9 de jul de 2012

Imagine Belieber - Part of Your world : Capítulo 21 ''Ryan,Proposta,Confissões,Coisas estranhas...Justin''

Você sabe que eu gosto de você. Eu sempre estarei lá para você. Prometo que eu vou ficar aqui. Eu sei que você também me quer. Baby nós podemos passar por qualquer coisa. Porque tudo vai ficar bem.- Justin Bieber/B.A


-Na casa da minha namorada Jazzy.-ele segurou em minhas mãos.-Ta com medo ? 
-Um pouco, medo de não te ver mais...
-Eu vou cuidar sempre de você e você sabe disso...nem que seja escondido.-a idéia me fez sorrir, me parecia uma boa idéia se eu ficasse de castigo.
-Então é melhor eu ir né ? -abri a porta para sair e ele segurou em minha mão. 
-Nem um beijinho ? -ri e me aproximei selando nossos lábios. 
-Eu te amo.
-Também te amo.
Sai do carro fechando a porta e Justin acelerou o carro desaparecendo na rua. Respirei fundo e abri o portão. Sempre ficava aberto, apenas encostado...mas o motorista do meu pai ficava ali as vezes? Cadê ele ? Andei até a porta de casa. Parei um pouco e respirei fundo. Era agora!
A abri e entrei.



Tudo que vi foi a cara de preocupação dos meus pais, até minha mãe gritar o meu nome e vim me abraçar. Retribui aquele abraço e então ela se afastou e me fitou. Meu pai se aproximou da gente. Sua expressão não era igual a da minha mãe, tinha outra coisa em seu olhar e eu não sabia o que era.
Angelina:Brenda onde você estava filha?! Ficamos preocupados...
Bê:Eu...é...eu estava com o Justin...-meu pai me olhou desconfiado mas ao mesmo tempo vi que sua expressão havia mudado. Ele estava irritado.
Brad:BRENDA É BOM QUE TENHA UMA BOA EXPLICAÇÃO PARA TUDO ISSO. EU E SUA MÃE FICAMOS DOIS DIAS SEM SABER NOTICIAS SUAS,LIGAMOS PARA A POLÍCIA E ELES JÁ COMEÇARAM UMA INVESTIGAÇÃO...ME DÊ UM BOM MOTIVO PARA NÃO TE PROIBIR DE VER AQUELE SEU NAMORADO!
Bê:Não pai por favor...não me proiba de vê-lo...eu conto tudo... mas por favor não me proiba...-eu parecia estar suplicando para que ele não me proibisse, e isso era verdade. O que eu faria sem o Justin?
Brad:Tudo bem.-ele suspirou e foi se sentar no sofá.-Sente e me conte tudo. -Fiz o que ele pediu. Me sentei no sofá de frente pra ele, e minha mãe ficou em pé,olhando pra gente.-E então onde estava ? Porque não nos ligou ? Porque não deu noticias ?
Bê:Eu fui fazer um piquenique com o Justin.-menti.-E, a gasolina do carro acabou e estavamos meio longe da cidade ...depois de andarmos um pouco encontramos um casa e uma senhora deixou agente dormir lá. No outro dia não conseguiamos ligar porque na casa da senhora que nos ajudou não havia telefone e o sinal do celular estava fraco... a sorte foi que o filho dela, veio visita-la e ele nos emprestou um pouco de gasolina hoje cedo...
Tudo bem, essa tinha sido a maior mentira da minha vida.
Brad:Filha...você está me dizendo que estava o tempo todo com seu namorado na casa de uma senhora?
Bê:É...
Brad:E você quer que eu acredite nisso ?
Bê:Quero pai, porque é a verdade...
Brad:Tudo bem então...Já que você não quer me contar a verdade você está de castigo ...
Bê:Mas porque ? Eu disse a verdade. MÃE!-ela me olhou e descruzou os braços.Sua expressão era séria,assim como meu pai.
Angelina:Eu não posso fazer nada filha...eu concordo com seu pai, você tinha que ter nos avisado...e contado a verdade.
Bê:Mas...
Brad:Mas nada Brenda, você sabe a confusão que você causou ? Está em todos os jornais e revistas do mundo que a filha de Brad Pitt e Angelina Jolie foi sequestrada...você acha isso certo ?
Bê:Mas a culpa não é minha. Essas pessoas criam essas noticias não eu!
Brad:Mesmo assim, você está de castigo e proibida de ver esse Justin Bieber!Espero que me obedeça porque sua mãe não pode ficar nervosa e se você desobedecer eu não vou ter outra escolha a não ser te levar para ficar uns tempos com a sua vó em Las Vegas!
Bê:Argh!-sai de lá, batendo os pés muito forte no chão. Eu estava irritada. Tudo bem, ele tinha razão: eu menti. Mas isso não muda o fato de que eles não podem me deixar de castigo porque eles não sabem a verdade!
Entrei no meu quarto e me deitei. Tudo que eu queria fazer era descansar e esquecer daquilo por um tempo. Depois eu verei o que irei fazer...mas agora , o melhor é descansar.
(...)


Quando acordei,havia alguém batendo na porta...e eu não estava a fim de falar com ninguém.
XxxX:Brenda? Por favor...posso entrar ?-era Lucy,nossa empregada.
Bê:Entra.-disse e me sentei na cama,ajeitando meu cabelo. Ela entrou, seu olhar parecia assustado ou algo assim...-O que foi ?
Lucy:Tem um garoto na cozinha...ele disse que precisa te ver...você tem que ir lá por favor...
Bê:Ei calma, porque você está assim,tão nervosa?
Lucy:Ele me ameaçou com uma arma quando eu disse que você estava de castigo...
Bê:Uma arma? Não era o Justin era?
Lucy:Não, seu namorado não me parece que faria isso...
Bê:Meus pais estão em casa?
Lucy:Não, eles foram ao shopping,mas...você não pode sair, está de castigo.
Bê:Fica fria,não vou sair...e fica calma não vai acontecer nada.-ela assentiu e fomos para a cozinha juntas.
Assim que entrei pela porta,senti braços a minha volta,me abraçando.
XxxX:IRMÃOZINHA MAIS LINDA!-aquela era a voz de Ryan. Mas o que ele fazia ali ?
Bê:Ry!-disse quando ele me soltou.-O que faz aqui ?-ele olhou pra lucy e ela estremeceu.-Lucy,você pode nos dar licença?
Lucy:Claro Senhorita...-lucy saiu deixando eu e Ryan, á sós.
Ryan:Essa sua empregada é muito engraçado...-Ryan riu.
Bê:Ela esta com medo de você...
Ryan:Me desculpa ter ameaçado ela com uma arma mas ela não queria deixar eu te ver...
Bê:Tudo bem, mas eai, Justin te mandou?
Ryan:Não, ele nem sabe que eu estou aqui...quero falar com você.
Bê:Pode falar...
Ryan:Podemos dar uma volta por ai ?
Bê:Eu estou de castigo lembra?-ele riu.
Ryan:Uau vai deixar isso te impedir é ?
Bê:Idiota...
Ryan:Voltamos antes dos seus pais chegarem,eu prometo.
Bê:Tudo bem.
Ryan foi na frente e eu o segui. Saimos da minha casa e fomos andando até uma praçinha que havia ali perto. Assim que chegamos,nos sentamos em um banquinho. Ry parecia nervoso...não parava de mecher as mãos um segundo se quer.
Bê:Eai o que quer falar comigo Ry?
Ryan:É sobre...a morte do Phillipe e de você...
Bê:De mim ?
Ryan:Sim,de você. Quando você o viu amarrado eu vi nos seus olhos que aquilo não te abalou muito...você não parecia aquelas garotas que começariam a gritar...
Bê:Talvez porque o Justin estivesse ali...-o interrompi.
Ryan:Mas isso não muda o fato de que você estava ali e não fez nada para ajudar o Phillipe;
Bê:Onde você quer chegar com isso?
Ryan:Eu quero que você perceba o que fez?
Bê:E o que eu fiz?
Ryan:Protegeu o Justin...está protegendo ele agora,não contando o que fizemos...
Bê:Eu nunca trairia a confiança dele...
Ryan:Otimo. Tem uma coisa que eu quero muito te contar...não sei se devo mas eu tenho que te contar.
Bê:O que ?
Ryan:Você promete não contar pro Justin ?
Bê:Ry,eu conto tudo pra ele,não me peça isso...
Ryan:Se você não prometer eu não posso te contar.
Bê:Ta,tudo bem. Eu prometo.
Ryan:Ok...Quando eu estava preso...os capangas de Julie me pegaram...eu fiquei preso em um porão e Jeremy o pai do Justin estava lá. Ele me contou que todo os contatos e tudo que ele sabe sobre armas e tudo que ele conseguiu,seria do Justin se algo acontecesse com ele.
