11 de dez de 2011

Capítulo 4 ണarry yഠu ♔

No outro dia, acordei cedo. Eu não estava me sentindo bem, meu coração estava apertado como se algo estivesse acontecendo ou fosse acontecer. Entrei no banheiro , liguei o choveiro e sobre mim caiu água quente, água quente sempre me acalmava mas desta vez foi diferente . Meu coração estava apertado demais. Sai do banho, me arrumei assim :

Fui para a cozinha e minha mãe estava pondo a mesa do café da manhã.Eu me sentei em silêcio , o perto no coração era tão grande que meus olhos enxeram de lágrimas. Eu as enxuguei.
-Filha ? O que você tem ? - perguntou minha mãe me olhando preocupada.
-Eu não sei mãe, eu to sentindo uma coisa aqui - eu coloquei a mão em meu coração . - e ta doendo muito.
-Filha !Eu vou te levar no médico , MEU DEUS!Começou a doer agora ?
-Não é esse tipo de dor, não é dor fisica , é um aperto ...como se eu soubesse que algo está acontecendo mas eu não sei o que é, dói demais ...
-Calma filha, você esta muito nervosa!Não esta acontecendo nada, fica calma.
-Tudo bem, eu vou tentar.
-Fiz um café da manhã delicioso pra você.- ela sorriu pra mim, colocando em meu prato a omelete que ela havia feito . Ela me serviu o suco de laranja e eu começei a comer .
Depois que acabei meu celular começou a tocar , estava em meu quarto por isso eu não atendi . Depois de ter tocando umas 5 vezes eu subi e fui atender. Que pessoa insistente.
Entrei no meu quarto e peguei o celular que acabará de parar de tocar, vi as chamadas , eram todas do Justin . Retornei a ligação. Chamou por uns momentos e uma mulher atendeu.
-Alo ? - disse a voz de mulher. - Quem fala ?
-Oi, é a jenny quem fala ?
-Pattie a mãe do Justin ! Ahh você é a jenny certo ? A menina que o Justin saiu ontem ?
-Sim sou eu... ér eu estou ligando porque tem umas 7 chamadas do Justin no meu celular e eu só pude atender agora a senhora poderia chama-lo ?
-Fui eu que liguei pra você .
-A senhora ?
-Sim, você é muito amiga dele né ? Porque ele disse hoje que adora a sua companhia mas eu não pude deixar ele te ver hoje porque bom... ele desmaiou.
-DESMAIOU ? PORQUE ? ELE TA BEM ? OMG
-Esta fraco , muito fraco. Com todos os shows ele tem comido pouco, ele esta delirando, dizendo seu nome sem parar , e ele não quer comer .
-MEU DEUS ! ELE TEM QUE COMER!
-É isso que eu disse mas ele não quer então eu liguei pra vc pra pedir que você venha até aqui e tente fazer ele comer , se não for imcomodar é claro.
-Mas a senhora acha que ele vai me ouvir ?
-Claro que vai, ele fala de você de um jeito diferente . Garanto que ele te ouve.
-Ok eu vou agora ai, me passa o endereço do hotel que vocês estão ?
-Claro . - ela passou o endereço . -Por favor venha o mais rápido que você puder esta bem ?
-Claro , claro já estou indo .
-Obrigada , tchau.
-Tchau !
Eu desliguei o celular e sai correndo.Minha mãe estava na cozinha, eu peguei minha bolsa, coloquei o celular dentro e fui na cozinha avisa-la que estava saindo .
-Mãe eu vou sair ta ?
-Ta filha . Onde vc vai ?
Eu não podia dizer que iria ver o  Justin, como da primeira vez ela não ia acreditar em mim e possivelmente iria me proibir de ir ve-lo.
-Ér... vou comprar uns esmaltes mãe, aqui perto tem umas lojinhas tão bonitas, devem ter esmaltes bonitos também ...
-Tudo bem filha, volta cedo esta bem ?
-Ta Mãe!
Eu corri para a porta e sai , minha mãe concerteza não devia ter notado minha cara de desesperada. Eu estava preocupada demais com o Justin. Como ele não quer comer ? Onde ele está com a cabeça ? Desse jeito ele fica doente . Não demorou muito pra mim chegar no hotel, ficava perto da minha casa. Eu entrei e Kenny , o segurança do Justin estava me esperando.
-Você é a jenny ?
-Sim .
-Venha ! Eu vou te levar pro quarto onde a Pattie e o Justin está.
