21 de out de 2013

All That Matters - Capítulo 1 ''Calafrio''

As vezes, o amor é assim , a primeira vista.


As margens do pequeno riacho de San Juan no Colorado, os animais estão agitados. O corpo de cada um emite um sinal de perigo, aquele sinal de que algo realmente esta errado.
E em segundos, um ruído muito alto atravessa a mente de cada um, e como um sopro, some e no céu uma luz branca, aparece. Em meio a escuridão, ele é jogado contra ao chão, nu, e inconsciente e ali, se abre um grande buraco na terra... Algo inexplicável acontece... ao invés de medo, tudo parecia calmo, e sereno... e aos poucos, o lugar foi tomado pela escuridão novamente.
**

P.O.V Madison

-Mad? O que foi ?-mamãe olhou em minha direção e eu senti meu corpo todo tremer. Era um calafrio estranho.
-Nada...-disse me recuperando.-Só tive uma sensação estranha...
-Hm, tem certeza que esta bem filha? Trabalhar naquela lanchonete pode estar te fazendo mal...
-É claro que estou mãe ...-sorri. Ela era sempre preocupada.-Eu adoro trabalhar lá, e o dinheiro que consigo vai para o meu fundo da faculdade, você sabe...
-Eu sei mas ...-a interrompi.
-Já discutimos isso mamãe.
-Filha, eu  e seu pai não queremos que você vá para longe da gente, será que você vai conseguir se manter? Ser feliz, ou sei lá, sobreviver longe da gente?
-Nossa! Até parece que eu não consigo mamãe! A senhora sabe muito bem que eu tenho capacidade para realizar todos os meus sonhos  , e mesmo que eu não tenha todo o dinheiro do mundo, vou juntar o suficiente para conseguir me manter enquanto faço minha faculdade.
-Filha eu acho que ...-a interrompi novamente.
-Mamãe depois falamos sobre isso, eu to atrasada pro trabalho.-me levantei da mesa e dei um beijo em seu rosto.-Até mais tarde, mande um beijo pro papai quando ele acordar.
-Pode deixar querida.
 ✝

-Bom dia Mad!- o senhor Brown sorriu para mim enquanto eu entrava na lanchonete.
-Bom dia.-sorri de volta e fui até ele para ajudar a arrumar as mesas.
-Você pode ir se arrumar menina  hoje você vai ajudar a servir os clientes.
-Servir?-olhei para ele confusa.
-Sim, acho que você esta preparada para isso não esta?
-Estou.-disse um pouco insegura.-Muito obrigada Sr.Brown!-ele sorriu e gesticulou para que eu fosse me trocar e assim eu fiz.
Fui até a área dos funcionários e peguei meu avental. O coloquei e arrumei meu cabelo em um coque. Lavei minhas mãos e peguei o meu bloquinho para anotar os pedidos e voltei para ajudar o Sr.Brown a arrumar as mesas.
Em menos de uma hora, os clientes quase enchiam a lanchonete. Tinha de empresários que vieram fazer negócios na cidade até estudantes do colégio ao lado.As segundas eram sempre movimentadas e hoje não podia ser diferente. Eu estava sozinha para anotar os pedidos , e o Sr.Brown sabia que eu dava conta do trabalho. Ele entregava os pedidos e Mike e a Susi , os melhores cozinheiros que já vi, preparavam-nos.
Realmente era um lugar aconchegante, e calmo. O Sr.Brown era um ótimo chefe e eu estava feliz de trabalhar aqui.
Me sentei um pouco para descansar e vi que um cliente havia acabado de chegar. Ele se sentou. Nunca tinha visto ele , e isso ficou mais claro quando vi seu rosto. Ele era tão lindo. Era muito difícil ter meninos lindos assim aqui em San Juan.
-Você não vai atendê-lo ?-ouvi a voz do Sr.Brown atrás de mim e assenti com a cabeça, me levantando e indo em direção a mesa que ele havia sentado.
-Bom dia, o que o senhor vai comer?-assim que falei ele me olhou e eu senti um calafrio percorrer o meu corpo, como o de hoje de manhã. Seus olhos eram tão claros, tão intensos que chegaram a me deixar sem graça.-Senhor?-repeti esperando que ele falasse algo mas ele ficou em silêncio.-Ahn ... então o senhor vai beber algo?-perguntei um pouco envergonhada. Por que ele estava me olhando? Por que ele não me respondia?
-Beber?-ele repetiu, fazendo com que eu me encantasse por sua voz. Parecia tão...serena.
-É, eu recomendaria o especial da casa, que é um mix de achocolatado e ...-fui cortada por um som e corei quando percebi que era sua barriga resmungando que precisava  de alimento.
-Eu acho que  vou querer isso e ... -ele pareceu pensar olhando para as mesas ao lado.-Quero um misto quente.
-Ok.-anotei seu pedido e sorri para ele.-Em minutos seu pedido estará na mesa.
Sai de lá e fui entregar o pedido para a Susi.
Oh céus, quem é esse cara?!
Ele me parecia muito estranho...Muito...observador,talvez.
Quando entreguei seu pedido ele pareceu realmente com fome ... era algo muito estranho de se ver aliás. Ele parecia não saber comer... mas estava bem vestido, não podia ser alguém pobre não é ?
Ele me pagou com uma quantia considerável e me deixou uma boa gorjeta o que me deixou feliz.
E quando ele foi embora, ele me lançou um olhar realmente mortal, que me deixou completamente sem chão, pois ele parecia me comer com os olhos, se é que me intendem.
 ✝

Quando cheguei em casa no fim da tarde eu estava morta. Meu corpo estava todo dolorido como sempre. Meus pais ainda estavam no trabalho. Eles têm uma pequeno loja no centro da cidade onde vendem alguns materiais de construção. Andei até o meu quarto e fui tirando minha roupa pelo caminho, assim que entrei no banheiro liguei o chuveiro e comecei o meu banho.
Quando acabei vi que tinha começado a chover, algo muito normal aqui em San Juan pois é uma cidade muito quente é costuma chover bastante. Coloquei o meu pijama e fui para a cozinha.
Eu ainda tinha que preparar o jantar , pois minha mãe chegava cansada do trabalho. Peguei os ingredientes para uma lasanha e assim que terminei a coloquei no forno.
Em seguida fui para a sala e liguei a tv. Sorte a minha que estava passando um filme, eu não estava a fim de ver jornal outra noite seguida. Minha tv não esta lá essas coisas. Essas chuvas recentes fizeram que a antena entortasse e os canais foram prejudicados, e como meu pai não pode subir lá em cima , estamos esperando a boa vontade de alguém que possa arrumar para a gente.
Um trovão cortou o céu e eu desliguei a tv rapidamente ouvindo que alguém estava batendo na porta. Andei até lá e assim que abri,o vi. O mesmo cara da lanchonete. Ele estava ensopado.
Espera, ele esta me seguindo?!
-Oi.-ele disse tremendo seu queixo. -Será que eu posso entrar? Minha casa fica longe daqui e meu carro quebrou na estrada.-ele disse.
Eu devia deixar ele entrar? Ele era um estranho, e bota estranho nisso!
-Entra.-disse contrariando meus instintos e assim ele fez.
Disse a ele para que ele esperasse e subi para pegar uma toalha para ele e assim que voltei ele havia tirado seu casaco e ficado apenas de camiseta, que não estava tão molhada assim.
-Aqui.-entreguei a toalha a ele e ele agradeceu com a cabeça. -Qual seu nome?-perguntei  e ele me olhou nos olhos. Sorri sem graça.-Quer dizer ... eu te vi la na lanchonete e eu percebi que você não é da cidade...
-Eu não sou.-ele disse.-Meu nome é Justin...Justin Bieber, e o seu ?
-Madison Beer. De onde você é ?
-Do Canadá.-ele respondeu.
Isso explica o fato dele não ser bronzeado como o pessoal das redondezas.
-Deve ser legal lá...-eu disse e ele estendeu o braço, me entregando a toalha.
-Muito obrigada pela toalha.
-Disponha. Quer se sentar para esperar a chuva parar ?
-Claro.-ele assentiu e eu me sentei no sofá para que ele fizesse o mesmo.
Seus olhos me fitavam tanto... A todo momento ele parecia observar tudo...
Por que esse cara esta em San Juan? O que ele faz aqui tão longe de sua casa?
Eram tantas perguntas em minha mente. Ele sorriu para mim e eu me senti muito encabulada.
-Por que esta me olhando?-perguntei.
-Eu acho que encontrei.
-Encontrou o que?
-O que eu procurava.

Continua...


OOOOi meus amores, que dia lindo hoje não? To muito feliz com essa ib aiai. Esse foi o primeiro capítulo e eu espero que comentem >.<
Fiz com todo o carinho e espero que vocês gostem.
Bom, como todos sabem eu estou de volta, e espero que me ajudem com a divulgação da nova ib haha, obrigada, beijos.

19 comentários:

  1. hahahaha bem vinda de volta Tha! Ficou perfeito,ameei demais <3

    ResponderExcluir
  2. morta ''-Eu acho que encontrei.
    -Encontrou o que?
    -O que eu procurava.''

    bem vinda de volta tha,ta perfeito

    ResponderExcluir
  3. thaaaaaaaaa, continua pelo amor de Deus! kkkkkkkkk to xonada! mds

    ResponderExcluir
  4. Perfeita! Agora eu posso dormir feliz.

    Thaís Veiga

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente perfeito... cara sério esrou sem palavras, bem vinda de volta!!

    Ass: Thay.

    ResponderExcluir
  6. Que perfeito, sério esta de mais! Continua

    ResponderExcluir
  7. ficou muito bom,continua , bem vinda de volta :)
    ass :rooh

    ResponderExcluir
  8. Mds xonei na IB, que perfeito <3 o que sera q ele encontrou nela?
    To tipo, super ansiosa pro oroximo capitulo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Contiiiiiiiiiiiiinua diiiiiiiiiiiiiiiiva shajsha *--*

    ResponderExcluir
  10. DIVO DIVO DIVO DIVO misterioso e DIVO *000*

    ResponderExcluir
  11. adooooooooooooooorei <3 haha a ib é inspirada em alguma livro? bjs tata

    ResponderExcluir
  12. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  13. Bem vinda de volta :3 cade a mina da historia indiana? E oq ele achou nela?? Bjs

    ResponderExcluir
  14. Ai meu Deus!Thalia que saudade de você amore!Seja bem vinda de volta,hehe :3
    Amore,e quanto á última ib,que eu até me esqueci o nome?Eu gostava tanto dela...
    Mas enfim,meu Deus,ele é um anjo ou algo do tipo?O que ele encontrou?Ai Deus,essa fic vai ser tão perfeita <3
    Continua viu amore?Kisses!

    ResponderExcluir
  15. divulga por favor? http://shawtydojuss.blogspot.com.br/ obg amore!

    ResponderExcluir
  16. perfeito *-* posta logo por favor!
    divulga por favor? http://apenasimagineebelieberr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Já posso dizer ki estou apaixonada? Rsrsrsrsrsrs mano ta perfeito :D bjss e ansiosa para o próximo capítulo :D

    ResponderExcluir