Bê:Mas,quem é Julie?
Ryan:Justin não sabe,mas quem está por trás disto tudo é uma mulher chamada Julie...todos a chamam de ''chefe'' para não descobrirem que é uma mulher,mas Julie é uma das mulheres mais bem pagas por tráfigos de mulheres,drogas e armas de todo o planeta...
Bê:E porque você não contou isso á ele ?
Ryan:Porque o Justin é impulssivo,se eu contar, ele vai colocar todos os caras que ele conhece atrás dela...e ela tem muitos contatos,acabaria comigo e com o Justin e se duvidar até com você.-engoli em seco. Aquilo parecia muito perigoso,mas eu ainda sim , acho que devia contar aquilo ao Justin. Mas eu fiz uma promessa e não posso quebra-la sem mais nem menos.
Bê:E agora?
Ryan:Eu preciso da sua ajuda.
Bê:Minha ajuda?
Ryan:Sim,quero treinar você...para você mostrar ao Justin que pode ajuda-lo a encontrar o pai dele...quero que você se torne uma criminosa.-Olhei pro Ryan,segurando o riso. Eu? Uma criminosa?
Bê:Ryan, você está brincando comigo né ?
Ryan:Eu estou falando sério Brenda. Você logo será a esposa do Justin e...-o interrompi.
Bê:Esposa?
Ryan:Ixi falei demais...
Bê:Pera,agora você continua. Como assim esposa?
Ryan:Depois de tudo isso Justin me contou que vai te pedir em casamento...
Bê:Sé-erio?
Ryan:Sim, dá pra ver na cara dele, que ele te ama...e faria tudo por você.
Bê:Eu também o amo mas não sei se devo fazer isso escondido dele...ele não quer que eu me envolva.
Ryan:Ele não quer que você se envolva porque quer te proteger mas se você souber se proteger assim como a Miley, você conseguirá entrar pra equipe...
Bê:Equipe ? Eu acho tudo isso muito errado. Porque vocês desde o inicio não ligaram pra policia? Eu não intendo...
Ryan:Por causa do Jeremy Brenda...ele é um dos maiores compradores de armas por aqui...está sendo procurado pelo FBI.
Eu:E isso é ruim ?
Ryan:Justin não quer o pai preso,você intende não é ?
Bê:Acho que sim...mas eu não sei...
Ryan:Por favor Brenda, eu posso te treinar...conheço uns amigos que podem me ajudar e a arrumar alguns caras para ajudar o Justin nessa...pessoas de confiança...
Bê:Okay. Se eu aceitar como eu faço para o Justin não saber?
Ryan:Aja norlmamente,só que minta quando ele perguntar algo ou desconfiar...
Bê:Tudo bem, eu aceito...Quando você vai começar a me treinar?
Ryan:Amanhã. Tem um galpão abandonado na rua 13 , você acha que pode ir lá as 3?
Bê:Eu estou de castigo mas minha mãe esta gravando um filme e acho que meu pai irá acompanha-la nos próximos dias então acho que posso ir...
Ryan:Otimo.Agora é melhor eu te acompanhar até em casa.-assenti.
Ryan me acompanhou até em casa e eu entrei sem fazer nenhum barulho. O carro do meu pai não estava ali então ele não havia chegado. Encontrei Lucy na cozinha mas pedi á ela segredo e ela assentiu sem reclamar provavelmente por medo do Ryan.
Fui pro meu quarto e entrei no banheiro para tomar um banho. Eu precisava disso.
