7 de jul de 2012

Capítulo 61 ണarry yഠu ♔ Four months later ...

Vou dedicar esse capítulo a uma pessoa muito importante na minha vida, isso é como um adeus, eu sempre vou te amar bia.
Brigamos por nada [ sim foi nada] estamos desistindo de nós por nada... 
mas eu não quero que isso fique entre a gente, apenas a lembrança de que nossa amizade foi linda. Por favor não guarde magoas de mim e mesmo sabendo que talvez vc não veja isso...espero que me desculpe por tudo que fiz pq eu já te desculpei. A luz da sua estrelinha só vai apagar quando o pôr-do-sol não quizer mais aparecer...você sabe...se é assim, eu não posso fazer nada. Só espero que seja feliz.



Marie A : Vocês parecem a parte que falta um no outro, é incrível!
JB: Eu me sinto assim também.-sorri.
Marie A: Então justin, a entrevista chegou a fim, quer dar algum recado ?
JB:Claro.-olhei para a câmera.-Bom, aqui é o Justin Bieber  e eu estou em um processo novo na minha vida , espero que meus fãs me entendam e eu amo muito vocês!
Ouvi o cara dizer ''Corta'' e me relaxei no sofá.
-Justin, telefone pra você!-disse Scoot, me levantei e peguei o celular na  mão dele.
-Alô ?
-Justin ? - a voz de Jenny parecia fraca.
-Amor, o que houve ?
-Estou indo pro hospital central você pode ir também ? Mas não se preocupe, não é nada grave...-assim que ela disse iso, sai de la em disparada, vi que todos me olham mas o que eu podia fazer ? Minha Jenny estava mal. 



Justin Bieber OFF | Jenny ON ~

-Mãe eu to bem, já disse!
-Olha aqui Jeniffer Conti não teima comigo ok ? Eu sou sua mãe.-revirei os olhos. Era só o que me faltava. O médico já tinha feito de tudo em mim, até aquele exame de sangue que eu odeio. Tudo bem que eu senti dores fortes em minha barriga mas o próprio médico disse que não foi nada não é ? Ele só disse que se eu pudesse eu podia ficar ali em observação mas é claro que eu não podia porque afinal, minha cama é muito melhor que uma maca né ?
-Mãe, eu não to teimando e não vou ficar aqui!-coloquei meu pé fora na maca e minha mãe me impediu de levantar.
-Filha...MEU DEUS EU VOU CHAMAR SEU PAI!-ri. A cara dela tinha sido muito engraçada,ainda mais o jeito que ela falou.
-Ta mãe...eu vou ficar aqui mas só até o Justin chegar...-quando ela ia falar algo ouvi a voz de quem eu mais queria ouvir, do Justin.
-Amor ? -olhei pro lado e ele me olhava peocupado. Ele correu até mim. O abraçei com toda força que pude.-O que houve ? O que aconteceu ? -disse ele me afastando. Olhei em seus olhos, tudo que eu queria ele sair dali e ficar com ele só isso.
-Eu to bem.-vi minha mãe revirar os olhos.
-Não filha você não ta bem! Justin ela teve umas dores fortes na barriga, não conseguia nem respirar direito e eu e meu marido a trouxemos pra cá.
-O médico já atendeu ela ?
-Sim, ele disse que é pra ela ficar aqui em observação.
-MÃE!-ela me fuzilou com os olhos.
-Filha, eu vou procurar seu pai para irmos ok ? Você vai ficar aqui.
-Não mãe eu...-ela me interrompeu.
-Justin você pode ficar com ela por favor ?
-Claro sogrinha, pode ir sussegada.-ela sorriu e foi procurar o meu pai pra fora daquele quarto apertado.
Otimo.
-Justin eu não quero ficar num hospital...-fiz biquinho,ele riu.
-Amor, é pro seu bem.
-Mas eu odeio hospital, e vou ficar sozinha aqui...eu não quero isso.
-Você não vai ficar sozinha porque eu vou ficar aqui com você.
-Não Justin, eu já atrapalhei sua entrevista... eu não vou atrapa...-ele me interrompeu.
-Amor, você não atrapalhou. Quando você ligou eu já tinha acabado e amanhã eu não tenho nada agendado então vou ficar aqui com você e amanhã vou ficar com você o dia todo e por favor, não faz birra, sua mãe está preocupada com você...
-Eu não to fazendo birra Justin.-ele sorriu e se sentou naquela maca comigo.
-Tudo bem, me desculpa ta ?
-Eu não sei.
Ele se aproximou e me deu um selinho.
-Me desculpa agora ?
-Acho que estou quase...-ele me puxou e me beijou. Um beijo de verdade. Ele parou nosso beijo com selinhos...
-To desculpado ?
-Está.-ele riu.
-Então porque você não deita.-ele se levantou ficando de frente pra mim.-E descansa ? Você tem que descansar pra amanhã...an agente ficar só nós dois que tal ?
-Nós dois ? -sorri. Aquilo parecia perfeito.
-Sim, só nós dois.
-Okay, mas você vai ficar aqui ?
-Sim, eu não vou sair daqui.-ele segurou em minha mão. Aquilo fez eu me sentir segura. Me deitei naquela maca e fiquei olhando pra ele.
-Como foi sua entrevista ?
-Foi ótima...eu falei de tudo e espero que não fique chatiada comigo...
-De tudo tipo o que ?
-Sua gravidez e nosso casamento...
-Ahh tudo bem, uma hora eles iriam saber mesmo.-dei de ombros.
-Agora as coisas vão ficar complicadas...
-Até imagino, me desculpa,acho que a culpa é um pouco minha tudo isso...
-Culpa ? Ninguém tem culpa amor. Você está me dando os melhores presentes que eu poderia querer... Um filho e você pra sempre. Por mais que a imprensa vá querer fotos nossos o tempo todo agora, eu não me importo nem um pouco desde que você esteja comigo.
-Eu te amo tanto Jus...-ele se inclinou e me deu um selinho.
-Também te amo princesa.Agora descansa...Boa noite.
-Boa noite.-entrelaçei mais nossas mãos e fechei meus olhos. Acho que eu devia descansar como ele disse. Minhas dores não eram tão fortes mais eu ainda sentia um grande disconforto então , talvez descansando tudo pudesse estar melhor amanhã.
(...)

-Amor ? - a voz daquele anjo me acordou.
-Eu to sonhando? -perguntei abrindo os olhos, ele abriu o melhor sorriso que ele poderia me dar.
-Não Jenny , não esta sonhando...-sorri.
-Bom dia.
-Bom dia, está pronta pra ir ? O médico te deu alta. Ele me deu algumas recomendações...
-Esses médicos com suas recomendações...-ironizei.-Estou mais do que pronta.-me levantei e ele sorriu.
-Otimo então vamos ?
-Claro, eu só vou dar um jeito no me cabelo ta ? -ele assentiu. Me levantei e fui pro banheiro. Fiquei em frente ao espelho e arrumei meu cabelo todo bagunçado...realmente estava uma droga. Quando terminei voltei pro quarto e Justin estava usando um oculos escuros...
-Já podemos ir amor ? -ele tirou o oculos e veio em minha direção.
-Coloca esse oculos amor...-disse ele me entregando o oculos que ele usava. Fiz o que ele pediu.
-Tem paparazzis lá embaixo ?
-Sim, muitos e o Kenny está em uma engarrafamento aqui perto, ele não vai chegar a tempo...não se preocupe, eles não vai ficar muito em cima...eu acho...
-Bom,é melhor irmos então.
Justin me deu a mão e saimos do quarto.
Assim que abrimos a grande porta do hospital, eu pude ver o grande número de paparazzis que estavam ali.
-Não solta de mim ok ? -assenti e segurei sua mão firme. Justin colocou seu braço em volta do meu pescoço e fomos no meio daqueles paparazzis.
Aquilo parecia mais um formigueiro ... eu mal conseguia respirar. Senti tantos fleshes em meus olhos que só não fiquei cega por causa dos oculos que Justin me dera pra usar. Enfim, conseguimos entrar no carro de Justin.
Justin acelerou e saiu dali o mais rápido que ele pode.
**

-Estamos no seu hotel ? -perguntei, olhando pra fora do carro.
-Sim,eu liguei pra sua mãe porque...tenho uma surpresa pra hoje a noite.
-Surpresa ? -ele sorriu e estacionou o carro.
-Sim,uma surpresa mas vamos entrar não é ? Devem ter fotográfos por ai...-assenti. Saimos do carro e logo o manobrista entrou no carro de Justin e estacionou em um outro lugar. Entramos no hotel e Justin pediu a chave para a recepicionista. Fazia muito tempo que eu não ia no hotel em que ele estava hospedado...acho que eu até estava com saudade daquele lugar.
Assim que chegamos no quarto, Justin tacou as chaves do quarto em cima da mesinha que ficava perto da porta e parou me olhando. Eu dava sorrisos e ele me olhava quase como se estivesse corando,era uma coisa constrangedora quase como se...não nos conhessessemos e aquele fosse o nosso primeiro encontro.
-Então,ér...fica avontade amor.-ele deu um sorriso torto e se sentou na cama.
-Isso está muito engraçado Jus...-me aproximei mais dele e por fim acabei sentando ao seu lado na cama.
-O que ?
-Agente...parece que não sabemos com agir...ou algo assim.
-Bom,pra falar a verdade eu não sei...
-Não sabe ?
-É...sabe, eu não sei o que está havendo mais estou vendo você de uma outra forma agora.
- Como assim ?
-Antes eu te via como minha namorada,uma garota meiga...de um sorriso lindo mas agora eu te vejo como minha futura esposa, minha vida, meu amor...a mulher com quem eu vou passar o resto da vida...isso é estranho.
-É,pensando por esse lado, você também mudou pra mim ...
-Mudei ?
-Aram, você está mais maduro...você está mais Justin.
-Mais ''Justin'' ?
-Eu não sei te explicar Justin, eu falo coisas que até a ciência dúvida!-ele riu.-Se bem que...não é verdade, porque...diabos a ciência duviraria de algo que eu dissesse...porque se...-ele me interrompeu com um beijo.
Seus lábios dançavam sobre o meu...até que sua lingua pediu passagem em minha boca e eu cedi. Tudo que eu sentia ali, era amor....amor e mais nada. Paramos pela falta de ar.
-Você fica linda quando começa a falar...
-Me desculpa.-sorri envergonhada.-Eu não costumo pensar alto mas acho que essa gravidez está mexendo comigo...é muito ruim dizer isso mas acho que essa gravidez está me deixando um pouco mais velha.
-Eu gosto de te ver assim...
-Assim como ?
-Assim como se não estivesse sendo você e sim outra intende ?
-Acho que não...Será que essa gravidez está mexendo com você também ?-ele riu.
-Pode até ser mas eu fico feliz em saber que existe algo meu aqui...-ele colocou a mão por baixa da minha blusa,acariciando minha barriga. Sua mão estava fria e por isso fiquei arrepiada,mas logo se esquentou com seus movimentos...Me deitei na cama e Justin se apoiou com o cotovelo na cama. Senti ele levantar um pouco minha blusa e fitar a minha barriga. Em seguida se deitou em cima dela, tomando cuidado para não deixar o seu peso em cima de mim. Fiquei em silêncio , imaginando o que ele estaria pensando até que ele começou a falar.
-Oi filhão! Tudo bem ? Você ainda não pode me responder não é ?
-Justin ? - perguntei confusa. Ele falava com a minha barriga ?
-Shhh amor,senão nosso filho não houve.
-Tudo bem...-sorri de lado.
-Então filhão...aqui é o papai e eu vou fazer de tudo para te fazer a criança mais feliz do mundo. Sabe, eu sou famoso aqui e ganho bastante dinheiro sabe o que isso quer dizer pra você ? Que vou sempre te dar o que quizer...Sempre vou te dar tudo que eu não tive um dia...
Aquilo me fez lembrar da história que li um dia sobre ele; Ele era apenas um garoto com um sonho, não tinha dinheiro para comprar quase nada...mal podia ir em um restaurante com sua mãe e aquilo me fazia intender o porque Justin era tão caridoso e sempre dava muitos presentes as pessoas...Nós nunca falamos sobre isso, mas isso me fazia ama-lo mais. Ama-lo por sua força e sua fé.
-Bom,-ele continuou.-e se você ao invéz de meu filhão for minha princesinha,saiba que eu também te darei tudo. E nunca deixarei nenhum menino tocar em você, não mesmo.-Aquilo me fez sorrir.-Não pense que eu vou ser um pai chato, que vai ficar no seu pé mas assim como eu, quero que você encontre o seu verdadeiro amor. Assim como eu encontrei a sua mãe.-ele se sentou na cama e me olhou.
-Eu tenho certeza que indenpendente se nosso bebê for menina ou menino, ele vai amar você.
-Eles também vão te amar amor... você vai ser a mãe mais linda do mundo pra eles.
-É o que eu espero...
Justin voltou a deitar sua cabeça em minha barriga e ficou ali , desta vez apenas ouvindo algo... ele ria quando dizia que tinha ouvido nosso filho mas eu disse que não era ele e sim os barulhos estranhos que fazemos por dentro do nosso corpo...e isso era facilmente ouvido por quem deitasse a cabeça em nossa barriga e prestasse muita atenção. Depois daquele momento digamos que....''paternal'' Justin colocou um filme para assistirmos. Ficamos ali vendo ''O morro dos ventos Uivantes'' até anoitecer... Tudo bem, que era um clássico da literatura e outras coisas mais...mas acho que eu não queria estar na pele de nenhum personagem, as coisas eram tão...''frias e sombrias''...acho que eu preferia o meu próprio romance.
**
Por termos ficado ali, estava meio sonolenta mas Justin logo me acordou assim que me disse que tinha algo pra mim. Fiquei sentada na cama,enquanto ele saiu do quarto todo feliz.
Quando ele voltou ele carregava uma caixa um pouco grande, que estava envolvida com uma fita de setim vermelha.
-Justin o que é isso ? -falei muito curiosa. Tudo bem que eu odiava presentes mas eu  estava feliz e talvez agora, eu estivesse gostando de receber presentes.
-Isso é pra você.-ele me entregou a caixa.-Abre amor.
Desfiz o laço e abri a caixa. Havia um vestido ali. O peguei na mão e o olhei. Era incrivelmente lindo e vermelho. Havia algumas pedrinhas nas mangas...e pelo tamanho ficaria bem justo em meu corpo.
-É lindo Justin, lindo!
-Uau eu achei que você não aceitaria...você odeia que eu te dê presentes...
-Digamos que este eu aceito.-ele riu.
-Tudo bem, eu não vou implicar com isso... Bom, que tal agoa você se arrumar pra mim e colocar esse vestido ?
-Me arrumar pra você ? - minha voz saiu mais do que maliciosa, ele riu.
-Sim,eu quero te levar em um lugar especial...acho que vai gostar.
-Okay,vou tomar um banho então e me arrumo rapidinho ta?-ele me deu um selinho.
-Não tenha pressa amor.
Corri pro banheiro,quase saltitando. Nem eu sabia o que eu tinha só que eu estava feliz em sair com o Justin,fazia tempo que não saiamos assim, eu e ele... bom,devia fazer não é ? Eu nem me lembro da última vez. Fechei a porta do banheiro tirando minha roupa as pressas e abri o chuveiro. Deixei aquela água quentinha cair em meu corpo me fazendo relaxar.
(...)

Quando acabei o banho,sai do banheiro enrolada em uma toalha. Justin não estava no quarto. Peguei o meu vestido que eu havia deixado em cima da cama e o coloquei. Havia ficado lindo em meu corpo...me olhei no espelho. Eu estava an...sexy.
Depois que ficar me olhando no espelho, decidi arrumar meu cabelo porque Justin podia voltar a qualquer minuto e eu não queria que ele me visse sem estar arrumada. Fiz uma escova no cabelo , fazendo pequenos cachos na ponta. Eles ficaram meio largos porque Justin não tinha babyliss ali. Quando acabei, fiz uma maquiagem leve com umas maquiagens que eu havia deixado ali, das noites que dormi ali com o Justin. Quando acabei coloquei meu sapato e meu colar que eu estava vestindo. Me sentei na cama para esperar o Justin e não demorou muito e ele estava de volta só que totalmente arrumado e incrívelmente lindo. Ele usava um terno ''ala Justin'' com um supra branco. Ele estava realmente muito lindo e quando me viu, sua boca abriu em um *0* perfeito.
-Amor, você está....maravilhosa.
-Você também Jus...estava aonde?
-No quarto do Alfredo, ele tinha pegado meu casado emprestado e não devolveu. O carro está nos esperando...vamos ?
-Claro.
Justin passou o braço em volta da minha cintura e descemos até a recepição. Quando saimos do hotel, um carro nos esperava.
Assim que entramos Justin deu instruções ao motorista para nos levar até um restaurante  e pelo nome dificil parecia ser muito chique.
**

O carro estacionou na entrada e logo um rapaz veio em minha direção e abriu a porta pra mim. Justin saiu pelo outro lado e logo senti suas mãos em volta da minha cintura, fitando o rapaz que estava paralizado ao me ver.
-Rapaz?-ele saiu do transe e fitou o Justin envergonhado.
-Me desculpe...ér seja bem vindo senhor e senhora Bieber. A mesa de vocês é a terceira perto do aquario.
Senhora Bieber ?
-Obrigada. Vamos amor.-Justin me deu a mão e entramos no restaurante. Ele era muito luxuoso. Tudo parecia brilhar lá dentro...Justin nunca havia me levado em um lugar assim.
Quando encontramos nossa mesa, um garçom trouxe o ''menu'' e eu não inteferi quando Justin se oferceu para pedir pra mim. A maioria das comidas ali eram italianas ou francesas e eu não tinha idéia do que eram.
---
Quando o garçom voltou com nossas comidas, eu e Justin estavamos conversando sobre tudo. Até sobre o primeiro dia em que nos esbarramos na pista de patinação. Eu amava cada lembrança que tinha do Justin. O garçom nos serviu e se retirou. Depois que comemos, um rapaz, parecendo ser o gerente dali veio nos avisar que haviam fãs lá fora e que precisariamos sair pelos fundos. Aquilo poderia ter estragado nossa noite mas não, acho que mesmo assim tinha sido perfeita. Justin e eu haviamos conversado sobre tudo,e tinhamos nos conhecido ainda mais. Cada coisa nova que eu descobria sobre ele, só me mostrava o quanto eu estava certa em querer ele ao meu lado pra sempre.
Saimos do restaurante pelo fundo, onde o carro nos esperava.

Quando chegamos no hotel, subimos até o quarto e Justin tacou  achave em qualquer canto ... Tudo que ouvi foi o baque da chave no chão até ele me beijar.
Suas mãos se prenderam em minha cintura e foram me conduzindo até a cama, tudo que eu queria era ele... Seu perfume doce invadiu minhas narinas me fazendo quase enlouquecer de desejo. Nos deitamos na cama e eu rapidamente me apressei em tirar o ''casaco'' que Justin usava. Suas mãos me precionavam contra ele, enquanto ele me beijava. Estavamos quase sem folêgo mas isso não era suficiente para que parassemos o beijo.
Senti as mãos dele em minha bunda e ele a apertou me fazendo arfar. Coloquei minha mão em sua camisa e quando estava tentando tira-la Justin se afastou de mim.
-Me desculpa mas eu não posso...-ele se levantou e eu o olhei surpresa.
É CLARO QUE ELE PODE. ELE PODE FAZER O QUE QUIZER COMIGO, SÓ NÃO PODE ME DEIXAR DESEJANDO ELE MAIS DO QUE NUNCA E SE AFASTAR ASSIM. 
Me levantei e andei até ele. Justin estava indo em direção ao banheiro...
-Amor?-ele me olhou.
-O que foi ?
-Porque se afastou ? Porque não pode transar comigo ?-ele suspirou. Me parecia ter escondido algo.-Me diz por favor...
-É que...uma das recomendações do médico foi essa.
-Como assim ? -aquilo tinha me pego de surpresa.
-Não podemos transar pelo menos nos próximos 4 meses...sua gravidez está no inicio e eu posso machucar você e o nosso filho...
Caminhei até a cama e me sentei. Isso tinha sido demais pra mim. Porque eu não podia fazer isso? Eu não via problema nenhum e daqui a cinco meses eu vou estar muito gorda...e Justin mal vai querer chegar perto de mim...muito menos transar comigo...eu tinha que aproveitar agora não é ?
Ele pareceu perceber a minha decepção e se sentou ao me lado.
-Sinto muito...
-Isso vai ser uma tortura.
-Mas , pensa pelo lado bom...podemos fazer mais coisas juntos sem ser isso e ...podemos ficar mais juntos de outras formas.
-É...
-Não fica assim, você sabe que isso dói em mim...Não poder ter você e te fazer feliz desse jeito,mas eu posso te fazer feliz de outras formas...
-Tudo bem...acho que dá pra aguentar.
-É,mas bem que você poderia tirar esse vestido para me ajudar né ? Está muito dificil me controlar com você tão sexy assim...
-Bobo...se você quizer pode tirar ele de mim ?-ele riu.
-Eu vou tomar banho,antes que você me seduza porque eu não quero que isso aconteça....
-Vai lá.-Justin se levantou e entrou no banheiro. Seu banho não demorou nem 5 minutos. Ele saiu, vestiu sua box e deitou.
Entrei no banheiro e apenas troquei de roupa. Tirei minha maquiagem e deitei na cama...eu estava cansada e se tomasse banho iria ficar totalmente sem sono.
Justin dormia como um anjinho...me deitei ao lado dele e abraçei sua cintura.
-Boa noite amor...-sussurrei e em seguida fechei os olhos para dormir também.
(...)

4 MESES DEPOIS \O/

Bieber Fever. Só podia ser isso que eu tinha. Era a décima vez em que eu estava ouvindo One time...Justin estava do meu lado mexendo no computador. Normalmente ele ficava no computador por alguns minutos mas agora, como ele estava cuidando de mim, ele não tinha nada agendado e ele ficava horas no twitter para manter contato com os fãs. Durante esses 4 meses muitas coisas aconteceram. Pattie e minha mãe se ofereceram para decoração a minha futura casa com o Justin e a decoração já estava na metade. Minha barriga,obviamente,havia crescido bastante e o que era ''rumor'' pela midia, foi confirmado pelas fotos de que paparazzis tiraram de mim.
Justin havia ganhado muitos prémios mesmo estando meio de ''folga'' de tudo isso. Eu estava bem melhor e não corria mais risco de perder o meu bebê. Nosso casamento ainda não tinha data marcada mas provavelmente seria nos próssimos meses...Eu recebi 5 convites para fazer ensaios fotográficos para revistas de todos os lugares de Nova Iorque mas não aceitei nenhum porque Scoot e meu pai acharam que não era certo então eu confiei neles;
Justin, ultimamente tem estava mais animado com a noticia de ser pai. Antes ele só estava feliz mas agora ele age de algumas formas que parece que ele tem medo que algo aconteça comigo ou com o nosso filho.
----
- O que você está ouvindo ? - a voz do Justin me despertou dos meus pensamentos. Ele tirou um foninho da minha orelha e colocou para ouvir o que eu etsva ouvindo.-One time ? Você gosta ?
-Acho que peguei a Bieber Fever... -ele riu.
- Isso é otimo.
-E você o que está fazendo ai nesse computador ?
-Estou no twitter, seguindo algumas beliebers e falando com algumas...e o mais incrível é que eu respondo um ''obrigado'' e elas quase morrem...é por isso que eu estou tentando responder muitas hoje.
-Essas meninas que você respondeu devem estar muito felizes.
-Alguém bateu na porta-
-Eu vou atender.-Justin se levantou e foi atender. Assim que ele abriu vi Scoot. Sabe, ele era um cara legal e ás vezes eu sentia que ele via o Justin como um filho...era estranho, mas ele olhava para um Justin com olhos de orgulho e dava para entender porque.-Entra Scoot!
-Não estou atrapalhando em nada não é ?
-Claro que não!-disse e me levantei, ele sorriu pra mim.
-Tudo bem então er...eu tenho uma notícia pra vocês dois.
-Que notícia ?
-Vocês dois tem uma entrevista daqui 2 horas em um programa de Tv ao vivo!
-Sé-ério?- eu não costumava participar das entrevistas e nos últimos meses Justin também não queria participar de nenhuma e era o melhor a se fazer.
-Mas Scoot, você não disse que era melhor não dar nenhuma entrevista...
-Mas já está na hora de vocês dois darem uma entrevista sobre tudo...suas fãs querem saber Justin e o dinheiro do cache vai ser doado para uma instiuição de caridade.-Justin suspirou.
-Tudo bem então eu estou dentro...
-E você Jenny ?
-Bom, eu também.
-Otimo, então se arrumem e eu encontro vocês dois daqui meia-hora na recepção ok ?-assentimos.
Scoot saiu do quarto e fomos nos arrumar. Tomei um banho primeiro e depois que sai, coloquei essa roupa :

Arrumei meu cabelo enquanto Justin tomava banho. Fiz uma maquiagem leve e deixei meu cabelo solto.
Justin saiu do banheiro e se arrumou assim :
                                                        [sem o negocio do rosto kk]
Ele secou o cabelo e já estava pronto! Ele sempre se arrumava mais rápido do que eu.
Fomos para recepição e Scoot e Alfredo nos esperavam. Fomos até um carro e partimos para a tal emissora de Tv que iria nos entrevistar.
**

Assim que chegamos,podemos ouvir a gritaria de algumas fãs do Justin que estavam lá. Scoot foi o caminho todo dando suas recomendações e disse tudo que não deviamos falar para não causar problemas para o Justin.
Depois de alguns minutos tentando entrar na emissora de Tv,seguranças abriram o caminho e entramos. Logo que descemos do carro uma assistente do programa veio nos receber e nos levar até o camarim. Lá um maquiador retocou minha maquiagem e um rapaz colocou aqueles microfones em mim e no Justin. Fomos com Scoot até atrás do palco e esperamos a apresentadora nos chamar, o nome dela era Julie.
Quando ela nos chamou,meu coração quase saiu pela boca. Justin entrelaçou nossos dedos e entramos.
A gritaria era imensa. E todos aqueles gritos eram para o Justin, havia muitas beliebers lá.
Fomos até onde a apresentadora que estava pedindo silêncio para a platéia com um olhar amigável. Nos sentamos em um sofá que tinha naquele palco e ela se sentou ao nosso lado.
Quando todos os gritos estavam contidos, ela nos olhou com um sorriso.
Entrevs: Minha nossa, isso é uma loucura!-sorrimos.-Como vão ?
Jenny:Estamos bem.
Entrevs: É uma honra receber vocês dois aqui.
JB: A honra é toda nossa.
Entrevs: Bom, hoje vamos fazer perguntas sobre o relacionamento de vocês e a vida que vocês levam fora de todas as câmeras e grandes multidões... -assentimos, Justin apertou mais minha mão contra a dele.-Vocês estão sendo considerados por várias revistas como o casal teen mais jovem prestes a se casar... Jenny tem 17 anos, e você Justin tem 18...ambos fizeram aniversário no mesmo mês esse ano o que vocês veem sobre isso ? Vocês acham que o fato de serem jovens e estarem prestes a se casar gera muito preconceito ?
JB: Concerteza. As pessoas tem esse preconceito por sermos jovens e a maioria nos chama de imaturos por jenny estar grávida, mas esses tipos de coisa acontecem...não combinamos nada disso, mas somos maduros o bastante para termos nossa família...Vai ser díficil mas eu amo muito a Jenny e vamos conseguir!
Entrevs: Bom, vocês ficaram noivos depois da noticia de que Jenny estaria grávida, você achou que devia se casar com ela por ela estar grávida ou por outro motivo ?
JB:Jenny é a garota que eu amo, eu não acho que vou amar mais alguém e eu a pedi em casamento não só por estar esperando um filho meu, mas também porque eu a amo e quero muito estar ao lado dela.
Entrevs: Como você resumiria a Jenny em uma palavra ?
JB:An...Perfeita ? É, essa é a palavra.
Entrevs: Você,bom, como qualquer garoto, já deve ter olhado para outras garotas... mas você já olhou para outras garotas mesmo estando com a jenny ?
JB:Olhar ou olhar com segundas intenções?
Entrevs: Com segundas intenções...
JB: ...

CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA \O/

O CAPÍTULO MAIS ESPERADO NÃO ? KKKK ME DESCULPEM PELA DEMORA. EU TIVE QUE REESCREVER ESSE CAPÍTULO 3 VEZES PORQUE DEU PROBLEMA NO PROGRAMA QUE EU ESCREVO. MUITO OBRIGADA POR QUEM ESPEROU.
Agora já se passaram 4 meses, muitas coisas vão acontecer, espero que tenham gostado. EU AMO ESCREVER ESSA IB PRA VOCÊS. Se vocês acharem que devo mudar algo é ó me dizerem ok? Aceito criticas,sugestões e tudo que quizerem, muito obrigada por tudo, eu amo vocês.


ME SIGAM NO TWITTER ?SIGO TODOS DE VOLTA! @SexBieberBR
bom,quando vcs quizerem comentar essa ib pelo twitter , usem a tag #imaginemarryu OU se quizerem comentar o blog todo usem a tag #ibshawtymane :) mt obrigada!!!!


     --------------------------CONTINUO COM 15 COMENTÁRIOS -----------------------------------

16 comentários:

  1. Ae ja to akieeeeee *-*

    ResponderExcluir
  2. CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA AMOREEEEEE

    ResponderExcluir
  3. coontinuua perfeita pqp ! @iDoritosJBiebs

    ResponderExcluir
  4. q feio a entrevistadora querendo botar lenha na fogueira =.= kkkkkkk To muito ansiosa pra parte q ela ganha o neném, mas acho q vai demorar ainda kkkkkkk Xoxo :3

    ResponderExcluir
  5. Iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii ja ate vi kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk' continuaaa ta perfeito kkkk' tadinha da jenny kkkkkkkkkkkkkkk' continua??

    ResponderExcluir
  6. Hey baby, sou leitora nova aqui o/ posta logo tah flor?!
    aah e se puder divulgar o Blog ficarei feliz >.<
    ~~> http://apenasumabelieberbelieve.blogspot.com.br/ divulga? Bjinhos linda
    Júuh ~~> http://apenasumabelieberbelieve.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Omggg que perfeição eh essa, continua
    Leitora nova bj

    ResponderExcluir
  8. NÉ ESSA APRESENTADORA KERENDO PROVOCA --'

    ResponderExcluir
  9. ooi adorei a sua historia,mas pra você se sentir mais segura tem um site que eu mesmo tenho uma conta,que é o Nyah,nao sei se vc ja ouviu falar mas la vc faz uma conta e posta suas historias,aliás eu tenho uma conta laa é muito legal é só vc se cadastrar. AAH não precisa se preocupar se quiser procura no google que é bem seguro.Dá pra ler a Fic de outras pessoas é bem legal só...confere para vc vê. BEEIJOOS CONTINUA,POR QE TA UM BABADO.....O LINK DO SITE: https://www.fanfiction.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Maravilhosa. Não existe outra palavra para descrever essa imagine. Eu leio todas as suas IBS, mas essa sem sombra de dúvidas é a melhor. Beijoooos '-'

    ResponderExcluir
  11. aa vei, tomara q vc possa postar mais rapido, pq ta mt perfeitaaa!

    ResponderExcluir
  12. èe posta logo pfffffffff

    ResponderExcluir
  13. coontinua né Deus KKK óoia vo confesaar , comecei a lêr sua #IB ontem deeeeesde o começo e achei ela meio SEM AÇÃO , mais ai...HOJE EU CHOREI COM ELA MNW KKKK EU ME DEBULHEI COM SUA #IB KKK TÁ MT PERFEEITA SZ COONTINUUUUA PELO AMOR DE DEUS ^^

    ResponderExcluir