4 de set de 2012

Imagine Belieber - Fall: Capítulo 1 ''Porque isso soa tão...impossível?''

E  a verdade é que até hoje, não sei porque te amo... só sei que meu passado é seu e de mais ninguém.[...]


-Bom dia.-disse e toquei meus lábios nos dele. Andrew abriu os olhos lentamente e me fitou com um sorriso. Eu amava aquele sorriso... era quase impossível de vê-lo então era lindo quando Andrew sorria. Ainda mais estando comigo.
-Bom dia amor.-ele me selou novamente me fazendo sorrir. Era impressão minha ou ele estava de bom humor?
Abracei sua cintura e fechei os olhos. Se era um sonho eu não queria acordar.
-Vai dormir mais dorminhoca?- abri os olhos e encarei Andrew. Dorminhoca?
-Acho que não.-respondi.-Mas quero ficar aqui com você.-Andrew me deu um beijo estalado na bochecha.
-Acho que seu pai não vai gostar de me ver aqui de manhã...
-Eu não sou mais uma criança...ele sabe disso.
-Tudo bem... mas então vamos levantar e tomar café... antes que ele venha te chamar e me veja aqui... nesse estado.-ri pelo nariz. Andrew estava apenas com uma cueca box e eu apenas de roupas intimas... é , meu pai me mataria se nos visse assim.
Me levantei quase cambaleando para todos os lados e Andrew se levantou comigo. Ele não gostava muito que eu tomasse banho com ele, e na maioria das vezes ficava irritado com isso mas desta vez foi diferente, Andrew foi me conduzindo até o banheiro e então tomamos um dos melhores banhos de todos, pelo menos na minha opinião.
**

Assim que acabamos, nos vestimos e fomos pra cozinha. Meu pai estava tomando café e Lauren a empregada que está conosco a mais de 5 anos estava o servindo.
-Bom dia pai!-disse sorridente e me sentei á mesa. Meu pai me lançou um olhar e eu sabia o que queria dizer.
-Bom dia Senhor Allen.-Andrew disse e se sentou a mesa.
-Bom dia.-meu pai disse e eu sabia que ele estava de mal humor, talvez só pelo simples fato de Andrew ter dormido comigo.
Lauren logo nos serviu. Torradas com mel, as minhas preferidas.
(...)