Depois que terminei, coloquei essa roupa :
                                                         [ o segundo ou o quarto look]
Deixei o meu cabelo solto para que secasse naturalmente.
Ouvi alguém bater na porta do quarto. Peguei uma revista para que ninguém desconfiasse de nada e me sentei na cama,finjindo estar lendo algo.
Bê: Entre.-dei de ombros. Era meu pai.
Brad:Está tudo bem...
Bê:Aram.
Brad:Posso conversar com você ?
Bê:Pode.
Ele entrou e fechou a porta. Me sentei direito na cama e ele se sentou de frente pra mim.
Brad:Então resolveu me falar o que houve ?
Bê:Não houve nada...
Brad:A lucy me disse que vieram te ver...
TRAIDORA!
Bê:Era o Ryan mas não saimos daqui...
Brad:Ela me disse que você se comportou...esse Ryan é seu amigo ?
Bê:É, ele é um dos melhores amigos do Justin.
Brad:Hm...Você sabe que pode confiar em mim não é ?
Bê:Eu sei pai.
Brad:Eu posso te perguntar uma coisa?
Bê:Pergunte.
Brad:Você está grávida do Justin ?
Bê:O QUE?-minha voz saiu alterada. Como meu pai podia pensar isso de mim, como?!
Brad:Esta Brenda? Por favor, me diz!
Bê:É claro que não. Porque o senhor acha isso ?
Brad:Você estava com ele 2 dias sem dar noticias...eu pensei que estivessem encobrindo isso...eu já fui jovem Brenda,tive essas paixões...sei como o Justin deve se sentir,mas você é minha filha,não vou deixar ele te usar.
Bê:Justin não esta me usando pai, ele me ama.
Brad:E quem garante isso Brenda?
Bê:Ninguém precisa garantir, porque eu confio nele.
Brad:Tudo bem...aaah se você soubesse tudo que sei, você iria larga-lo.
Bê:O que você sabe?
Brad:Não posso dizer...mas você deveria tomar cuidado com o namorado que tem.
Bê:Pai, o senhor está me assustando o que foi ?
Brad:Digamos que agora eu estou envolvido bem mais do que você imagina com seu namorado.
Bê: Pai,do que o senhor está falando ?
Brad:Um dia você saberá Brenda...um dia você saberá. Mas agora, me promete uma coisa?
Bê:Acho que sim...
Brad:Se algo acontecer comigo e sua mãe...você promete que irá procurar sua vó em Las Vegas? Ela sabe de tudo e irá te contar.
Bê:Pai, você está bem ? Está bêbado ? Não está dizendo coisa com coisa pra mim...
Brad:Não estou bêbado, só confuso...Mas não se preocupe, apenas viva sua vida ok ?
Bê:É o que eu estou fazendo...
Brad:Otimo,daqui a pouco o jantar está pronto...você vai jantar ?
Bê:Vou sim pai.-ele se levantou.
Brad:Te espero lá embaixo então...
Ele deu um meio sorriso e saiu do quarto. Otimo, agora sim eu estava mais confusa e curiosa do que nunca. Do que meu pai falava? Eu precisava descobrir isso muito rápido...Ele falava de um jeito que parecia que...estava envolvido no crime também mas meu pai não precisa disso, ele é um bom ator e recebe muitos milhões por isso.
Guardei a revista que estava em cima da cama e procurei meu celular para ligar pro Justin. Se meu pai me visse falando com ele brigaria comigo mas mesmo assim eu precisava ouvir que tudo estava bem.

Brenda OFF| Justin Bieber ON-

JB:Alô?
Bê:Oi amor...tudo bem ?
JB:Brenda!Eu to bem e você?
Bê: Eu to bem amor não precisa se preocupar...
JB: Eu quero muito te ver.
Bê:Eu também mas...estou de castigo.
JB: O que seus pais tiraram de você ?
Bê: Bom...até agora nada mas não posso sair de casa, nem te ver...-o telefone ficou mudo por alguns minutos.-Jus, eu tenho que desligar...vou jantar.
Brenda desligou,sem eu ao menos falar com ela.
Otimo.
Ouvi alguém bater na porta do meu quarto.
JB:Entra!
Era minha mãe.
Pattie: Oi filho...podemos conversar ? -disse ela entrando no quarto e fechando a porta.
JB:Claro mãe...aonde está a Jazzy e o Jaxon ?
Pattie: Eles estáo na sala, assistindo desenho...-ela se sentou na cama, a encarei confuso.
JB: O que a senhora tem ? Parece preocupada...
Pattie: Jazzy me disse que você tem uma arma...
COMO ?
JB: Deve ser brincadeira mãe...-forçei um sorriso.-Ela é uma criança...deve estar imaginando coisas...
Pattie: Eu sei que ela não esta imaginando Justin...Me diz, em que você está envolvido ?
JB:Eu não estou envolvido em nada mãe...
Pattie: Filho não minta pra mim...eu conheço muito bem o seu pai. Ele desapareceu, você começou a sair muito...em que está metido filho ? Me diz,eu preciso saber!
JB:Tudo bem mãe...-me sentei ao lado dela. Do que adianta esconder? Ela realmente deve saber em que o meu pai está envolvido...ela viveu com ele muito tempo não ?-Antes, me diz o que você sabe sobre o papai.
Pattie: Seu pai é um dos maiores compradores de armas...ele é um criminoso e eu me separei dele por isso...
JB:A senhora já sabia disso ? Mas como ? - eu estava surpreso. Como assim ? Ela já sabia ?
Pattie: Eu sei de muitas coisas Justin, eu já estive envolvida nisso mesmo não sabendo...espero que se você estiver envolvido nos negocios do seu pai você me diga.
JB:Eu não estou envolvido em nada disso mãe...e acho que não quero isso mas...meu pai está preso. Preso por gente da pesada...que eu não conheço,mas eles estão me obrigando a fazer coisas...e eu tenho que salva-lo mãe...
Pattie: Que tipo de coisas você tem que fazer ?
JB: Roubar e agora,matar.
Vi o medo nos olhos dela, mas ela não parecia surpresa...era como se ela já soubesse ou algo assim.
Pattie: Eu acho que já sabia disso...
JB:Me desculpa mãe...se eu tivesse outra opição eu não faria essas coisas mas...eu não quero ver ele morto mãe, mesmo ele sendo um criminoso.
Pattie: Você tem que saber de umas coisas filho...
JB:Que coisas ?
Pattie: Seu pai não é o único criminoso da familia...quando ele me disse a verdade, ele me contou de todos da familia dele que são criminosos...O pai do avô dele começou com isso e agora toda a herança é do seu pai...logo tudo isso será seu. Eu não queria concordar mas seu pai me fez prometer,prometer que não te contaria...
JB:Se tudo isso será meu ...porque ele não me disse? Porque deixou vivermos aqui ? Sem luxo,apenas em uma casa normal ? Eu não intendo...
Pattie: Nem tudo na vida é dinheiro Justin,você sabe...Até sua namorada se apaixonou por você pelo que você é e não pelo que você tem. Você sabe que eu te amo filho, e que não quero que você se meta no crime mas...você já se tornou um criminoso e agora não tem mais volta...
Tudo aquilo parecia loucura. Aquela nem parecia minha mãe. Ela estava calma e não dando aqueles ataques que eu pensei que ela daria quando eu contasse isso... Ficamos conversando muito tempo, ela me contou tudo que sabia e eu contei tudo pra ela. Tudo que fiz até agora.
Depois de tudo isso fomos jantar e ficar um pouco com a Jazzy e o Jaxon. Eles ficavam falando toda hora da mãe deles...e eu não tinha coragem de contar o que aconteceu. Quando eu entrei naquela casa e vi , a mãe deles toda ensanguentada no chão eu percebi em que estava metido. Agora não tem mais volta, eu sou um criminoso,assim como meu pai. E eu faria qualquer coisa para ajuda-lo.
**

Depois do jantar,fui pro meu quarto tomar um banho. Quando sai, me vesti assim :