-Tudo bem... - eu segui Kenny, que também me parecia preocupado. A situação realmente parecia ruim. Quando terminamos de subir as escadas Kenny me mostrou a porta do quarto dele . Eu fui até a porta e bati. Pattie abriu  a porta para mim.
-Oi . - ela me abraçou.
-Oi, como ele esta ?
-Dormindo , mas esta falando ... quer dizer delirando e diz coisas sobre você ...
-Que coisas ?
-Entre e veja você mesma .
Eu entrei no quarto, Justin estava deitado na cama de barriga pra baixo, ele dormia feito um anjo ... me aproximei e pude ver que ele estava suando, sua testa estava suada... ele devia estar com febre ou outra coisa. Eu sentei na cama ao seu lado e então ele começou a dizer uma coisas que eu não entendia ...
- Bolo... swag...fãns, eu não posso ... eu tenho que cantar...minha voz... mudou ... eu a amo , jenny é linda...
Nesse instante , eu olhei para Pattie , assutada. Ela olhou pra mim também.
-Você pode me deixar sozinha com ele ? - pedi.
-Claro . - disse ela saindo do quarto. Quando a porta se fechou eu sentei no chão de um jeito que eu ficasse de frente para o rosto do Justin. Era de cortar o coração o jeito que ele estava. Suando e falando aquelas coisas loucas... eu peguei em sua mão , estava gelada .
-Deus, - começei a dizer . - sei que eu nunca agradeço o senhor, sempre peço e peço eu prometo que vou mudar mais por favor DEUS por favor... não deixa ele assim, me ajuda a faze-lo comer ... me ajude a faze-lo melhorar ... - uma lágrima caiu do meu olho, eu abaixei a cabeça.
-Jenny...- ouvi uma voz rouca dizer, eu o olhei .
-Justin ? - eu pulei nele o abraçando.- Justin! Quem bom que você acordou ! awwwwwwwwn .
-Ei ! Esta me sufocando ...
-Ai desculpa...- eu disse saindo de cima dele e sentando ao seu lado. Ele se sentou e me olhou curioso.
-O que faz aqui ?- perguntou ele . Sua voz estava tão rouca, ai Meu Deus.
-Sua mãe me chamou ...
-Ela te contou ?
-Sim, porque você não esta comendo JUSTIN DREW BIEBER ? Você percebeu o seu estado ?
-Eu não tenho fome, nem animo pra comer, eu estou com sono a maior parte do tempo ...
-Por causa do seus shows, eu acho que você deveria cancelar alguns e descansar ...
-Não ! Eu não vou deixar minhas fãs na mão !
-Você prefere cancelar uns e tirar umas férias ou morrer Justin ? - ele se encolheu. - Porque pessoas que não comem morrem sabia ?
-Desculpa ... acho que é isso então.
-Oque ?
-Eu vou comer...
-Serio ?
-Aham .
-Promete que vai descansar também ? Quer dizer parar um pouco .
-Depois do show na Times Square eu vou tirar férias se isso deixa todos felizes...
-Você ainda parece triste ...- comentei olhando para ele.
-É ruim, saber que vou ficar sem shows por um tempo...
-Mas isso é pra sua saúde... Meu Deus eu fiquei preocupada com você ...
-Ficou ? Por isso seus olhos estão cheios de lágrimas ? Vc chorou por minha causa ?
-Sim... - eu respondi,olhando para o chão.-Eu me importo com você Justin.
-Pode me chamar de Jus ...
-Tudo bem Jus.
-Você é estranha . -disse ele rindo . - Chorando ai no chão, você sabe que isso é uma cama né ? - ele riu , um riso bom de se ouvir.
Eu pulei em cima dele , rindo e fazendo cocegas em sua barriga.
-VOU TE MOSTRAR QUEM É A ESTRANHA JUSTIN BIEBER ~cocegas~
-Não ! Para jenny , você não é estranha, desculpa para . - disse ele rindo.
Nesse instante a mãe dele entrou no quarto.
-O que ta acontecendo ? - perguntou ela. - Filho ! Você acordou ! Como se sente ?
-Bem melhor, a jenny esta aqui um pouquinho me fazendo rir ...
Ela sorriu pra mim.
-Pattie você pode trazer alguma coisa pro Justin comer ... ?
-Você quer filho ?
-Sim.
-Serio ? - perguntou a mãe dele surpresa.
-Aram, a jenny falou comigo e me fez perceber que é melhor eu comer e ... mãe a senhora pode dizer pro Scooter que depois do show aqui em NY eu quero tirar umas férias, acho que chega de shows por um tempo ...
