27 de abr de 2012

Capítulo 48 ണarry yഠu ♔ ''Ele tinha ido, ele se foi pra sempre...''

 Esta super Big, espero que gostem, acho que ficou ruim :(

-Nada Justin, não é nada...Posso te pedir uma coisa ?
-Claro que pode...
-Canta pra mim dormir ?
-Claro meu amor, o que quer ouvir ?
-O que você quizer Jus...- a abraçei e começei a cantar Mistletoe. Ela gostava dessa música...enquanto cantava, ela murmurrou 'eu vou sentir falta da dua voz' mas foi muito baixo para que eu tivesse certeza do que ela havia falado. Ela demorou pra dormir. Tive que cantar mais 3 músicas e só depois ela pegou no sono. Fiquei vendo ela dormir, até que dormi também.

Acordei e Jenny estava acordada me olhando... achei que ela estaria dormindo já que ela demorou para dormir na noite passada...
-Amor ? - me sentei na cama e a olhei, ela estava chorando... dava para ver as lágrimas em seus olhos.-AMOR O QUE FOI ? -a abraçei e ela deitou sua cabeça em meu peito , chorando ainda mais...
Quando ela se acalmou, a afastei e olhei nos olhos dela.
-O que aconteceu Jenny ?
-Nada.
-Eu sei que não foi simplismente ''nada'' que te fez chorar, o que foi me diz ? Estou ficando preocupado com você...
-Não foi nada Justin eu já disse...-ela se levantou e pegou uma roupa em seu guarda-roupa.
-Onde você vai ?
-Tomar banho...
-Posso ir ?
-Pode...-me levantei e entrei no banheiro com ela... ela estava estranha mas eu não disse mais nada. Enquanto tomava banho ela ficou me olhando, fiquei um pouco envergonhado com aquilo porque normalmente quem sempre fica olhando , era eu . Me aproximei dela e a puxei pela cintura, bem embaixo do chuveiro.Ela colocou suas mãos em meu pescoço e ficou acariciando o meu rosto...
-Você ta bem ?
-To...
-Pode me dizer pelo menos porque estava chorando ?
-Não era nada...vamos parar de falar disso por favor ?
-Tudo bem... o que vamos falar ?
-Que tal isso...-ela me surpriendeu com um beijo... tudo foi muito rápido mas em instantes ela já estava agachada, beijando o bieberzão. Aquilo me dava muito prazer... por mim ela poderia fazer aquilo quantas vezes ela quiazesse... depois que ela acabou ela voltou a beijar a minha boca...Segurei em sua cintura e a precionei contra meu corpo, fui descendo beijando cada parte de seu corpo...quando voltei a beija-la, ela me afastou e sorriu pra mim.
-Vamos tomar banho...é melhor...-a puxei novamente contra meu corpo.
-Ahh porque ? Estava tão bom...
-Eu sei , mas hoje eu não to bem... e meus pais devem estar esperando agente pro café ...
-Eles não iam trabalhar ?
-Hoje é quarta amor, de quarta eles entram mais tarde...
-Droga...-ela riu e pegou o shampoo para ensaboar seu cabelo...
Decidi tomar meu banho também. Quando acabei vesti essa roupa :


E Jenny se vestiu assim :
                                                              (ignorem os acessórios)
                                                       