-Então Andrew, o que pensa em fazer da vida? - meu pai lançou essa pergunta enquanto comíamos. Sempre que Andrew ou até meus amigos do colégio viam em casa, ele os enchiam de perguntas.
-Ontem mandei uma carta para uma das faculdades do México quero terminar medicina lá , dizem que lá há um dos melhores centros médicos do mundo e eu acho interessante conhecer pessoas novas.-Andrew disse normalmente. Sorri. Ele me orgulhava muito. Andrew era muito inteligente, além do fato de que na maioria das vezes sabia bem como se posicionar sobre as coisas.
-Isso é ótimo.-papai forçou um sorriso.-Mas não pensa em entrar no ramo da construção ?
-Não me leve a mal Senhor Allen mas eu realmente amo medicina... acho que eu não me daria bem nesse ramo de construção.
-É uma pena.-meu pai mais uma vez forçou um sorriso.-Queria muito ver a Cassy casada com um homem desse ramo.
-Pai!- o repreendi. -Porque o senhor sempre diz isso ?
-Porque é a verdade ué.-ele disse como se fosse algo obvio.  Revirei os olhos.
-Isso não é a verdade pai, vou me casar com alguém que eu ame e não por causa de sua profissão.-olhei pra Andrew e ele sorriu pra mim.
-Você parece a Amy quando diz isso...-ele comentou e mais uma vez ,como sempre, fiquei calada ao ouvir ele pronunciar  o nome da minha mãe. Ela tinha morrido há 6 anos. Eu não me lembro muito dela... porque pelo que meu pai disse ela viajava muito mas eu sinto muito falta dela...ainda me lembro de sua voz, e as vezes tudo que quero é ouvi-la para me reconfortar e me ajudar.
-Acho que já vou indo...-Andrew comentou e se levantou da mesa, me levantei também por reflexo.
-Já amor?- falei com uma voz manhosa e vi meu pai revirar os olhos.
-Sim meu anjo, tenho alguns trabalhos pra terminar...
-Ta bom, eu te levo até a porta.
Assim que passei pela porta da cozinha com Andrew pude ouvir meu pai murmurar algo tipo ''já vai tarde'' mas ignorei levando Andrew até a porta.
Por algum motivo que eu não conhecia, hoje ele estava mais carinhoso do que nunca. E eu estava muito feliz por isso.
Abri a porta e Andrew parou de frente pra mim , me olhando com aquele sorriso que eu amava.
-Tem que ir mesmo ? - perguntei novamente.
-Sim amor... você sabe que eu não gosto de fazer meus trabalhos de última hora mas eu volto mais tarde.
-Promete?
-Prometo!-Andrew me puxou pela cintura e juntou nossos lábios. Sua língua pediu passagem para a minha e eu cedi. Paramos porque eu ouvi um pigarro do meu pai atrás da gente. Ele sempre estragava o clima.-Tenho que ir então...-Andrew falou meio sem jeito.-Se cuida.
-Tudo bem, eu te amo.-ele sorri e se virou indo em direção ao seu carro. Fechei a porta e encarei meu pai atrás de mim. Andei até o sofá e me sentei. Liguei a TV e fiquei zapeando pelos canais. Papai se sentou ao meu lado.
-Seu namorado podia ser mais educado...-ele comentou enquanto eu perava em um canal sobre moda.
-Ele é educado pai.
-Ontem a noite não foi isso que eu ouvi enquanto vocês brigavam.
Estremeci no sofá. Andrew e eu tínhamos brigado mesmo mas eu achei que meu pai não tivesse ouvido.
-Brigamos por uma coisa boba...-disse e realmente era. Andrew me levou ao shopping e cismou que um dos garçons do restaurante que fomos estava dando em cima de mim e pior, ele ainda disse que eu estava dando bola pra ele... isso realmente fez agente brigar, mas no final resolvemos tudo.
- Você não acha que ele é muito velho pra você? Você tem 16 anos Cassy e ele 18!
-Idade não define nada pai... eu o amo!
-Você ainda é muito nova pra saber o que é o amor de verdade.
-Amar o Andrew é um  amor de verdade pra mim.-vi meu pai revirar os olhos e me segurei para não rir.
-Se você acha...-ele deu de ombros.-Mas , mudando de assunto, tenho que te dar uma ótima noticia!-ele deu um sorriso animado.
-Noticia?
-Sim, adivinha quem vem pra cá?
-Eu não sei pai, quem ?
-O Justin.
-Justin?-arqueei a sobrancelha. Não podia ser.
-Sim, o filha da Pattie , você se esqueceu dele?
-Claro que não pai.-Como eu podia esquecer dele. Justin foi, e é , meu melhor amigos de infância mesmo não nos vendo mais por causa de seu trabalho. Ele sempre foi muito talentoso  e meses depois que minha mãe morreu ele foi com a Pattie e seu empresário para Atlanta. Eu ainda me lembro de Justin... me lembro como se fosse ontem.

(FlaskBack ON_)

-Ai está doendo!-disse e fiz uma careta, meu joelho tinha ralado enquanto andávamos de Skate. Eu odiava andar com aquilo, eu sempre caia.
-Calma eu tenho que ver como está Cassy...-Justin disse com uma voz doce. Respirei fundo e deixei ele ver. Aquilo estava enorme, meu pai e minha mãe brigariam comigo por causa disso. Eles odiavam quando eu saia de casa e me machucava, mas era quase impossível não me machucar, Justin só me fazia andar de Skate.-Está horrível!-ele falou surpreso.
-Claro né Biebs, eu nunca mais ando de skate!
-A Cassy isso não tem nada a ver... é só um  machicadinho...
-Aram...sei...Meus pais vão me matar por isso e já esta ficando tarde, tenho que voltar pra casa.
-Eu vou com você.-Justin me ajudou a levantar e envolveu seus braços em minha cintura me ajudando a andar até a minha casa.

