30 de mar de 2015

Timber - Capítulo 8 "Minha Garota"



"Como a vida é engraçada, né? Bem na hora que você pensa que está tudo resolvido, bem na hora em que você finalmente começa a planejar alguma coisa de verdade, se empolga e se sente como se soubesse a direção em que está seguindo, o caminho muda, a sinalização muda, o vento sopra na direção contrária, o norte de repente vira sul, o leste virá oeste, e você fica perdido. Como é fácil perder o rumo, a direção… "-Simplesmente Acontece



Na verdade eu precisava pagar o Romeo e fazer ele sumir do mapa antes que Jack o achasse.
-Você não pode ir tem que ficar aqui em segurança...
-Eu sei me cuidar Chaz.
Sai dali e fui até meu quarto trocar de roupa.
Finalmente eu tinha me vingado daquele filha da puta.

P.O.V Justin Bieber
Porra... Meu corpo todo doia. Os médicos me colocaram no soro mas mesmo assim aquela dor não passava. Felizmente não quebrei nada.
-Justin?!-Lily entrou no meu quarto desesperada. -Oh meu Deus!
Ela veio até mim.
-Eu liguei para você mas não precisava vir agora. E sua escola?
-Eu faltei. O que aconteceu?
-Fui atacado por uns caras...-dei de ombros. Lily mordeu seu làbio parecendo tentar não chorar e se sentou ao meu lado pegando minha mão. Meu corpo tremeu com seu toque.
-Vou ficar aqui com você esta bem? O seu amigo Ryan disse que tinha que ir resolver uns problemas.
-Você tem seu trabalho... escola, não precisa ficar.
-Esquece tudo isso ok? Depois eu resolvo. Não vou deixar você sozinho aqui.
-Lily, se alguém me atacou quer me matar então não é seguro pra você do meu lado.
-Você esta me dispensando?
Bufei.
-Não. Estou dizendo que comigo você corre perigo.
-Acho que eu sempre soube disso...-ela sorriu de lado.-Qual é Justin? Você é um criminoso. Obvio. Alguma merda sempre vai dar mas eu vou continuar aqui. Eu tô do seu lado.
Algo no que ela disse me fez sorrir. A garota mal sabia das coisas horrìveis que eu jà fiz e mesmo assim, estava do meu lado. Eu confio nela. E isso é raro.
-Ok... pode ficar.-me rendi.-Mas eu vou chamar uns seguranças e deixar um com você.
-É necessàrio?
-Se você quer ficar comigo sim...
Ela suspirou.
-Tudo bem mas... isso significa que você e eu...?
-Eu não namoro ninguém Lily.-avisei.-Mas eu quero você do meu lado.
-E eu quero ficar do seu lado.
Ela inclinou seu corpo e deitou sua cabeça em meu peito. Doeu um pouquinho mas eu não disse nada. Ela cheirava... a melhor coisa do mundo. 
-Transamos uma vez e olha só, ta caidinha!-brinquei. Ela riu.
-Você também esta. 
Ela olhou nos meus olhos e me selou.
É... eu estava.
**

-Porra! E ninguém viu nada nessa merda?-gritei para Ryan no telefone. Lily me encarou assustada pelo grito que dei.
-Não brô... nem as cameras pegaram os filhos da puta mas Jack e Babi estão investigando. 
-Investigando como? 
-Não faço ideia mas eles sairão faz um tempo.
-Hm... Você pode mandar 3 seguranças pra cá?
-Claro. 
Lily sorriu para mim agradecendo.
-Manda o Mike também... ele vai ser segurança da Lily agora.
-Beleza brô. Gostei da mina, parece gostar de você.
-Eu sei. Depois a gente se fala.
-Quer que eu leve uma erva?-ele riu do outro lado.
-Quero. -Ri também.-Tudo que eu preciso é de uma ervinha brô.
-Ok. Até mais.
Desliguei o celular e entreguei para Lily.
-Justin você sabe que não pode se drogar né? Esta tomando medicamentos.
-Eu preciso baby... não vai fazer mal.
Ela cruzou os braços.
-Você não vai usar nada. Não seja irresponsável. 
-Irresponsável?-arqueei uma sobrancelha para ela. -Você não manda em mim garota!
Ela arregalou seus olhos e eu vi seus olhos marejarem. Droga!
-Eu só queria ajudar...

P.O.V Lily Adams
Sai do quarto de Justin correndo. Eu chorava como uma idiota por ele ter sido grosso comigo. Poxa eu só queria ajudar!
Fui até a sala de espera e a garota que estava na casa do Justin estava lá.
-O que o Justin fez pra você chorar?-ela riu.-Te deu um pé na bunda?
-O que você quer?-perguntei ainda chorando. Vi que ali tinham mais 4 homens.
-Vim ver o Justin... Mas o que foi que ele fez pra você chorar?
-Ele quer fumar... ele não pode!-chorei mais.-Ele esta tomando medicamento!
Ela olhou pra mim e gargalhou alto.
-Garota, o Justin jamais ouviria você!
E então, ouvimos gritos no corredor.
Olhei para trás e lá estava Justin todo curvado para baixo provavelmente sentindo dor.
-Senhor Bieber você precisa voltar pro quarto!-a enfermeira gritava.
-Lily!-ele disse assim que me viu.-Não vai embora!
-Justin?-perguntei assustada.-Você precisa voltar pro quarto!
-Me desculpa ok?-ele se aproximou. Todos ali, inclusive Babi nos fitavam boquiabertos.
Justin Bieber havia vindo atrás de mim!
-Justin,-limpei minhas lágrimas.-você esta machucado... 
-Volta comigo pro quarto? Não me deixa aqui sozinho... 
O abracei e vi ele reclamar baixinho de dor mas ele me abraçou também. 
-Você é tão impulsivo!
-Não chore baby...-ele sussurou tão baixo que parecia que ele nem tinha falado.-Me desculpa.
-Tudo bem.-me afastei.-Vamos para o quarto para você descansar.
-Vem.-ele entrelaçou nossos dedos e saiu me puxando para o quarto. Eu estava tão surpresa, oh meu Deus!
Quando voltamos para o quarto, a enfermeira colocou o soro outra vez em Justin e eu percebi que ela parecia estar irritada... bom, ela tinha motivo.
-Ela esta brava com você.-disse quando a enfermeira saiu.
-Acho que eu a assustei... 
-Você não devia ter saido assim...
-Lily... eu não queria que fosse embora. Eu não vou fumar... eu só queria relaxar um pouco.
-Mas logo você sai daqui... talvez eles te dêem alta amanhã.  Você não quebrou nada no seu corpo.
-Eu sei.-ele suspirou.-Me desculpa.
-Ta tudo bem... -sorri.-Você deixou todos bem surpresos lá fora.
-Que se foda.-ele deu de ombros.-Eu fui lá atrás de você.
-Pois é... você foi atrás de mim. Posso saber o motivo?
-Motivo? Não sei...-ele fez uma careta.-Eu só não queria deixar você mal. Você me parece ser tão... sensível. Me sinto mal de fazer qualquer mal para um anjo como você.
-Anjo?-ri envergonhada.-O que esta acontecendo hein garoto mau? Achei que você não fosse carinhoso assim...
-Tem muita coisa sobre mim que você não sabe... -ele sorriu de lado.-E se você é minha garota você merece meu respeito.
"Minha garota"
-Você disse que sou sua...?
-Minha garota.-ele riu vendo minha cara de surpresa. -Agora, minha garota, você podia comprar o nosso almoço? Não vou comer a comida desse lugar...
-Eu não trouxe dinheiro Justin...-corei envergonhada. Eu devia ter pensado nisso.
-Pega o meu. -Ele disse mostrando a carteira em cima da mesinha que havia ali. Fui até lá e abri sua carteira. Me assustei com a quantidade de notas que havia ali.-Pegue o quanto quiser.
-Justin, porque você anda com tudo isso?
-Porque eu preciso.-ele deu de ombros.
Peguei 50 dólares e devolvi a carteira no lugar. Aquilo seria o suficiente.
-O que quer comer?
-Qualquer coisa.-respondeu. Assenti saindo do quarto.
**