Fomos para a cozinha e o Senhor e a Senhora Conti estavam tomando café. Nos sentamos e começamos a tomar nosso café...
-Vocês acordaram tarde hoje...-comentou o pai de Jenny me olhando sério.
-Marcelo!!!-a mãe da Jenny deu um tapa de leve no braço dele. Ri.
-É, estavamos cansados...
-Hum... dormiram tarde ontem ?
-Acho que sim ... porque pai ?
-Ouvi uns barulhos estranhos...
Olhei pra Jenny e ela estava vermelha.
-Barulho ?
-Opa opa opa vamos mudar de assunto não é ? Esses barulhos devem ter sido um galho de árvore batendo na janela... o inverno já esta chegando e costuma ventar muito á noite...
-É...
-O dia esta bom para passear em algum parque...-comentei...
-É uma boa idéia porque não vamos ?
-Vamos então...-sorri.
-Otimo é bom vocês darem uma volta só ficam nessa casa... acho que eu já acabei o meu café... Marcelo come logo temos que ir pro trabalho...
-Já acabei, vamos...- os pais dela levantaram...-Filha, já vamos indo pro trabalho... juizo ok ?
-Okay pai...
-Pode deixar que eu cuido dela Senhor Conti...
-É disse que eu tenho medo...-disse ele indo pra sala.
-¬¬ não liga Justin... bom fiquem com Deus, até a hora do jantar...
-Até.-dissemos eu e Jenny juntos.
Os pais dela foram trabalhar e ficamos sozinhos...continuamos tomando o nosso café, depois fomos assistir um pouco de TV. Jenny se deitou do meu lado e eu a abraçei. Estava passando Titanic, já perdi a conta de quantas vezes eu já vi esse filme... ficamos assistindo Titanic até que eu olho pra Jenny e ela esta chorando... me sentei e a olhei. Ela percebeu que eu a olhava e limpou as lágrimas.
-Amor... o que foi ?
-É que eu acho esse filme muito lindo...
-É lindo mais não precisa chorar...
-Precisa quando se senti sozinha.
-Sozinha ?- a abraçei.-Você não ta sozinha, eu to aqui...
-Ah Jus...-ela acariciou o meu rosto.-Se você soubesse o que esta acontecendo comigo...
-Você ta me deixando preocupado , o que ta acontecendo meu amor ?
-Eu não quero contar...não posso, não ainda...
-Tem certeza ?
-Tenho... amor ér... eu não quero ir pro parque... não estou me sentindo bem, podemos ficar aqui vendo uns filmes ?
-Claro que podemos...-me deitei novamente e ela se deitou do meu lado no sofá. Continuamos assistindo Titanic, as vezes eu olhava para Jenny e ela estava segurando algumas lágrimas... eu a abraçei e ela se virou me olhando...
-To com sono...
-Dorme então meu anjo.-sorri.
-Eu tenho medo...
-Medo ? Medo de que ?
-De acordar e ter que fazer o que é certo...
-Como assim ? Eu não estou intendendo nada.
-Eu sei,-ela forçou um sorriso.-eu vou dormir...-ela fechou os olhos.
Eu não sei o que esta acontecendo, mas ela não quer me contar...
Eu estava morrendo de curiosidade para saber o que tanta a fazia chorar =/
A abraçei mais perto do meu corpo e ela se ajeitou... em poucos minutos ela já estava dormindo...

Jeniffer Conti ON ~

Ele estava me abraçando e eu estava ali, finjindo ainda estar dormindo. Eu pude sentir o cheiro, o calor do corpo dele...
Eu sabia que eu teria que terminar com ele, eu sabia que ele não ia intender nada... tudo o que eu queria é que tudo isso fosse só mais um pesadelo. Como eu vou terminar com ele se eu não quero fazer ele sofrer ?
Abri meus olhos e ele me olhava.
-Acordou dorminhoca ?-ele sorriu.
-Ér...-me sentei no sofá,forçando um sorriso.
-Ta com fome ? Esta quase na hora do almoço... quer almoçar aqui ou em outro lugar ?
-Podiamos sair ...você quem sabe Jus...-ele me olhou e sorriu me abraçando. Ri e o olhei.-O que foi isso ?
-Eu amo quando você me chama de Jus...
-Bobo...-dei um selinho nele e ele me soltou.-Agente já vai então ?
-Claro mas coloca um casaco esta frio hoje...
-Ta, eu já volto...-fui até meu quarto e peguei o primeiro casaco que vi pela frente. Quando ia sair, vi meu celular vibrando,era uma ligação, o peguei e atendi.
-Alô ?
-Eai garota...- Não, não podia ser... a Bárbara outra vez ?
-O que você quer ?
-Saber se já cumpriu o que você disse ...
-Ainda não...
-É bom que faça isso rápido, já estou cansada de esperar...
-Você é muito má, eu estou sofrendo com isso e a única coisa que você faz é ser fria, sem sentimentos...
-Ain que bunitinho... a vadia tem sentimentos... fala sério, eu não tenho paciência pra você... você não deveria nem estar com o Justin...
-E porque não ? Ele me ama, ele prometou sempre me amar.
-E isso importa ? Você acha mesmo que ele vai continuar te amando depois que você larga-lo ?
-Eu não sei...
-Então... eu vou desligar , espero que cumpra com o combinado ou eu vou entregar o James Cupper a policia e você já sabe o que acontece... se você tentar me enganar eu vou saber só pra avisar...
-Eu não vou tentar enganar ninguém...
-Otimo...-ela desligou. Taquei o meu celular no chão...Droga! Sai do quarto e Justin me olhava...
-Ouvi um barulho... caiu alguma coisa lá dentro ?
-O meu celular...
-Ahh...então vamos ? - disse ele ajeitando meu cabelo por cima do meu casaco.
-Vamos.-forçei um sorriso.Ele passou seu braço em volta da minha cintura e saimos de casa.
**

Quando chegamos no restaurante,pegamos uma mesa bem afastada das outras. Antes de entrarmos haviamos vistos um ou dois paparazzis e era melhor que ficassemos fora da vista deles...
O graçom chegou e fizemos nossos pedidos...Justin pediu só uma salado e eu também... estava sem fome. Na verdade, eu estava sem vontade de nada. Eu estava ali com ele , a minha vida... eu não sabia o que dizer, não sabia o que pensar eu só ficava o olhando para guardar cada lembrança dentro de mim.
Depois que o garçom trouxe nossos pedidos, comemos e fomos embora. Nem eu nem ele estavamos com vontade de sobremesa alguma... Enquanto o Justin dirigia de volta pra minha casa,passamos perto de um parque de diversões... não tinha quase ninguém por estar de dia, mas havia muitas pessoas... Olhei pro Justin sem intender, enquanto ele estacionava o carro.
-Justin ? Porque estamos parando ?
-Não me chinga mas eu quero ir no parque ...
-Agora ?
-É...
-Ah Justin...
-Por favor amor ? Por favor ?
Eu começei a pensar...não tinhamos ido em nenhum parque em todo nosso namoro e porque não aceitar para agrada-lo ? Porque não ter a última lembrança de um parque ?
-Tudo bem...-eu disse assentindo.
Justin saiu do carro todo feliz,ele abriu a porta do carro pra mim e eu sai. Demos as mãos e compramos as entradas pro parque...
Quando entramos Justin me puxou para aquelas barraquinhas de argolas...paramos em frente de uma e ele comprou 8 argolas...ele deu quatro pra mim...
-Se ganhar o que vai querer ? - perguntou o senhor que cuidava da barraquinha...olhei e vi um urso enorme.
-Aquele urso lá...-apontei pro urso e o Justin riu.
-Ok, pode jogar as argolas senhorita...
Olhei bem para os pinos... joguei a primeira e errei... joguei a segunda e arrei, joguei a terceira e errei...mirei bem a quarta e joguei... quase entrou no pequeno pino... olhei pro Justin e ele sorriu.
-Agora é minha vez... se eu ganhar quero o urso também...-olhei pra ele e sorri...
Justin jogou as 3 argolas e errou, quando foi jogar a última ele acertou. O senhor da barraca deu o urso pra ele e ele estendeu o urso pra mim...
-Pra você meu amor...-peguei o urso e sorri.
-AAhhhh obrigada Justin!-ele riu.
-Quer que eu leve o urso pra você ?
-Não eu levo...
-Tudo bem então...- ele riu outra vez. Eu sabia porque ele ria tanto, o urso era quase do meu tamanho...era enorme...
Ficamos andando pelo parque...olhando as coisas... compramos algodão doce e pipoca.... ficamos a tarde toda lá.
{...}
-Justin acho que temos que ir embora, já vai anoitecer...
-Vamos antes em um brinquedo por favor ?
-Ta.. qual ?
-A roda gigante ...
-Ér...acho melhor não Jus...
-Porque não amor ?
-Eu tenho medo de altura...
-Eu vou estar com você... vamos por favor...
-Ta bom né...-ele deu um sorriso e fomos até a roda gigante, entramos e logo o cara que a controlava a ligou. Coloquei o meu urso no chão da pequena cabine em que estavamos e segurei nas barras de ferro que haviam do meu lado fechando os olhos...
Senti a mão do Justin em minhas mãos...
-Abre os olhos amor, eu to aqui com você...-abri os olhos devagar...olhei em volta e já estavamos lá no alto. Tinha uma vista linda, o sol já estava se pondo.
-É muito lindo ...
-Viu ? Não precisa ter medo...
-Bobo...
-Mas sou só seu bobo.-olhei pra ele e ele me olhava.
-É muito bom saber disso...-sorri.
Fiquei olhando pra ele e me lembrei de um sonho bobo que eu tinha quando era pequena. Eu sempre sonhava em beijar o meu namorado em cima da roda gigante como naqueles filmes , sorri corando um pouco. Era bobo aquilo.
-Você ta corando ? - perguntou ele, acariciando o minhas bochechas.
-É que eu lembrei de um sonho bobo meu...
-Que sonho ?
-Não vou dizer, você vai rir...
-Não vou,eu prometo.
-Ta, é que quando eu era pequena eu sonhova em beijar o meu namorado em cima da roda gigante como nos filmes...
-Hum...Então porque não realizar o sonho da minha princesa ? -ele se aproximou e me beijou. Foi um beijo calmo, doce. Justin exprorava cada canto da minha boca...quando parou ele colocou sua testa na minha.
-Eu te amo...-ele sussurrou.
-Eu também...
A roda gigante ficou girando mais um pouco... até que parou e descemos. Fomos até o carro e entramos. Não demorou muito para chegarmos em casa. Justin entrou no banheiro e foi tomar um banho... fiquei mechendo no meu celular... quando ele saiu eu decidi tomar um banho...eu não podia adiar mais. Eu tinha que fazer o combinado ou a Bárbara iria fazer algo pro Justin...
Quando sai do banheiro , Justin estava deitado na cama... me sentei ao lado dele e meu coação começou a disparar...respirei fundo e escondi minhas mãos, elas estavam tremendo...ele me olhou e se sentou na cama.
-Oi amor... eu to muito cansado...-forçei um sorriso.
-Agente precisa conversar Justin...
-Conversar? Sobre o que amor ?
-Você queria saber porque eu estava chorando... porque eu estou assim...
-Eu ainda quero saber... o que aconteceu...?
-Antes de falar eu quero que você intenda e por favor não me julgue...
-Você ta me assustando...
-Eu sei, olha... eu não sei como te dizer, eu não sei por onde começar...mas eu to fazendo isso pelo seu bem...pelo nosso bem.
-Fazendo o que jenny ?
-Justin....eu, quero ter...minar...-desviei meus olhos do dele... senti que ia chorar mais segurei as lágrimas, eu tinha que ser convincente.
-Terminar ? Que piada é esse ?
-Não é piada...
-Não ? -ele se levantou.-Eu não intendo ! Porque você quer terminar ? Você disse que me amava ... eu não estou intendendo nada...
Eu precisava mentir para convence-lo.
-Eu menti... ta bom ? -me levantei também.-Esse relacionamento não esta dando certo, eu não aguento é muito pressão, eu recebo todo dia chingamento no twitter, tem todo dia um paparazzi querendo tirar foto de mim, nossa vida sai em todos os jornais e sites do mundo... eu não aguento isso...
-Como assim ? Você estava aguentando ... você não me ama mais ?!Diz que não me ama ! Diz!-ele gritava...suas mãos foram para meu braço ,ele estava me machucando...ele estava confuso e eu estava me odiando por isso.
-Desculpa Justin, desculpa se menti te amar ... no começo eu até amava mas isso é muito pressão...
-Otimo... -ele me soltou.-,então quer dizer que esta tudo acabado assim sem mais nem menos ?
-Não é sem mais nem menos...-tirei o meu anel e dei na mão dele.-Sim, esta tudo acabado...-ele ficou fitando o anel em sua mão.
-Eu sabia! Você esta inventando tudo isso para não me dizer a verdade!
-Que verdade ? Essa é a verdade...
-Não, não é ... Você tem recebido telefonemas ... tem chorado... você esta apaixonado por outro ,eu sei que esta.
-Ache o  que quizer... -sai do quarto e fui até a sala. Justin não veio atrás de mim. Depois de uns minutos, ele apareceu segurando sua mala.
-Eu vou embora da sua vida se é isso que você quer... eu pensei que você era a garota dos meus sonhos mas é como todas as outras... você mentiu e me usou. Muito obrigada por ser tão falsa...-fiquei quieta, não tinha nada o que falar, senti lágrimas escorrendo dos meus olhos e logo a porta bateu com força. Ele tinha ido, ele se foi pra sempre...
Minha vontade era de correr atrás dele e contar toda a verdade. Eu não acredito que terminei com ele... eu não acredito que fiz a maior besteira da minha vida. Me enrosquei no sofá abraçando meus joelhos. Senti todo meu corpo pesado, e estava mesmo... eu estava me sentindo culpada...Eu não sabia se ficava triste ou com raiva de mim... fui até a cozinha tomar um copo de água... Vi uma garrafa de whisky do meu pai... a peguei e a abri. Eu não costumava beber, eu era fraca para bebidas... Virei a garrafa com tudo ... tomei um bom gole, era amargo... era horrível mas me dava uma leveza, tirava um pouco do peso... Fui até a sala e me sentei... Continuei bebendo, bebi a garrafa toda ... eu estava zonza mas ainda conseguia pensar no Justin...fui até a cozinha e peguei a garrafa de vinho... a bebi inteirinha... voltei pro sofá derrubando quase tudo... eu não sabia porque estava ali,não lembrava nem onde estava... tudo começou a girar até que eu apaguei.


CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA~

Oii anjos, eaaai gostaraaam ? E agora ? O que será que vai acontecer com a Jenny ? Será que o Justin vai aceitar isso ou vai acabar fazendo besteira ? Muito obrigada pelos comentáriooos, eu amo e leio todos ... AMO VCS LEITORAAAS LINDAAAS <33
Continuo com 6 Comentários.

15 comentários:

  1. EU VOU MATAR ESSA BÁRBARA :@
    CONTINUAAA
    :(

    ResponderExcluir
  2. ai não gente, eu to chorando, pqp! HDASDAS, continuaaaaaaa logo

    ResponderExcluir
  3. ai meu deus que loucaraaaaaaaaaaaa
    continuaa
    eu nunca bebi pois tenho medo :s

    ResponderExcluir
  4. AI EU TO CHORANDO MUITOOOOOOOOOOO TO MORRENDOOOO CONTINUAA :(( ESSA FILHA DA PUTA DA BARBARA VAI VER AS BELIEBERS VÃO MATAR ELA HAHAHAHA XOXO

    ResponderExcluir
  5. sinto q ele vai fazer besteira ='( E nao ficou ruim esse capitulo, ficou ótimo ú.u Xoxo.

    ResponderExcluir
  6. Que merda quero que essa barbara morra!! guria ridicula e invejosa da merda... anao vc me fez chorar!! eu nao queria que eles se separassem ai meu Deus eu vou morrer!! :'( eu nao gostei deles terem se separado mas ta perfeito diva!! continua pfpf bjss tchau XOXOXOXO

    ResponderExcluir
  7. Será que a Jenny ficou "novamente grávida do justin após a ultima noite deles ? ou eles usaram camisinha)" Eu Odeio essa Barbará nojenta bahh . Mas isso está muito PERFEITO apesar de me fazer chorar *.* continua miss talento ahaha <3

    ResponderExcluir
  8. chorando d+++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  9. eu Choreiiiii,
    continuaaa

    SE PUDESSE ENTRAVA TA HISTORIA E MAVA A BARBARA!
    AAAH,VAD....OP'S.

    ResponderExcluir
  10. Chooorei, T.T continua... Leitora nova!

    ResponderExcluir
  11. Aiii meu Deuus!! choreeei mtoo com esse capítulo ~leitora nova~

    ResponderExcluir
  12. chorandoooooo mttttttttttt akieeeeeeeeeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
  13. eu acho q ela devia ter sido mais esperta
    na ligação eu nao atenderia e se eu atendesse eu contaria tuuuudo pro jstin e fariamos um pacto para fingir que estavamos nos separando e nos falando sempre por telefone ate ter se passado uns20 ou30 dias , depos nos voltariamos a nos ver e namorar
    e ele demitiriia o desviador e pocessaria a barbara

    ResponderExcluir