-Filho ? ISSO É PERFEITO ! CLARO QUE EU FALO. Vou pegar algo pra vc comer, ja volto. - disse ela saindo e fechando a porta.
-Isso foi muito legal, sua mãe esta feliz agora.
-É verdade, acho que eu preciso de férias mesmo mas e você ?
-O que tem eu ?
-Você esta de férias de verão certo ?
-Aram.
-Quer ficar aqui hoje ? ... slá pra gente ficar conversando , já que eu não posso sair eu vou ficar sozinho aqui nesse quarto, tem filme, tem jogo ...
- Claro que eu quero, bom...se sua mãe não se incomodar.
-É claro que ela não se incomoda, você fez eu comer , isso é um milagre !
- Tudo bem, mas eu quero você comendo muito hoje, e sempre. Quero te ver forte como você estava ontem eim !
-O.K. maluquinha . - ele sorriu.
Logo sua mãe entrou no quarto com um prato cheio de salada e um suco de laranja.
-MÃE! SALADA NÃO ! ECA!
- JUSTIN ! É PRO SEU BEM, TEM TODAS AS VITAMINAS QUE VC PRECISA AQUI !
- É verdade Justin ! Você tem que comer, você prometeu ...
-TA ! EU COMO !
Sua mãe , colocou a bandeija em cima da cama.
-Eu vou ter que sair ... mas jenny fica de olho pra ver se ele come ?
-Claro , pode ir tranquila .
Ela sorriu e saiu do quarto novamente.
-ECA!- disse ele resmungando.
Eu peguei o garfo na mão.
-DEixe que eu dou pra você... - ele sorriu
Fui dando comida na boca dele, ele fazia cara feia, até eu faria . Aquela salada estava muito verde . ECa. Mas ele precisava comer. Depois de comer, Justin foi tomar um banho e eu fiquei sentada na cama esperando . Quando ele saiu ele estava só de toalha. Eu o olhei . Meu Deus, que lindo . Desviei o olhar mas ele percebeu.
-Que foi ? - disse ele olhando pra mim com uma cara tipo essa :

-Nada.
Ele sorriu pra mim , pegou uma roupa no guarda roupa enorme que estava em seu quarto e voltou pro banheiro , para se vestir. Saiu de lá assim todo arrumado :

-Então o que quer fazer ?
- Agente pode assistir um filme ...- eu disse.
-Claro.
Ele ligou a tv , e colocou Esposa de mentirinha. Eu me sentei na cama, ele pegou umas almofadas e colocou sobre a cama, e se deitou .
-Ei você vai ficar sentada ? Deita aqui . - disse ele sorrindo.
Eu fui e deitei ao seu lado.
Enquanto o filme ia passando , Justin foi de aproximando de mim , eu podia impedi-lo mas não fiz. Logo ele estava abraçado comigo .
Ele me virou de frente pra ele , eu achei estranho, eu pensei que ele estivesse concentrado no filme.
-O que é isso Jus ???
-Tem uma coisa que eu quero te dizer...
-Oque ? Pode falar.
-Desde daquele beijo que eu dei em você , eu não paro nem por um segundo do meu dia em pensar em você ... - ele se aproximou de mim, e me deu outro beijo. Este foi mais intenso, porque como ele, eu também queria, meu coraçao disparou. Quando ele parou de me beijar, meus olhos estavam cheio de lágrimas.
-Que foi ?
-Eu gosto muito de você Justin ... parece até sonho isso. Se for sonho eu não quero acordar ...
-Não é... e eu queria te perguntar se... - nesse momento meu celular tocou !
 EU o atendeu e Justin ficou brincando com meu cabelo enquando vc o atendia. ELe sorria pra mim , e eu tbm sorria, Era uma reação involuntária.
-Alo ? - eu disse atendendo o telefone.
-Filha ? Onde vc ta ? Você não ia só comprar uns esmaltes ?
-Desculpa mãe, é que eu não achava e tive que comprar em um loja um pouco longe dai , mas eu já to indo ta ?
 -Ta , vem logo já esta quaze na hora da janta !
-Ta bom, tchau mãe !
Eu desliguei o celular.
-Era sua mãe ? - perguntou o Justin me olhando .
-Era. Eu tenho que ir pq eu menti pra ela !
-Mentiu ? Pq ?
-Porque eu não podia dizer que ia ver você .