P.O.V Justin Bieber

-Salada?-arqueei uma sobrancelha olhando o que Lily tinha comprado.
-Você não gosta de salada?-perguntou parecendo estar envergonhada.-Me desculpa eu achei que seria saudável. 
Ela achou? Na verdade eu odeio salada mas,ela comprou porque se importava comigo e aquilo de alguma forma me tocou.  
De alguma maneira eu sabia que precisava dela, que teria cuidar dela. Ela seria a minha parte de salvação no meio da vida que levo.
-Adoro salada.-menti.-Mas você comprou só isso?
-Não e uma sopa deliciosa de legumes.-ela sorriu parecendo se orgulhar daquilo.-Eu tive que cortar fila ou ficaria lá até amanhã.
Ri.
-Cortando fila senhorita Adams?
-Tudo por você Bieber.-ela me selou. 
Me sentei na cama e ela se sentou no sofá ao lado da minha cama. 
-Bom apetite princesa.
-Bom apetite Justin.
E pela primeira vez em muito tempo eu me sentia amado. Caralho, o que ela estava fazendo comigo?
**

P.O.V Bárbara Smith

-Babi!-ouvi o grito de Jacob no andar debaixo e levantei da cama. Quando ia abrir a porta ele entrou me empurrando para dentro.
-O que é isso porra?-perguntei o empurrando de volta.-Tá maluco?
-Você contratou o Romeo pra bater no Justin?!-ele gritou.-Você tá ficando louca garota?
Eu não acredito! Eu mandei aquele filha da puta sumir!
-Aonde esse filha da puta ta?-perguntei com raiva.
-Lá embaixo no ... -antes dele responder sai dali bufando até o andar debaixo. Filho da puta! Ele abriu o bico!
Peguei minha arma da cintura e quando ele me viu, ele quis correr mas 2 homens seguraram ele.
-Não me mate!-ele gritou.
-Diz que é mentira caralho!-gritei. Jack já estava do meu lado observando tudo.
-Senhora eu só...-o cortei.
-Você é um filho da puta mesmo!-gritei com raiva. Apontei a arma para ele e atire. Seu corpo caiu no chão. No coração, em cheio.
Ninguém saia vivo depois de trair minha confiança.
-Isso não vai fazer o Justin te perdoar...-Jack disse. O olhei.
-Por favor não fala pra ele!-pedi.-Eu só estava com raiva daquela putinha que ele esta protegendo.
-Babi faça um favor a si mesma e respeite a garota.-ele falou sério.
Até ele estava defendendo essa idiota?
-Me poupe Jack. Justin só esta curtindo.
-Não! Pela primeira vez em muitos anos ele esta amando! Amando!-ele gritou.-Não estrague isso!
Aquilo doeu como um tiro em mim.
Justin estava amando aquela garota? Não era possível.
-Eu não estou estragando nada! -gritei de volta. -Vá se fuder então Jack!
Sai dali batendo o pé já sentindo as lágrimas molharem meu rosto.
Não era justo... não era justo tudo que estava acontecendo comigo.

Continua...
Oi meninas, me desculpem a demora! Estava em semana de prova mas tinha deixado um capítulo pra vocês mas quando vi, o capítulo tinha sumido ai eu reescrevi hoje e ficou bem menor pq eu estava ocupada hoje mas espero que gostem. Obrigada pelos comentários e pelas visualizações. Hoje eu estou mais feliz do nunca pq o Justin esta voltando a se apresentar! Enfim hahaha, vejo vcs no próximo capítulo.
P.s: fiz uma conta no Kiwi (aquele app que ta na moda agora kk) é @Thazinha_s se alguém quiser me fazer perguntas >.<
Insta: wtfstha
twitter: @WithJustinBr
Page: Textos for Bieber
beijos!

7 comentários:

  1. To como anônimo pq esqueci minha conta aq do google...Amei CR , n para por favor , amo sua ib��❤

    ResponderExcluir
  2. Cara nem acredito que vc voltou com timber :D simplesmente amando :D não para mais não :P
    Aguardando o próximo rsrsrsrsrsrsrsrs mas estuda pras suas provas pra tirar nota boa :p

    ResponderExcluir
  3. Amooor eu amei e super shippo Justin e Lily, porém as vezes sinto dó da babi pois eu entendo que ela é assim pois nunca se sentiu amada de verdade e acabar amando alguém que não gosta de você

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (Não consegui terminar então vou continuar aqui) isso acontece muito em história de crush é muito na vida real (até mesmo comigo) HAJAJAJ então é isso beijo E continuaaaaaaa

      Excluir
  4. Chorei aqui cara :'( ...Qual pessoa na vida real pode imagina como a Lily? sabe o que passou na minha cabeça agora? Nao? A Barbara se cortando, serio eu imaginei isso kkk. Continua!

    ResponderExcluir