Eu estava preocupado com a Brenda. Precisava vê-la de qualquer jeito.
Eu disse para minha mãe ficar em casa, olhando a Jazzy e o Jaxon enquanto eu ia resolver umas coisas mas a única coisa que eu iria fazer, era ver a Brenda.
Peguei o carro e dirigi até perto da casa de Brenda. Pelo que ela me disse no telefone ela estava proibida de me ver mas isso não me proibia de vê-la,não mesmo.
Quando cheguei perto da casa dela,estacionei o carro perto de uma das casas luxuosas que havia ali. Desci do carro e andei até lá. Eu poderia ser preso se me pegassem mas não. Quando cheguei a casa da Brenda,passei por dentro de um buraco que havia atrás da casa...perto de umas flores. Andei em silêncio e parecia que todos estavam dormindo já. Vi uma janela com a luz acesa.Era a janela do quarto de Brenda, eu tinha certeza.
Subi em uma escadinha que havia ali...era de madeira e um pouco torta mas dava para subir ali. Assim que abri a janela a vi, deitada em sua cama, ouvindo música. Passei uma das pernas para dentro e me apoiei impulsionando o meu corpo pra dentro. Brenda ouviou o baque do meu pulo e me olhou.
JB:Oi amor...
Bê: JUSTIN ?!
JB:Shhhhh...-fui até ela. Ela tirou os fones e jogou em algum lugar o seu celular.
Bê: O que faz aqui ?
JB: Eu precisava te ver.
Bê: Você é maluco.-ela se levantou e veio em minha direção.
JB: É eu sei...-sorri.-Maluco por você.
Bê: Eu te amo.-me aproximei mais dela e selei nossos lábios.
JB:Também te amo.-ela entrelaçou nossos dedos e me puxou até a cama , se sentando e me fazendo sentar de frente pra ela.
Bê: E o que houve com a Jazzy e o Jaxon ?
JB:Minha mãe está olhando eles pra mim...acho que vou ter que cuidar deles...Brenda eu contei tudo pra minha mãe.
Bê: Você contou pra ela? E o que ela disse ?
JB:Ela me contou muitas coisas...e me disse que agora...eu tenho que salvar o meu pai.
Bê: Você disse que é um criminoso ?
JB:Sim...
Bê: Eu ainda não intendo. Ela não brigou com você ?
JB:Minha mãe já sabia de tudo isso amor...meu pai contou tudo a ela.
Bê: E porque não te contaram ?
JB: Porque eles queriam me deixar fora disso ...mas minha mãe se separou do meu pai.
Bê: Eu sinto muito por isso.
JB:Não se preocupa amor...e você como está ?
Bê: Bem.
JB: Seus pais estão dormindo ?
Bê: Sim,eles foram dormir cedo porque eles vão ir pro set de gravação amanhã cedo...minha mãe vai fazer um filme...
JB: Isso é maluco; Você, a filha de duas celebridades famosas namorando um criminoso como eu...
Bê: É isso é maluco...mas eu te amo e isso que importa.
JB: Você mudou muito desde que nos conhecemos...
Bê: Você também...não brigamos mais...
JB:E você não veste coisas rosas e não aje como uma patricinha...
Bê: É eu cansei disso...
JB:Eu também.-ela sorriu de lado.
Bê: Eu posso te perguntar uma coisa?
JB:Claro amor.
Bê: O que você acha deu entrar para o mundo do crime também ?
JB:Brenda por favor...Você não esta pensando nisso não é ?
Bê:Estou.Tenho certeza disso.
JB: QUEM METEU ISSO NA SUA CABEÇA? QUEM ?-explodi. Ela me olhou mas abaixou a cabeça pedindo silêncio em um gesto com as mãos.
Alguém concerteza tinha metido isso na cabeça dela.
Bê: Não foi ninguém... me desculpa.
JB:Tudo bem.- peguei a mão dela e entrelaçei nossos dedos.-Eu não quero você metida nisso...
Bê:Ta,mas agora...-ela mordeu os lábios, com um sorriso malicioso no rosto.-Podemos fazer muitas coisas para matar a saudade não acha?
Assenti indo em direção a dela. Nossos lábios se tocaram e logo, ela estava embaixo de mim, tentando tirar a minha camiseta.

CONTINUA...


OOOOOOOOOOOOOOi beibes, tudo bem ? Esse capitulo ficou horrivel, me desculpem, espero que tenham gostado :/ Muito obrigada pelos comentários. EU AMO VOCÊS OK? OK U_U


     --------------------------------- continuo com 8 comentários---------------------------

10 comentários:

  1. acho q se o Justin descobrir q foi o Ryan q convenceu ela a entrar, vai ter barraco O_O To amando a IB, mor :3 Xoxo.

    ResponderExcluir
  2. PERFEITO,ESPERANDO O PROX. CAP :D

    ResponderExcluir
  3. Continua eu to aqui morrendo esperando I prox cap

    ResponderExcluir
  4. CONTINUA'
    belieber-with-swagg.tumblr.com <---- me sigam

    ResponderExcluir
  5. Leitora nova amor. Ta tudo lindo. Parabéns

    ResponderExcluir
  6. Meu deus do ceu, ta muito bom a sua IB, continua logo muié

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que o Justin não vai gostar nadinha em saber que foi o Ryan que deu a ideia dela entrar na vida do crime.

    ResponderExcluir
  8. horrivel tata? AONDE TA HORRIVEL MENINA??? só nos deixou muito a desejar, só isso! kkkkk. Tata, vc pode divulgar a minha ib? http://somente-ibs.tumblr.com/ eu agradeceria se sim love hehe. Te amo ta ?? ♥

    ResponderExcluir
  9. OMG eu tava das 20:00 da noite ate as 2:15 da manhã só lendo esssa IB eu amei. Espero que poste o mais rapido o possivel. continuaaaaa

    ResponderExcluir