28 de mar de 2016

Timber- Capítulo 28 ''Explosão''

''A beleza provoca o ladrão mais que o ouro''

  

-Ele é um bom rapaz.-Jim falou quase paternal. 
-Então me ajuda. 
-E por que eu acreditaria em você garota? Que eu saiba Justin e você viviam brigando... 
-Porque estou grávida e vamos nos casar. Eu não quero meu filho sem um pai. 
Ele fechou os olhos e depois abriu me encarando com um expressão estranha. 
-Do que precisa?-ele perguntou.
-Preciso de alguns homens, e alguns carros o resto posso arrumar. 
-Tudo bem, vou dar o que precisa mas espero que Justin nunca se meta em meu território. 
-Ele não vai.-garanti.
Chegar ao galpão com vários carros, armas e homens assustou Dante e Chaz no começo. Tive que explicar como os conseguira e qual era meu plano. 

 Explodir a prisão de Atlanta. 

 Chaz aceitou na hora mas Dante não parecia muito feliz, mas eu não liguei. Afinal, eu sabia muito bem sair de enrascadas como aquela. 

 -Certo...-Chaz abriu seu computador me mostrando a planta da prisão.-Tem que ser uma explosão pequena pois podemos machucar Justin ou causar uma rebelião, a bomba tem que ser no estacionamento ou na entrada. Amanhã. 

 Por um momento Jason passou pela minha cabeça e me lembrei que tinhamos o deixado no Brasil por enquanto. 

 -Ok.-concordei com Chaz.-Vamos colocar essa bomba na entrada. Acho que tem menos câmeras não é? 

 -Vocês piraram né?-Dante me encarou.-Lá é lotado de câmeras! 

 -Relaxa.-Chaz disse.-Vou entrar no sistema deles e posso controlar as câmeras daqui. Congelo as imagens e pronto, entramos com a bomba.  

 -Pra quê todos esses homens?-Dante perguntou.-É só colocar a bomba lá não vamos precisar de todos eles.  

 -Precisamos de proteção enquanto estivermos aqui. Tem o FBI e metade de Atlanta na nossa cola. Não eramos muito amados.-Chaz respondeu por mim. 

 Ele estava certo. Justin conseguiu muitos inimigos pra nós.

 

-Ok.-Dante se deu por vencido.

 Chaz voltou a trabalhar no computador.

 -Assim que eu conseguir eu falo com vocês.-ele avisou deixando obvio que era para não o interrompermos. 

 **



Três hora depois Chaz tinha entrado no sistema. 

 -Qual é o plano então?-Chaz perguntou deixando a planta aberta no computador a nossa frente.  

-Explodir o suficiente para adiarem o julgamento. Essa noite os tiras vão se arrepender de terem cruzado o caminho do meu homem.


 



P.O.V Justin Bieber 


Olhava para o Sol imaginando como devia estar bom do lado de fora. 
As coisas aqui estavam insuportáveis.  
Esses filhas da puta me deixavam sem comida o dia todo. Me davam apenas um pão e água de manhã. 

 -Bieber?-um cara moreno e baixo se aproximou de mim no pátio e se sentou ao meu lado no chão.-Tenho um recado,chefe. 

 Chefe?

 -Recado? De quem? 

 -Dante. Ele pediu pra te dizer que sua namorada perdeu o controle e que se tudo der errado a culpa é dela.  

 -Valeu.-disse assim que ele terminou. 

O cara se levantou e saiu. 

 Eu não sabia quem ele era mas eu tinha aprendido que aqui na prisão não fazemos perguntas. Cada um tinha sua história. Alguns vendem drogas e celulares aqui dentro, outros tentavam fingir que não sabiam de nada. Um passo em falso e alguém podia perder sua família no lado de fora apenas por causa de uma informação. Dante deve ter gente aqui. Informantes. 

 O que ele quis dizer com "Babi perdeu o controle?"
Será que ela esta doente? Perdeu o bebê? Desistiu de mim? Esta vindo atrás de mim?  

 Percebo que para Dante dar uma informação desta para alguém aqui ele deve estar em Atlanta. Oh merda! 

Será que eles estão adiantando o plano? Mas eu não recebi a droga. 

Imerso em meus pensamentos eu percebo o que Dante quis dizer. Babi, como sempre, para tentar salvar todo mundo deve ter mudado os planos.
**
Era tarde. Eu podia ouvir o silêncio e roncos nas outras celas mas eu não conseguia dormir. 

Tudo que se passava na minha cabeça era que Babi podia botar tudo a perder. Depois de muito pensar o sono começa a me invadir mas em uma fração de segundos, eu ouço um estrondo. Eu conheço aquele barulho.

 É uma explosão. 

Explodiram uma bomba.

 Me coloco de pé e me aproximo da grade tentando enxergar. Nada se mexe ali a não ser os presos que começam a gritar e a reclamar. 

A porta principal se abre e policiais começam a entrar e bater nas celas pedindo silêncio. Olho para um deles e decido perguntar o que aconteceu. 

 -Hey você!-chamo um policial magricela que segura um cassetete.-O que aconteceu lá fora?

 Ele me olha. 

 -Explodiram a entrada e o estacionamento. O delegado morreu. Mas fica sossegado Mané, você vai continuar nessa jaula. 

 Explodiram? Será que Babi fez isso? E Chaz? Será que eles pretendem mudar meus planos e me tirar daqui?

Procuro o celular que tenho e quando o pego me encosto na parede procurando o telefone da Babi. Aquilo valia o risco. Ela atende no primeiro toque. 

 -Justin?

 -Eu não tenho muito tempo. O que vocês estão querendo explodindo tudo? Ficou louca!?

 Antes que ela me respondesse ouço minha cela ser aberta. O policial que parece ter uns dois metros de altura me encara e olha o telefone em minhas mãos. 

 
Continua...


Gente finalmente!!!!! Desculpa de verdade toda a demora. Eu estou sem pc mas essa semana estou na casa da minha tia então vou tentar postar pelo menos mais três capítulos de timber pra vcs pq é horrível, eu sei, eu demorar tanto assim :(

Ta pequeno mas eu espero que tenham gostado <333333333333

insta: wtfstha
tt: @WithJustinBr

7 comentários:

  1. nossa estou adorando continua querida s2 também faço imagine se quiser da uma passada lá http://imagine-beliebers-wish-you-were-here.blogspot.com.br/2016/03/total-eclipse-of-heart-episodio-2.html

    ResponderExcluir
  2. Eita merda, oq vai acontecer com o JB '----'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://ficsrn.blogspot.com.br/?m=1

      Excluir
    2. http://ficsrn.blogspot.com.br/?m=1

      Excluir
  3. http://ficsrn.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  4. http://ficsrn.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  5. Manooooooooo continua. Nossa que palhaçada vc parar a ib aqui, Hey, visualiza e continua por favor!!!!!

    ResponderExcluir