- E pq não, sou tão feio assim ?
-Não você é lindo mas ela não acreditou em mim, quando eu disse que te conhecia, acho que ela ia me internar em alguma clinica.- eu ri .
-NOSSA ! Espera só até ela me ver . -ele riu , parecia estar imaginando . -Posso ir na sua casa com você ?
-Que dia é seu show ?
-Amanhã .
-Então você não pode . -eu sorri da cara feia que ele fez.-Você tem que descansar, esta um pouquinho palido ainda e você prometeu que ia descansar ...
-TA TUDO BEM, por vc eu descanso mas quando eu melhorar eu vou na sua casa . - ele sorriu
-Ta agora eu vou indo . -eu disse pegando minha bolsa que estava em sua cama.
Ele se levantou comigo , e me puxou pela cintura.
-O que vc ta fazendo ? - eu perguntei surpresa. Ele era tão safadinho.
Ele não respondeu . Me beijou outra vez, é claro eu retibui o beijo .
-Te dando um beijo ué. - ele sorriu.
-Bobo . - eu dei um beijo no rosto dele. QUE SONHO. - Tenho que ir ta ?
-Ta mas antes espera um pouquinho... - ele se afastou de mim, e saiu do quarto.
-Justin ? Onde vc vai menino ? - ele não me respondeu. Eu fiquei esperando ele , quando ele voltou estava sorrindo.
-Amanhã tem meu show aqui em NY e eu queria que você fosse pode ser ? - ele entregou na minha mão um ingresso .- Você vai ficar lá atras do palco com o kenny .
-AWWWWWWWWWWWN , é claro que pode, obrigada . - eu dei um selinho nele.
-Denada - disse ele sorrindo .
Nós nos despedimos mais uma vez e eu fui embora. Quando cheguei em casa , minha mãe estava colocando a mesa para o jantar.
-OOOOI MÃE . CHEGUEI!- eu disse entrando na cozinha. - QUE CHEIRO BOM, ESTOU MORRENDO DE FOME .
- É MOCINHA E ONDE A SENHORITA ESTAVA ? VC DEMOROU DUAS HORAS !
-Mãe eu tenho qe te falar uma coisa ...
-O que ?
-Eu menti pra senhora, eu não fui comprar esmaltes ...
- E onde vc foi ?
-Fui ver o Justin ...
-Outra vez com essa historia, tudo bem se vc esta virando fã dele mas filha ele nem deve estar em NY !
-Ta sim mãe e eu inda ganhei ingresso ! - eu tire o ingresso da minha bolsa e mostrei pra ela. Ela me olhou assustada . Parecia nervosa.
-Filha você jura pela morte do seu pai que você foi encontrar esse menino ?
-Juro mãe !
Ela me olhou com uma cara estranha.
-E ele não esta pedindo nada á você esta ?
-Como assim mãe ?
-Tipo coisas erradas ?
-MÃE EU NÃO ESTOU ENTENDO A SENHORA ?
-ok vou falar abertamente pq sei que vc me intende ! Sexo filha ! Ele não esta pedindo isso né ? Eu sei como são essas pessoas famosas , fazem isso e esquecem a menina facinho.
-MÃE FICOU LOCA ? Claro que não e além do mais eu amo ele .
-Todas as meninas amam ele minha filha !
-Mas e diferente eu to apaixonada por ele .- OMG o que eu acabei de falar ? Eu adimiti isso. Agora tudo começou a fazer sentindo em minha cabeça, por isso eu gostava do jeito que ele sorri , do jeito que ele fala. OMG eu acabei de dizer isso pra minha mãe ? CADÊ VOCÊ CERÉBRO ?CADE ?
-Filha / É serio ?
-Sim ;/
-E ele sabe ?
-Não mas agente se beijou . - OPS FALEI .
-E você acha que ele gosta de você também ?
-Ele disse que pensa em mim todo dia...
-Isso é bom, eu quero que vc seja feliz esta bem ? Se ele não te querer, tem outros por ai que querem ok ? Não va sofrer por isso .
-Tudo bem mãe mas cade o papai ?
-Ta no escritorio !
-Ele nao vai vim pra jantar ?
-Não, ele ta em reunião com uns agentes, só nós duas mesmo.
Eu sorri. Era melhor. Eu poderia ir dormir e evitar o papo que concerteza meu pai ia querer ter comigo .
Depois que eu jantei, fui dormir. O dia tinha sido longo e incrivelmente preoculpante ... perfeito. (...)

5 comentários: