25 de ago de 2012

Imagine Belieber - Part of Your world : Capítulo 31 ''Carente das palavras dele''

Porque eu não quero ninguém quando eu tenho seu corpo. - One love|Justin Bieber

                                                   
Ryan tinha me falado deles no telefone. O portão de ferro que havia ali se abriu e eu encarei a mulher atraente que entrou. Ela era loira... usava um batom vermelho... e lápis no olho... Seu cabelo caia liso por seu rosto e por seus ombros. Sua calça preta e seu salto a deixavam mais alta e magra... E sua blusa tinha um decote enorme... Olhei o cara ao seu lado e ele sorria como se estivesse tentando ser simpático. O avaliei. 1,80 de altura, forte, olhos verdes, cabelos lisos e caídos nos olhos, corpo definido... e pelas roupas que usava ele sabia se vestir.

Chris: Quem é vivo sempre aparece!-disse Chris com um sorriso animado no rosto e foi cumprimentar o cara, em seguida a mulher. Justin fitou do meu lado o tempo todo e nem se quer deu o trabalho de verificar quem é.
Mas assim que os olhos daqueles dois estranhos foram até nós, senti Justin me puxar mais ainda para seu lado.
XxxX: Quem são ? - o cara de olhos verdes perguntou. E agora eu estava confusa. Ele era Lucas e a garota era a Maddie ou eram outras pessoas?
Chris: Justin Bieber... e sua ...ahn namorada. -ele olhou cinicamente pra mim.-Se bem que ... ah deixa pra lá!


XxxX: Ele é o filho do Jeremy ?- o cara de olhos verdes arqueou uma sobrancelha e encarou o Justin ao meu lado.
Chris: Sim Lucas...
Então ele era mesmo o lucas... e a garota era a Maddie.
Lucas: Interessante.-ele andou até nós. Maddie o seguiu mas ela parecia estar entediada em estar ali. Lucas parou na nossa frente e nos observou em silêncio. Aquilo estava ficando esquisito.
Bê: Se vai ficar olhando pra gente... é melhor tirar uma foto que dura mais..-eu disse e senti um riso abafado do Justin do meu lado.
Lucas: Qual é seu nome ? -ele perguntou sério.
Bê: Brenda... e o seu é Lucas certo? -ele assentiu.
JB: A que devo a honra da visita de vocês ?- Justin perguntou e eu ouvi um tom de voz mais autoritário falar.-Porque afinal... eu não faço ideia de quem são vocês...
Maddie: Somos amigos do Ryan... ele é seu amigo não ?
JB:Sim, ele é mas não me falou de vocês...
Lucas: Ryan com certeza deve ter se esquecido...
JB: Deve ser...- Justin deu de ombros.
Chris: Então, Lucas... chame sua irmã e vamos dar uma olhada por ai e ver onde o Ryan está...
Lucas: Vamos Mad... -ela assentiu e eles saíram deixando eu, e Justin lá... Ficamos em silêncio por um tempo, talvez nos perguntando o que tinha sido aquilo... ou sei la o que mas logo Justin voltou a falar.
JB: Tenho que falar com o Ryan sobre isso... Não quero estranhos no meio de nós...
Bê: Esquece isso... e aliás, o Ryan está apaixonado por essa garota.
JB: O Ryan apaixonado? - Justin soltou uma risada irônica.-Isso é impossível!
Bê: É serio amor, ele me disse isso... e eu prometi que ia ajuda-lo.
JB: Mas amor... se ele ta apaixonado você não acha que ele tem que resolver isso sozinho ?
Bê :Sim, mas eu só quero saber onde ele está se metendo entende ?
JB: Sim mas...-ele deu um sorriso malicioso, sem ao menos mostrar os dentes e me puxou pela cintura, junto a ele.-Não estávamos ocupados aquela hora?
Bê: Achei que estaríamos ocupados o dia todo... -disse com uma voz sensual, ele mordeu os lábios e juntou nossos lábios. Senti suas mãos acariciando minhas costas. Justin pediu passagem com sua língua em minha boca e eu cedi. Começamos um beijo voraz... até que nos interromperam. Ouvimos alguns pigarros atrás da gente e nos separamos. Ryan, Lucas, Meddie e Chris nos olhavam segurando um risinho debochado.
Ryan: Eai Casal pegação... vão começar a encarar isso como um trabalho ou vão transformar isso num motel?-revirei os olhos.
JB: Eu mando aqui certo ? -Ryan o encarou confuso.
Ryan :Sim porque ?
JB:Então, eu faço o que eu quiser e ninguém tem nada a ver com isso.
Ryan: Mas...
JB: Mas nada Ryan.... fale logo o que você quer comigo porque eu estava conversando com a minha namorada.
Ryan : Eu não quero merda nenhuma... quem quer falar falar com você é o Chris.-Ryan respondeu frio.
Tudo bem, Ryan estava sendo muito chato com o Justin e nos interrompeu, mas isso de tratar o Ryan como daqueles babacas que agora estavam trabalhando para o Justin não foi nada legal.
JB: Digam logo... eu tenho mais o que fazer...
Chris: Ok então Bieber, estavámos pensando em ... fazer um teste para ver se esses homens realmente são bons...
JB: Um teste? Que tipo de teste?
Chris: Uma simulação de invasão... de assalto... Lucas esteve no exército por dois anos e sabe como fazer isso. Só precisamos da sua autorização...
JB: Por mim tudo bem... vão fazer isso hoje?
Chris: Não... amanhã, você está dentro ?
JB: Sim.
Chris: Tudo bem, vamos bolar uma estrategia e mostramos pra você se estiver de acordo , assaltaremos o Banco Central aqui, mas não levaremos nada... e...- Justin o interrompeu.
JB: Isso era uma simulação não ? Vocês estão querendo roubar um banco de verdade, ficaram loucos?!
Maddie: Olha aqui cara... eu intendo que você é o chefe e blá blá blá mas você é burro ? Porque na moral, você nunca ouviu falar em simulação real? Meu irmão aprendeu isso no exercito.-Justin arqueou uma sobrancelha e a fitou. Quem ela pensa que é pra falar assim com o MEU namorado?
JB: Vadia, quem você pensa que é pra falar assim comigo? - Justin foi pra cima dela, mas eu segurei em sua mão o impedindo. Lucas a puxou para atrás dele.
Maddie: Quem eu acho que sou ? Eu sou uma das únicas pessoas aqui que tem coragem de te chamar de babaca... porque é isso que você é! Um babaca! Fala sério... Jeremy teve razão em se casar de novo, você é um estorvo na vida dele!
Olhei pra Maddie totalmente chocada. Como ela podia falar isso do Justin sem ao menos o conhecer? Justin puxou sua mão da minha e eu não pode impedir. Ele avançou pra cima do Lucas e o empurrou. Maddie o olhou assustada e ele deu um tapa em seu rosto deixando as marcas de seu dedo.
JB: A PARTIR DE HOJE, EU QUERO RESPEITO!-Justin gritou, fazendo todos, inclusive aqueles idiotas que estavam atirando olhar pra ele.- EU SOU O CHEFE DE VOCÊS, E EU NÃO TENHO NADA A VER COM O MEU PAI! ESPERO NÃO OUVIR MAIS COMENTÁRIOS IDIOTAS SOBRE A MINHA VIDA PESSOAL... E SE EU OUVIR, EU MATO QUEM FALOU!- todos ficaram em silêncio. Justin parecia estar explodindo de raiva. Seus olhos pousaram sobre os meus, e eu tentei sorrir mas eu estava muito assustada.-Vamos.-Justin pegou na minha mão e saiu me puxando dali. Chegamos até seu carro e ele não disse nada... apenas me deixou perto da porta e entrou. Exitei um pouco, eu não sabia se era bom entrar no carro com o Justin naquele estado mas acabei entrando.... Justin ligou o carro e saiu cantando pneu dali.
**

Bê: Pra onde vamos ? - perguntei quebrando o silêncio naquele carro. Justin estava dirigindo fazia mais de meia-hora e eu não sabia pra onde.
JB: Não sei...-ele respondeu, em um fio de voz. Olhei pra ele e tentei intender o que estava acontecendo mas eu não conseguia. Ele não parecia estar com raiva... nem mesmo preocupado para onde estivéssemos indo. Eu tinha que falar com ele e ver o que estava acontecendo.
Bê: Justin o que está acontecendo ? -ele firmou sua mão no volante e se quer me olhou.-Eu estou preocupada com você...
JB: Brenda por favor... me deixa.
Bê: Nem que eu fosse louca!- disse, e ele deu um sorriso pelo nariz.
JB: Tudo bem.-ele parou o carro e me olhou.-O que foi ?
Bê: Porque você está assim ? Foi por causa do que a Maddie falou ?-ele balançou a cabeça positivamente.
JB: Encare os fatos Brenda, eu sou um estorvo na vida do meu pai...-Justin soltou um suspiro , ele parecia estar se segurando para não chorar. Coloquei minha mão na dele e me aproximei mais no carro.-Ele me deixou com a minha mãe...me excluiu dos negócios dele... e eu teno certeza que se ele estivesse aqui, ele nunca teria me contato que é um criminoso.
Bê: Amor...você sabe que não e verdade, ele fez isso pra não te ver em perigo...
JB: Eu não tenho ninguém... ninguém se importa de verdade... - vi uma lagrima escorrer sobre seu rosto. Aquilo partiu meu coração em pedacinhos...
Bê: Não fala assim amor...- me agarrei em sua cintura e ele envolveu seus braços a minha volta.-Eu me importo com você!
JB: Eu sei mas... -ele não continuou. Me afastei um pouquinho e encarei seus olhos.
Bê:  Você é a coisa mais importante na minha vida Jus... por você eu fugiria, eu iria até o inferno, apenas para estar ao seu lado pra sempre... Mesmo que mais ninguém se importe, eu me importo... e eu queria que isso fosse suficiente...- abaixei meu olhar e senti que iria chorar.
Droga. Eu odiava vê-lo assim.
JB: Isso é o suficiente.-ele disse e eu levantei a cabeça e o olhei. Justin deu um sorriso reconfortante. Um sorriso de verdade até agora...
Passei meus braços em volta do seu pescoço e selei nossos lábios. Dei um selinho demorado nele e me afastei...
Bê: Vamos pra minha casa?
JB:Seus pais não vão ficar bravos ?
Bê: Eles não estão em casa...-disse dando de ombros.
Justin assentiu e ligou o carro. Eu queria anima-lo... mostrar que eu me importo, mesmo que ele tenha dito que é o suficiente, eu sinto que ele falou aquilo só para não me ver mal...Justin sabia que eu falava a verdade. Ele é a pessoa mais importante pra mim agora. Eu faria tudo por ele... tudo mesmo.
**

Bê: Entra.-disse abrindo a porta da minha casa. Justin tirou os óculos que usava e entrou.-Fica a vontade.-ele forçou um sorriso e se sentou no sofá.-Quer beber ou comer alguma coisa?
JB: Não, obrigada amor, eu to bem assim...
Bê: Ok.-sorri e me sentei ao lado dele. -Eai quer assistir algum filme?
JB: Quero... mas nada muito meloso ok princesa? -assenti e me levantei para colocar um filme. Coloquei um filme de guerra que meu pai gostava... acho que ele iria gostar também. Me sentei ao lado do Justin e antes mesmo do filme começar , estávamos deitados abraçados no sofá.
[...]

Senti as mãos do Justin percorrem por todo o meu corpo. Soltei um riso baixo e me virei de frente pra ele o encarando.
Bê: O que você está fazendo amor?
JB: Me distraindo ...
Bê: Achei que o filme servia pra isso... -ele me deu um selinho rápido.
JB: Quando se tem você eu não preciso de filme nenhum...-Justin me apertou mais contra ele e eu senti um frio na barriga. Mordi seu lábio e pedi passagem para um beijo. Justin cedeu. Paramos pela falta de ar...mas Justin continuou seus beijos pelo meu pescoço.
Aquilo estava me excitando mas... eu ainda tinha uma coisa em mente... algo que estava me incomodando.
Bê: Amor ? - Justin me olhou e sorriu.
JB: Que foi princesa?
Bê: Você me ama de verdade sabe? Como eu te amo...?
JB: Eu te amo muito mais Brenda...
Bê: Você não esta falando isso só para me agradar não é Justin ?
JB: Brenda que papo é esse agora? Você é o que eu tenho de mais precioso na vida... eu já te disse...
Bê: Ahh esquece Justin.-sai de cima dele e me sentei direito no sofá. Soltei um longo suspiro... eu sabia que aquilo era loucura... mas eu estava um pouco carente intende? Carente das palavras dele.
JB: Brenda...-suas mãos foram para minha cintura, eu continuei imóvel.-O que foi ? Eu te magoei ?
Bê: Não foi nada...-disse seca, ele riu.
AF.
JB: Olha pra mim.-ele pediu, me virei bem devagar e o encarei. -Eu vou te contar o maior segredo da minha vida mas eu não quero que você conte a ninguém ok ? -assenti confusa. O que isso tem a ver com o que estamos falando ? - Bom, eu sou apaixonado por uma garota linda... que tem um sorriso lindo... que é meio bipolar, e que me faz feliz cada dia mais e mais... eu não me importaria em entrar na frente de uma bala por ela... eu não me importaria de morrer no lugar dela, porque eu descobri que sem ela eu não vivo.
Bê: Bob...-Justin me interrompeu.
JB: Brenda, você é a minha vida. Eu não sei o que esta se passando na sua cabeça mas eu te amo, mais do que tudo no mundo, mais do que a minha própria vida... perdão se eu não demonstro... se eu não te falo isso sempre...
Bê: Eu te amo amor.- Eu praticamente pulei em seu colo e juntei nossos lábios. Pude sentir Justin sorrindo entre nossos beijos. Suas mãos me puxaram para seu colo. Seus lábios passaram a trabalhar e meu pescoço. Coloquei minhas mãos em seu abdômen e arranhei ali de leve. Justin soltou um leve gemido. Segurei em sua camisa e a tirei jogando em qualquer canto ali. Voltei a beijar aqueles lábios... que me chamavam cada segundo mais e mais...
XxXx: O QUE É ISSO NA MINHA SALA? -a voz da minha mãe me fez despertar. Sai de cima do Justin e encarei  mamãe e papai na porta olhando pra gente. Justin se levantou, pegou sua camiseta e vestiu. Senti minhas bochechas corarem ao ver meu pai me olhando ....
Bê: Mãe, pai ? Achei que demorariam.-eu disse quase num sussurro.
Brad: E por isso você resolveu trazer seu namorado pra cá e transar com ele na sala?
Bê: Claro que não... agente não ia...- ele me interrompeu.
Brad: Me poupe Brenda, me poupe... E você garoto ? Isso é amar a minha filha? Transar com ela na sala é amar a minha filha?!
JB: Isso não tem nada a ver Senhor Pitt... nós não íamos fazer nada...só estávamos nos beijando...
Brad: E agora precisa tirar a camisa pra beijar?
JB: Nã-ao é...-meu pai o interrompeu.
Brad: Brenda, leve seu namorado até a porta... está ficando tarde, e eu e sua mãe queremos falar com você a    sós...
Bê: Ta bom pai... Vem Jus...-puxei o Justin até a porta e assim que a abri , ele me puxou pela cintura e me beijou. Pude ouviu meu pai pigarreando atrás da gente. Justin parou o beijo com selinhos.
JB:Te vejo amanhã na escola...
Bê: Tudo bem... eu te amo.
JB: Também te amo.-Justin se virou e saiu indo para o portão da frente.
Fechei a porta e encarei meu pai e minha mãe me olhando com uma cara não muito boa. Revirei os olhos e andei até eles.

Continua.... 


Oi princesas, tudo bem ? Eu sei que eu demoro demais pra postar essa ib ou qualquer uma, mas eu faço que posso. Semana que vem eu to cheia de trabalho , cheia de provas e eu tenho que estudar muita coisa. Espero que entendam, mas neste fim de semana eu vou tentar postar muito. Mas isso depende de vocês ok ? Quero que comentem por favor ! Me pediram a foto do Lucas e da Maddie né ? Aqui o Lucas (clica) e aqui a Maddie (clica)
Aqui, se vocês não estão gostando de algo ou querem algo no blog comentem aqui :
http://imaginebeliebershawtymane.blogspot.com.br/p/sugestoes-e-criticas.html
Eu amo demais vocês! Obrigada por tudo.
Imagine Belieber : owwn amei o blog, mas eu nao psegui pq nao achei onde segue KKK lerdesa minha :)
Carol Munaro: ashdhdg~ajdshdhdd será q eles vão causar problemas pro Jus e a Brenda? ~suspense~
Helobieberlover: Eu juro q vou tentar amor, mt obrigada por ler []



11 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Awwn que perfeito :) Viiix se fosse eu no lugar da Brenda fingia um desmaiu pra fugir da conversa hihi :p porque conversa de mae pai e filho sobe '' SEXO '' Deve ser muito muuito foda! Arrrrrg Maddie V-A-D-I-A ! QUEM VC PENSA QUE E PRA FALAR ASSIM COM MEU GOSTOSO? RUM SUA PIRIGUETE DA FAVELA! ~ le eu muito irritada com essa elepotama~ Vc deve ta se perguntando o que e '' elepotama''.. E a mistura de : elefante + hipopotamo = elepotama :O
    kkk aiai '-' Coontinuaa a Forever you? Toou com saudades dela :)
    Todas suas Imagines sao perfeitas viu Nunca se esqueca disso!
    Coontinua :)

    ResponderExcluir
  3. http://imaginabieber4rever.blogspot.com.br/ leiam também,please!

    ResponderExcluir
  4. AMOR VOCÊ GANHOU UM SELINHO NO MEU BLOG http://bluebieberknowles46.blogspot.com/ TÁ XOXO

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaaaamei,tá peerfeito *-*.Continua?

    ResponderExcluir
  6. Nossa ta otimo muito bom,,, CONTINUA,,estou muito ansiosa pra ver o que vai acontecer...

    ResponderExcluir
  7. eu realmente acho q o Lucas e a Maddie vao causar problemas pro Justin. E acho q a Brenda vai ficar de castigo de novo .-. Xoxo :3

    ResponderExcluir