30 de abr de 2012

Capítulo 23 ''Forever you'' Tapa.

-É claro que eu vou...
-Eu te amo.
-Eu te amo mais...-ele me puxou pela cintura e me beijou.
-Até amanhã...
-Até amor.-Justin foi embora e eu fechei a porta. Fui pro meu quarto e ...

quando abri a porta dei de cara com a Ellen sentada na minha cama.
-O que você faz aqui ?
-Eu só queria conversar...
-Conversar o que ?
-Sabe papo de mulher...
-Eu não estou intendendo :s
-Eu vi o jeito que você e o Justin tem...digamos que uma intimidade diferente...
-Que ?
-É sabe vocês dois são jovens... se ainda não se relacionaram isso pode acontecer alguma hora...
-Ta, mas porque você quer conversar sobre isso comigo ? O.o
-Porque eu sou a namorada do seu pai amor, logo logo vou me casar com ele e vou ser sua nova mãe.
MÃE ? haha, vamos rir pra não chorar né ...
-Olha, você não é minha mãe, nem nunca vai ser... deu pra intender ?
-Nossa...não precisa ser grossa...
-Grossa ? -ri irônica.
-Ok, vou falar em um tom que talvez você intenda...-ela se levantou e veio até mim.-Eu vou me casar com seu pai, nada vai me impedir... e você queridinha, logo logo vai fazer uma visita de alguns anos em um colégio interno.
-Olha aqui você, quem você pensa que é ? Eu vi o seu jeito...Dando em cima do MEU namorado... eu não sei o que meu pai viu em você mas pode ter certeza que eu vou fazer ele terminar com você...
-HAHA isso é algum tipo de ameaça ?
-Intenda como quizer...
-Bom, se é assim... cuide bem do seu namorado também, quem sabe ele pode te trair ... ele é homem não é ? Tem desejos, tentações...garanto que ele trocaria você rapidinho...-fui até a porta e a abri. QUEM ESSA VADIA PENSA QUE É PRA INVADIR O MEU QUARTO E FICAR COM ESSE PAPINHO DE MADASTRA DA BRANCA DE NEVE ?
-Sai do meu quarto agora !
-Tudo bem, mas não se esqueça que eu só estou querendo o seu bem viu filhinha ? -ela saiu e eu fechei a porta na cara dela.
Então finalmente a ''namorada boazinha'' mostrou as garras ? Eu estava certa, eu sabia que ela era assim, eu sabia!
Troquei de roupa e coloquei o meu pijama, me deitei na cama e coloquei os meus fones...fiquei ouvindo música até dormir...
**

Acordei de manhã.Ainda era bem cedo mas eu queria acordar. Entrei no banheiro e quando sai vesti essa roupa :
                                                         [escolham um ]
Deixei meu cabelo solto e fiz uma maquiagem leve. Fui até a cozinha e meu pai estava lá fazendo o café da manhã.
-Oi pai.-forçei um sorriso.
-Oi filha... acordou cedo eim ?
-É, cade a Ellen ?
-Ta dormindo...
-Otimo. Eu quero conversar sobre ela com você.
-Eu também filha...-ele veio até mim.-Eu sou seu pai mas eu sou homem, preciso de carinho, amor de uma mulher intende ?
-Pai, eu intendo mas a Ellen não é mulher pra você!Ela não é quem você pensa que ela é...
-Como assim filha ?
-Você viu ontem ? Ela derramou calda de chocolate de propósito na blusa, ela tirou a blusa para provocar o Justin... será que o senhor não percebe ?
-Filha, não fale assim da Ellen... ela quer o seu bem...
-ELA QUER O MEU BEM DANDO EM CIMA DO MEU NAMORADO ?
-Filha! Ellen é uma boa pessoa, ela seria incapaz de fazer isso...
-ARAM SEI.. Ontem ela foi no meu quarto , sabe pra que ? Me ameassar ! Ela disse que vai se casar com você, que vai me mandar pra um colégio interno... ela é uma vadia pai! SERÁ QUE SÓ EU PERCEBO ISSO ?-meu pai me olhou, vi a raiva em seus olhos...Senti minha bochecha arder. Coloquei a mão imediatamente.Ele tinha cabado de me bater ? O que esta acontecendo com ele ? Ele nunca havia encostado um dedo em mim, nunca!Senti que meus olhos estavam cheios de lágrimas...
-FILHA...-ele veio até mim e eu me afastei. Sai dali e corri pro meu quarto trancando a porta. Meu próprio pai... me batendo por causa de uma vadia ? Eu não acredito nisso. Deixei que muitas lágrimas caissem... Era como se eu tivesse levado um tiro ou algo assim... Ouvi ele batendo na porta mais não abri. Eu queria sair dali, eu não queria mais ficar ali. Peguei meu celular e disquei o número do Justin...logo ele atendeu.
-Alô ?
-JUSTIN ?! POR FAVOR VEM ME BUCAR POR FAVOR !
-Anne ? Amor ? O que foi ? Onde você ta ?
-Eu te conto depois, por favor eu to em casa... vem me buscar por favor...
-Ta eu já estou chegando...-ele desligou o celular. Fiquei esperando alguns minutos até que ouvi a campanhia tocar. Abri a porta do quarto e desci correndo para que meu pai não tentasse me impedir de sair dali. Quando abri a porta Justin me olhou assustado. Eu não disse nada, peguei na mão dele e o puxei para seu carro. Quando entrei ele entrou também e começou a dirigir.
Eu estava chorando...Justin só me olhava preocupado.
-Anne ? O que aconteceu ?-olhei pra ele , ele estava me olhando tentando forçar um sorriso. Tirei o cabelo que tampava meu rosto mostrando a ele a minha bochecha vermelha. Senti o carro parar na hora.-ANNE ? QUEM FEZ ISSO ?
-Ontem a Ellen me ameaçou...disse que iria me casar com meu pai e que iria me mandar pra um colégio interno... que era pra mim cuidar bem de você porque senão você me trocaria... e eu contei pro meu pai e ele...
-SEU PAI FEZ ISSO COM VOCÊ ?-balançei a cabeça positivamente.-EU NÃO ACREDITO!EU VOU RESOLV...-eu o interrompi.
-Não você não vai fazer nada... ele esta louco pela Ellen... ela não vai te ouvir!
-Eu não acredito que seu pai foi capaz de bater em você...-lágrimas escorreram pelo meu rosto.Senti as mãos do Justin a minha volta.-Amor, não chora por favor ?
-Eu não consigo... meu pai nunca relou um dedo em mim e agora ele ...- eu não conseguia nem terminar a frase.
-Se não fosse seu pai... eu...eu nem sei o que faria com ele por ter te batido!!!
-Justin... eu não quero voltar pra casa... nunca mais...
-Calma amor...-ele afagava meus cabelos.-Eu não vou deixar você voltar, eu vou cuidar de você...-ele beijou minha testa.-Só não chora ta bom ? Dói muito te ver chorar...- respirei fundo e limpei minhas lágrimas...
-Eu vou tentar ...- ele pegou meu rosto com as mãos e me olhou nos olhos.
-Eu quero ver seu sorriso ta meu anjo ? Eu não vou mais deixar ninguém relar um dedo em você, ninguém!-forçei um sorriso.-Já tomou café da manhã ?- balançei a cabeça negativamente...-Então eu vou te levar pra tomar café na minha casa ta bom ?
-Mas sua mãe esta...-ele me interropeu.
-Ela não esta em casa, ela viajou para Atlanta... tinha algumas coisas para resolver lá...
-Então ta...-Justin ligou o carro novamente e dirigiu até sua casa. Fiquei pensando o caminho todo... eu estava muito magoada com meu pai... queria que minha mãe estivesse ali para me abraçar e dizer que tudo ia ficar bem...
Quando Justin parou o carro, um portão se abriu automaticamente. Olhei em volta. Era uma mansão e não uma casa. Justin dirigiu até a garagem e parou o carro , o estacionando. Ele desceu e eu desci também. Demos as mãos e entramos na casa. Era incrível, por um momento pensei que estivesse em um castelo daqueles de históias infantis mas não ,era real. Justin me puxou até a cozinha enquanto eu olhava cada canto da casa por onde passavamos. Quando chegamos na cozinha, Justin me mostrou a pequena mesa e eu me sentei. Ele foi até a geladeira...
-O que quer comer amor ?
-Não sei... - sorri envergonhada.
-Que tal uma omelete com queijo ?
-Pode ser...-ele tirou os ingredientes da geladeira e eu fiquei olhando ele fazer a omelete. Quando ele acabou ele me serviu e serviu ele também. Ele se sentou ao meu lado...
-Prova e vê se você gosta...-assenti. Peguei o garfo e tirei um pedacinho, o comi. Estava maravilhoso.-Gostou ?
-Ta maravilhoso amor...
-Que bom que gostou...come tudo ta ? Quero te ver forte.
-Ta...-continuei comendo. Estava uma delicia mesmo. Quando acabei Justin lavou os pratos. Fomos para a sala e Justin colocou em algum filme... ele se deitou no sofá e eu me dietei ao seu lado. Senti as mãos dele em minha cintura, mas as deixei lá.
Ficamos assistindo o filme por um bom tempo... acabei pegando no sono.
**

Quando acordei, eu estava deitada em  uma cama, sozinha. Olhei em volta e vi quadros com fotos... tinha uma foto minha e do Justin lá. Provavelmente esse era o quarto do Justin. Ouvi um barulho de porta abrindo, olhei pro lado e Justin saiu do banheiro enrolado na toalha.
-Ah acordou meu amor ? Pode dormir mais se quizer...
-Não eu já dormi demais... sua mãe já chegou ?
-Já... ela esta na cozinha...
-Ér, ela sabe que eu to aqui ?
-Sim , e ela deixou você dormir aqui... eu contei pra ela o que aconteceu...
-Ahhh eu não to encomodando né ? Se eu estiver eu vou embora não se preocupa...
-Amor!-ele se sentou ao meu lado na cama.-Você nunca vai me encomodar...  e eu já disse que não vou deixar você ir embora, vou cuidar de você...- o abraçei.
-Você esta sendo tão legal comigo ...-ele me afastou um pouquinho e me olhou.
-Você acha que eu ia deixar de tratar bem a minha futura esposa ?
-Esposa ?
-Sim... você não quer se casar comigo um dia ?
-Claro que eu quero jus...
-Jus...-ele riu.
-Bobo.
-Mas seu.
-Só meu.-ele foi se aproximando de mim, senti a respiração dele em meu rosto. Logo nossos lábios se tocaram, e eu não pude resistir a ele.
Senti as mãos dele me puxando para mais perto, ele quase se deitava na cama. Passei minha mão por todo seu peitoral, até que parei o beijo e ele me olhou sorrindo.
-Te amo.
-Também.
-Também o que ?
-Também te amo!-ri
-Ahhhhhhhhhhhhh!-ele pulou em cima de mim. Fiquei sem ar mas era impossível não rir.
-Justin ! Seu louco o que é isso ?!-ele saiu de cima de mim e me puxou, fui parar em seu colo.
-Eu te fiz rir ! Eu fiz meu anjo rir!
-Ain Meu Deus... sua loucura ta cada dia pior!-ri outra vez.-Você não é normal!
-Eu não sou louco e eu sou normal u_u
-Ata e eu sou casada com o Brad Pitt!
-Boba!-sai do colo dele e me sentei na cama. Ele estava só de toalha, eu havia me esquecido disso.-É melhor você ir se trocar né Justin ? - ele riu.
-Ta... não sai daqui eu já volto...-ele pegou uma roupa em seu guarda roupa e entrou no banheiro. Quando saiu ele estava vestido assim :
 
  
-Vamos pra cozinha amor ?
-Aram...-ele entrelaçou nossos dedos e fomos pra cozinha, Pattie estava fazendo um bolo.
-Oi mãe!-Ela se virou e nos olhou.
-Oi Pattie ...- sorri fraco.
-OIII ANNE!-ela me abraçou. Retribui o abraço.-QUANTO TEMPO !Você ta melhor querida ?
-To sim Pattie, obrigada por perguntar...
-Não precisa agradecer, Justin disse que eu deixei você ficar aqui o tempo que precisar ?
-Sim, muito obrigada.
-Denada... aqui esta cheio de quartos de hospedes, você pode escolher qual você quizer...
-Não vai ser preciso mãe, ela dorme comigo...-corei.
-Justin !
-Mas é sério amor... o que tem demais ?
-Ta, ela pode dormir com você mas é bom que você tenha juízo em Justin !
-É claro que eu tenho...e aliás a senhora esta fazendo bolo ?
-Sim, é de baunilha o seu preferido não é ?
-SIM, valeu mãe...
-Denada, eai querem jantar comigo hoje ? Vi um restaurante lindo aqui perto...
-Eu não sei...não trouxe roupa nenhuma...
-Eu tenho várias vestidos que eu comprei para a prima do Justin, eu ia dar á ela quando voltasse para o Canadá mas você pode ficar com eles...
-Não Pattie, não precisa disso...
-Pelo menos pega um pra você usar hoje... e eu acho que eu tenho sapatos que servem em você...maquigem... não se preocupa tem tudo que você precisa...
-Muito obrigada...
-Minha mãe não é incrível ? - Justin beijou a bochecha dela...
-Esse meu filho é muito bobo!Então vem eu vou te mostrar os vestidos... Justin , fica olhando o bolo no forno OK ? -Pattie nem esperou que Justin respondesse, saiu me puxando até seu quarto.
-Fica avontade...-ela disse quando entramos em seu quarto. Me sentei na cama e ela abriu o seu guarda-roupa tirando os vestidos de la...
-Bom, tem esse,-ela foi colocando tudo do meu lá sobre a cama.-esse, esse,esse, tem mais esse, e esse... Qual você gosta...
-Esse!-eu disse pengando o vestido, era perfeito.
-Otimo, deixa eu ver um sapato que combine...-ela andou até a parte debaixo do seu guarda-roupa e tirou um sapato de lá.-Ta bom esse ? - disse ela me entregendo o sapato.
-Ta perfeito muito obrigada...
-Eu vou deixar com você essa maleta de maquigem...-ela entregou uma pequena maleta de maquigem...
-Nossa, não precisa Pattie...
-Claro que precisa... você tem que estar linda porque provavelmente vai ter fotográfos lá...
-Fotográfos ?
-Sim, você não quer que saibam do namoro seu com o Justin...?
-Eu não queria que soubessem para evitar aqueles tumultos mas esta tudo bem...
-Não é tão ruim, você se acostuma...e agora é só você ir pro quarto do Justin e guardar essa coisas... eu vou voltar pra cozinha antes que o Justin dê um jeito de queimar o bolo!- rimos e saimos do quarto dela. Pattie foi para a cozinha e eu fui guardar aquelas coisas. Eu estava muito feliz ali... era bom ver como Pattie cuidava do Justin. Coloquei tudo em cima da cama e fiquei olhando as fotos do Justin... Haviam várias fotos, tiradas em várias épocas... começei a sentir um vazio. Eu sabia porque... MINHA MÃE. Me sentei na cama, e respirei fundo. Eu não podia chorar , eu tinha que evitar ao máximo isso. Senti algumas lágrimas escorrendo dos meus olhos... passei a mão as limpando, ouvi a porta abrir.
-Amor , você ta demoran...-Justin parou de falar e veio até mim. Ele se agachou de joelhos e olhou nos meu olhos.-Tava chorando ?
-Uhum...
-Por causa do seu pai...-balançei a cabela negativamente.-Por causa de quem então anjo ?
-Minha mãe...
-Vem aqui...-ele estendeu os braços pra mim e eu o abraçei.-Você tem saudades dela não é ? Acho que eu sei como se sente mas não chora...não fica triste... ela esta lá no céu querendo ver o seu sorriso e não ver você chorar...
-Eu sei mais eu sinto falta dela...
-Eu sei que senti...-ele me abraçou mais forte. Ficamos um tempo ali, até que eu parei de chorar.Olhei nos olhos dele e ele me olhava preocupado.
-O que eu posso fazer para diminuir seu sofrimento ? Eu odeio te ver assim... quero te ver feliz...
-Eu não vou mais chorar... vou tentar sorrir...
-Tentar não, conseguir !
-Bobo... vamos descer ? Sua mãe logo vem atrás da gente pra ver porque estamos demorando...
-Quer que eu tranque a porta ? Assim ninguém pode nos atrapalhar...-ele foi devagar e deu um beijo no meu pescoço, eu me arrepiei e bati de leve no braço dele.
-Justin! Meu Deus... claro que não.-me levantei.-Vamos descer ok ?-ele assentiu. Fomos para a cozinha e Pattie cortava o bolo.
-Sentem-se eu vou servir o bolo pra vocês e vocês me digam o que acharam ta ? - assentimos e sentamos. Pattie nos serviu. Justin foi o primeiro a comer... ele fez uma careta, Pattie olhou pra ele indignada...
-Ta com gosto de ... de...To brincando ! Ta perfeito mãe!- comi um pedaço do meu.
-Ta mesmo Pattie...
-Ufa... faz tempo que eu não fazia bolo, achei que tinha perdido a prática...-ela sorriu envergonhada.
-Uma mãe nunca perde as mãos de fada!
-Own meu bebê...- ela bagunçou o cabelo do Justin...
-MÃE!MEU CABELO!-eu e Pattie rimos. Depois que comemos, fomos pro quarto nos arrumar. Eu fui tomar banho... Justin não precisou porque ele já havia tomado. Sai do banheiro só de toalha, Justin estava arrumado assim :

