10 de dez de 2011

Capítulo 2 ണarry yഠu ♔

De manhã me arrumei e desci para tomar café, meus pais estavam conversando algo sobre uma viajem. Uma viajem que eu nem estava sabendo .
-Que viajem é essa ? - perguntei assustada, eu não queria ir viajar.
-É do trabalho do seu pai, e eu vou acompalha-lo para ele não ir sozinho á Atlanta .
-E eu ? - perguntei curiosa.
-Você vai ficar aqui ou... você quer ir ?
-Não ! Eu quero ficar .
- Fica então mas você vai ter que se virar pra fazer comida filha !
-Vocês vão ficar quanto tempo ?
-Vamos hoje á tarde e voltamos amanhã, acho que você sobrevive né filha ?
-Claro que sim, eu me viro pode deixar .
Depois que eu tomei o café, subi para meu quarto e liguei o computador . Digitei ''Justin Bieber '' no GOOGLE e fiquei lendo tudo sobre ele. Havia muita coisa sobre ele, muitas entrevistas , comentários de famosos, ele parecia legal, engraçado . Teve uma noticia que me chamou a atenção . No titulo estava escrito assim '' NOVA NAMORADA DE JUSTIN BIEBER'' eu cliquei e o link se abriu . Quando a página abriu havia uma foto de nós dois, na pista de patinação . Eu desci e li os comentários . Alguns diziam assim '' É bem melhor que a Selena '' '' Ela é linda '' ''Eles formam um belo casal'' a maioria eram das fãs do Justin. Eu olhei para ver a data, e haviam postado essa manhã. Justin concerteza não havia visto aquilo , senão ele teria me ligado ou impedido que postassem, ele teria feito alguma coisa né ? Pelo menos ter me avisado . Ainda bem que meus pais não costumavam entrar na internet . Minha mãe não sabia usar o computador e meu pai só o usava para digitar aqueles documentos importantes. Eu peguei meu celular e entrei na agenda Procurei pelo número dele e cliquei. Estava chamando . Aquilo era estranho .Estar ligando para um famoso , concerteza te dava um ar de adimiração só de ter o número dele gravado no celular. O telefone chamou um pouquinho e finalmente ele atendeu :
-Alo ? - disse ele com uma voz sonolenta, parecia ter acordado agora.
-Justin é você ?
-Sim quem fala ?
-Jennifer.
-Que Jennifer ?
-Deixa de ser lerdinho menino, a jenny de ontem ...
-Ahhh... Você queria o que ? Eu te conheço por Jenny ué.
-Tudo bem , desculpa se estou sendo grossa mas... você viu as notícias de hoje ?
-Não, pera ai .
O celular ficou mudo por alguns segundos e ele voltou .
-Eu não acredito ! Pararazzis idiotas ! - disse ele parecendo bravo.
-Eu não sabia que ele eram tão rapidos assim ... agente mal se conhece e eles já dizem que somos namorados.
-Eu não estou me preocupando com isso , estou preocupado com você . Eles podem ter me seguido ontem quando fui te levar ... não sai de casa ok ? Eles fazem de tudo por uma foto .
-Mas Justin eu tenho que sair, não vou ficar presa em casa o dia inteiro.
-Você não tem que ficar o dia inteiro , só até eu te buscar pra gente ir jantar , até lá eles já vão ter desistido de você.
-Otimo agora eu vou virar prisioneira !
-Não , não pense desse jeito mas se você quizer pode mudar isso .
-Como ? - perguntei curiosa.
-Não jantando comigo , simples. Aposto que eles vão conseguir outras fotos da gente mas se você quizer desisitir eu não me importo, isso sempre acontece comigo.
Eu mordi os lábios, é claro que eu queria jantar com ele.
-É claro que eu quero jantar com você , e também  eu te devo isso certo ?
-É mas se prejudicar você eu é que vou ficar te devendo ...
-Isso agente resolve depois ok ? Agora me diz uma coisa ?
-OK. O que você quer saber ?
-Onde você vai me levar ? Eu preciso saber para escolher a roupa.
-Não precisa se arrumar muito , você é linda mas eu não vou dizer é surpresa.
-Surpresa ? Eu já te disse que esses tipos de surpresa me matam ?
-Você não vai morrer por isso e garanto que não vai se arrepender.
-Ai Meu Deus me deixa curiosa a cada palavra que você diz.
-Vai ter que aguentar ~o telefone ficou mudo por uns segundos~, eu vou ter que desligar, tenho que gravar uma música hoje te pego ás 8 hrs então ?
-Claro ...
-Tchau, beijo.
-Beijo.
Eu desliguei o telefone e voltei para o computador. Fiquei vendo outras noticias sobre ele, o fim do namoro dele á 3 meses com a SELENA GOMEZ, a paixão que ele tem pela Byonce ... até que li uma coisa muito esgraçada e um pouco safadinha. Estava escrito assim '' #imaginebelieberhot : Justin : Vamos brincar de nuvem ? Você : E como se brinca ? Justin : Eu fico nu e você vem *o* ''
Fechei a pagina na hora, aquelas fãs eram muito safadinhas, mas eu sabia que com um menino lindo desses não dava para te outro pensamento. Fiquei no computador até as 6 hrs. Depois fui me arrumar.Tomei um banho e me arrumei assim :


Meus pais haviam saido enquanto eu estava no banheiro e quando eu fui na cozinha , havia um bilhete colado com o imã na geladeira '' Agente ja foi filha, toda cuidado , se for sair tranca a casa toda, agente volta logo . Com amor : papai e mamãe ''
Aquilo estava pior que professores de crechê, eu sabia me cuidar e aliás eu já era bem grandinha para cuidar de mim. Fiquei sentada no sofá , esperando ele chegar , já eram Oito horas , ele já devia estar ali. Depois de ter passsado 15 minutos, a campanhia tocou e eu fui atender. Era ele . Ele estava lindo . Vestido assim :
-Oi. - disse ele com um sorriso. -Você esta linda .
-Você também está. - eu retribui o sorriso.
Eu tranquei a porta e entramos no carro dele.
-Pra onde vamos ?
-É surpresa eu ja disse.
-Mas Justin ...
-Mas nada linda. Se acalma, você vai gostar.
Depois disso eu fiquei quieta, não queria que ele me achasse chata ou coisa assim. Aquilo tudo parecia um sonho, um sonho que eu nunca havia sonhado. Ele parou o carro do nada no Central Park. Eu desci do carro mas não intedendia nada do que estava contecendo .
-O restaurante que agente vai fica aqui perto ? - perguntei curiosa.
-Não. - disse ele.
-Não ? E onde é ? Vai falar que vamos fazer um piquinique ?
-Mias ou menos .
-Como assim ?
-Você confia em mim ? - disse ele me olhando .
-Eu to tentando ... - eu disse sorrindo.
-Ok, não precisa ter medo .
-Eu não estou com medo , só estou curiosa.
Ele riu e segurou minha mão me puxando para dentro do Central Park . A noite no Central Park era linda, estava mais ou menos assim :


Ele foi me puxando até que eu avistei um clarão no meu de todo o gramado. Havia uma mesa lá, com velas ... AWWNN que fofo . - eu pensei.
Nós aproximamos, e eu pude sentir o cheio da comida parecia deliciosa. A mesa estava perfeita, com taças lindas ... ele sorriu pra mim .
-Gostou ?
-NOSSA JUSTIN ! Eu amei ...- disse quase chorando. Era uma noite muito linda mesmo .
Ele afastou a cadeira para mim e eu sentei , ele também se sentou puxando sua cadeira para que ficasse mais perto de mim.
(Justin Bieber narrando)
Ela estava sorrindo , que bom eu consegui deixa-la feliz.
Eu servi a ela a comida . Ela esperimentou e fez uma cara de quem gostou eu sorri pra ela. Estava gostoso mesmo.
-Eai gostou ?
- Esta uma delicia mas foi você quem fez ?
-Vamos pular essa pergunta ? - disse ele rindo.
-Bobo . Mas muito obrigada eu não pensei que seria assim nosso jantar .
-Aé ? E como você pensou ?
-Sei lá , tipo que agente iria em um restaurante e só.
-Que falta de imaginação você.
Ela sorriu. Depois disso ficamos conversando sobre a vida de cada um de nós. Jenny contou sobre sua família, amigos e eu contei sobre a minha vida também. Quando acabamos de comer, fomos nos sentar no gramado para conversar e ver as estrelas .
Estavamos deitados um do lado do outro quando começou a molhadeira. Umas gotas de água pingaram sobre mim e sobre ela. Era os trequinhos que regavam a grama á noite. Nós lenvantamos correndo e ficamos correndo de um lado para o outro, sorrindo e tentando achar um lugar onde não tinha esses trequinhos. No final de tanto correr, nos deitamos no chão, no meio de toda aquela chuva ~dos trequinhos~ e ficamos rindo, cansados de tanto correr. Depois de um tempo a moladeira acabou, os guichos d-agua pareciam ter se fechado.
-Nossa ! - disse ela se levantando. -Olha o nosso estado Justin !
-Verdade !
-Quer ir pra casa se secar ? - perguntou ela me olhando.
-Claro. - eu disse.
Eu precisava me secar ou ia pegar um respriado .
Entramos no meu carro , torcendo para que não causasse nenhum dano á minha belezinha ~o carro~ e fomos para casa dela. Quando chegamos lá ela abriu a porta a casa estava totalmente vazia.
-Cade seus pais ? - perguntei á ela.
-Foram viajar , só voltam amanhã ... - ela foi até o quarto dela antes que eu pudesse dizer algo e voltou trazendo uma toalha.
-Toma mas acho que você devia tomar um banho e colocar sua roupa pra secar na secadora, antes que você pegue um resfriado.
-Tudo bem, onde fica a secadora e o banheiro ?
-O banheiro fica na segunda porta á direita e a secadora fica pra fora da casa, na lavanderia ... é só você ir até o fim do corredor e abrir as portas do fundo .
-Tudo bem... - parecia dificl de achar mas não era. Entrei no banheiro e tomei banho. Quando sai fui até a lavanderia, joguei minhas roupas lá dentro e liguei a secadora.
Quando voltei para sala. Jenny estava toda arrumada, ela parecia bem ao contrario de mim que ainda estava tremendo .
-Cade suas roupas Justin ? - perguntou ela me olhando. Eu tinha esquecido de um pequeno detalhe, eu estava só de boxer e com a tolha por cima.
-Eu coloquei pra secar .
-E você vai ficar assim ? Ainda por cima esta tremendo pior que um terremoto.
Ela se aproximou de mim e colocou sua mãe em minha testa.
-Nossa! Você esta quente Justin !
-Impossivel, estou morrendo de frio ...
-Pois é, deve ter pegado resfriado e agora esta com febre.
-Nossa! Eu não posso ficar doente, e se afetar a minha voz é pior ainda!
-Calma ! Senta no sofá que eu vou pegar uns cobertores e um rémedio pra você tomar ok ?
Eu fiz que sim com a cabeça e ela foi pegar o rémedio e os cobertores. Me sentei no sofá como ela pediu, tentando me aquecer mas parecia impossivel. é, eu devia estar com febre mesmo.
(Fim narração Justin Bieber)
Eu subi e peguei um rémedio, fui até o quarto pegar uns cobertores. Quando voltei para sala ele parecia estar pior. Estava tremendo e seus dentes até batiam, o cobri com os cobertores, fui até a cozinha e peguei água para que ele beber com o rémedio. Depois dele ter tomado o rémedio, achei melhor leva-lo para meu quarto, pelo jeito ele precisa descansar e sofá não era um dos melhores lugares para isso. Fomos para o quarto e ele se dentou na cama, eu peguei um travesseiro e fui abrindo a porta para ir dormi na sala.
-Onde você vai ? - perguntou ele meio cansado.
-Dormi na sala.
-Porque ?
-Justin!
-Ahh mas deita aqui , por favor eu não vou te atacar eu não sou assim ...
-Tudo bem ... - ele havia feito uma crinha tão fofa, que eu fui porque afinal se acontecesse algo eu estria ali para ajuda-lo.
Deitei ao seu lado, ele envolveu seus braços a minha volta e pegou no sono. Ele ficava lindo dormindo, parecia um anjo, mas era loucura ... eu estava sentindo algo diferente, sim eu estava gostando dele mas eu decidi não pensar nisso... com tantas meninas querendo ele porque ele escolheria justo a mim ? Fechei os olhos querendo esquecer de tudo aquilo, e acabei dormindo também. (...)

5 comentários: