOLA, PEGA UM RADIO, COLOCA UMA MUSICA E COMEÇA A DANÇAR, CHUTA O RADIO, DÁ UMA PIRUETA, BATE A CABEÇA E VOLTA A COMENTAR AQUI COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO Ú.U ~~
    EU ESTOU TÃO FELIZ QUE VOCÊ GOSTA DE MIM *0*
    EU...UMA PESSOA CHATA QUE TE XINGA DE VADIA DE VIADA DE ZÉ MACACA ;(
    ASSIM EU CHORO MAN!!
    ~~ DEIXA O MOMENTO CHORO PARA LÁ ~~
    E sim Dona Tata ~~ eu ri kkkk ~~ AS MINAS PIRAM COM SUA IMAGINE!
    ELAS FICAM DOIDINHAS E ATÉ QUASE SE JOGAM DE UM PRECIPÍCIO ~~ MENTIRA ~~ KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK'
    EU ACHO QUE ESSE COMENTRIO JÁ ESTRAGOU SUA NOITE OU DIA OU ATÉ MANHÃ, NÃO SEI QUE HORAS VOCÊ VAI LER Ú.U
    TENHO DÓ DE VOCÊ QUE TEM QUE ME AGUENTAR MUHAHAHAHHAH
    TOMOU OTÁRIA Ú.U
    AGUENTA A JULLIANE AGORA! ;D
    CHEGA DE FALAR MERDA D;
    Continua Viada *0*

    ResponderExcluir