Vi que ele me olhou e eu corei.
-Justin, você vai ter que sair pra mim me trocar...
-Ahh não... deixa eu ficar ?
-FICOU MALUCO ?! CLARO QUE NÃO!
-Poxa :c - ele saiu do quarto com uma carinha triste. Peguei o vestido, coloquei o sapato e me maquiei... deixei o meu cabelo solto como sempre. Em minutos eu já estava pronta :

Quando sai do quarto, fui até a sala...Quando Justin me viu, ele sorriu.
-Ual amor, você ta parecendo uma princesa!
-Não exagera Justin...-ri.Pattie chegou na sala.
-Nossa Anne, você ta parecendo uma princesa!
-Não disse...
-Obrigada.-sorri envergonhada.
-Vamos ? -assentimos. Saimos todos e fomos pro carro do Justin. Indo para o restaurante.


 CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA~


lindas, posteei esse por hj haha, os proximos serão nos outros dias, quero fazer capitulos bem criativos si eu demoro =[ sorry mt obrigda pelooos comentáriooos kkk sou até miss talento OMGGGGG '0' MT OBRIGADA MSM E ADIVINHEEEEEEEEM ? O PROXIMO É HOOOOOOT WOWWW !
Continuo com  4 comentários ...

6 comentários:

  1. nao acredito q o pai dela bateu nela por causa da vadia =.= Xoxo, amor.

    ResponderExcluir
  2. aaafe, eu vou matar a Ellen, que vadia. cooontinua logo (;

    ResponderExcluir
  3. muito lindo *.* continua bj !

    ResponderExcluir
  4. ownt que fofiz super continua muito perfect

    ResponderExcluir
  5. OPA , hot ? eu adorooooooo kkkkk
    CONTINUA ?

    ResponderExcluir