(FlaskBack OFF_)

-Mas ele não está trabalhando com aquela turnê? -perguntei, ao que eu sabia, Justin estava em turnê e tinha muitos shows em vários países ainda.
-Sim, mas os três últimos shows foram cancelados... e ontem Pattie me ligou pedindo se ele podia ficar uns tempos com agente, não é maravilhoso? Pena que Pattie não vem, estou com saudades dela.
-Eu também.-foi a única coisa que consegui dizer. Justin vinha pra cá, porque isso soa tão... impossível? Justin não me via a 6 anos... e agora ele tinha 19 anos... Aquilo me fez sentir um frio estranho pelo meu corpo.
-Bom, já arrumei um quarto de hospedes pra ele... ele deve chegar lá pelas 3 horas...
-O QUE? ELE VEM HOJE?- perguntei surpresa.
-Sim filha, porque a surpresa?
-Por nada pai, só achei que ele demoraria a vir...-meu pai riu sem emoção.
-Não filha, na verdade ele disse que queria vir o quanto antes!
-Hm.- Aquilo era estranho. E emocionante. Parte de mim estava louca pra ver o meu amigo de infância, mas outra estava com um pouco de medo. Será que ele é o mesmo Justin de sempre ou a fama mudou sua cabeça? Será que ele se lembra de mim ? -Claro né Cassy.- Me repreendi mentalmente. -Se ele não lembrasse não estaria vindo.-
-Bom, tenho que ir trabalhar.-meu pai se levantou e deu um beijo estalado em minha testa.-Te vejo no jantar.-Assenti.
Papai pegou sua bolsa de trabalho e saiu pela porta, dizendo um ''se cuida'' como ele sempre dizia. Fui pro meu quarto e fiquei ouvindo algumas músicas melosas de uma cantora desconhecida... Eu já disse que estava me sentindo estranha?
(...)

-Eu atendo!-gritei do meu quarto para que Lauren ouvisse. Desci as escadas correndo e fui atender a porta. Só podia ser ele. Assim que cheguei na sala, respirei fundo e caminhei lentamente até a porta. Coloquei a mão na maçaneta e a girei.
-Justin?

-CONTINUA -
 Eai princesas gostaram? Aceito críticas, sugestões , elogios rsrsrs Mas agora é serio o que acharam? Espero mesmo que tenha gostado dessa ib, estou muito feliz em escrevê-la. E muito obrigada as leitoras de Marry you, vocês são demais, muito obrigada por todos os elogios. Na verdade, vocês são PERFEITAS! <3333
Até o próximo capítulo.
Me digam o que acharam da ib pelo twitter também > @SexBieberBR

20 comentários:

  1. aaaaaa omg omg que lindo...continua Bjos tata

    ResponderExcluir
  2. AMEI *o* sério, adorei mesmo. To ansiosa pra primeira conversa deles :3 Xoxo.

    ResponderExcluir
  3. Hum ... já to vendo tudo haha ela vai acabar gostando do seu amigo de infância kkk u.u
    muito perfeito continua ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo KKKKKKK , awn continua diwa

      Excluir
  4. a q lindo *---* by: Gih continua logo sua panda

    ResponderExcluir
  5. awwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwn continua vida que perfeito

    ResponderExcluir
  6. Perfeita continua logo

    ResponderExcluir
  7. Seria mas legal se tinvesse o nome ``{Seu nome}´´.ficaria melhor,suas ib´s,são muito mas legais.Parabéns,bjs.
    By:Kristen sOMERHALDER/@Amomeire.

    ResponderExcluir
  8. CONTINUAAAAAA E MT PERFEITO SEU BLOG !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. owwn, que fofo! não gostei desse Andrew, nem pra falar que a ama também, nem deva amar né!
    aaaa Justiin *----*
    contiiiinua, to muito ansiosa s2

    ResponderExcluir
  10. EU NÃO GOSTEI






    EU AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI!! Coontinua, loogo, amooore !!!

    ResponderExcluir
  11. Ameeei continua por favor <3
    @Heloisa_Esteves

    ResponderExcluir
  12. Perfeitoooooo Continuaaa

    ResponderExcluir
  13. Claro que continua! eh pft!

    ResponderExcluir