14 de dez de 2011

Capítulo 6 ണarry yഠu ♔

De manhã eu acordei mais cedo do que todo mundo , se meu pai me visse dormindo abraçada com o Justin provavelmente iria brigar comigo e com ele. Depois de me arrumar, eu desci e fiz o café da manhã, meus pais chegaram na cozinha quando eu estava pondo a mesa.
-Acordou cedo filha ?
-Sim mãe! Estava sem sono .
-E cadê o Justin ? Eu não vi ele no sofá ...
-Ta no meu quarto . - ela me olhou surpresa e eu me apressei em  explicar.- Eu falei pra ele dormir lá hoje de manhã, o sofá estava um pouco desconfortável .
-A bom ...- disse ela se sentando á mesa que eu havia arrumado. Meu pai se sentou ao lado dela.
-Filha porque você não acorda o Justin pra tomar café ? - disse me pai , passando a manteiga no pão .
-Ta bom pai ...
Eu fui até meu quarto e entrei, tomando cuidado para que ele não acordasse aos barulhos. Depois daquele show, ele devia estar cansado. Eu fui até a cama e me sentei ao seu lado. Ele dormia como uma pedra, mas mesmo assim não deixava de parecer um anjo.
-Jus!- eu disse o chamando. Ele não acordou. Eu balançei o braço dele e o chamei , mais alto desta vez. - JUSTIN!
Ele abriu os olhos, bocejando e passando os dedos em seus olhos para despertar.
-Bom dia dorminhoco ! - Ele estava com cara de quem não dormia a dias.
-Bom dia ... - disse ele se sentando na cama.
-Você está cansado ? Se você estiver eu trago seu café depois...
-Não eu to bem , nunca dormi tão bem ... sua cama é otima . - disse ele sorrindo.
-Bobo...
-Nossa mas eu quaze não consegui dormir sabia ?
-Não ? Porque ?
-Porque você ficou roncando , Meus Deus ! - disse ele sorrindo, parecia estar reprimindo uma rizada.
-Eu ? MAS EU NÃO ROUCO ! Ouuu ronco ? - perguntei confusa e com vergonha.
-Não !- ele riu.- Eu tava brincando sua boba !
-Você me assustou Justin ! Seu bobooo !
-Venk vem . - disse ele estendendo os braços pra mim . Eu o abraçei . - Você é uma bobinha ...- eu fiz bico.- uma bobinha linda. - completou ele.
Eu dei um selinho nele e o afastei . Não podiamos nos beijar toda hora. Não no meu quarto , correndo o risco do meu pai chegar e sempre que ele me beijava eu não pensava e logo as coisas ficavam quentes ... então era melhor parar por ali.
-Eu to com mal alíto ? - perguntou ele me olhando.
-Não .
-E porque você me afastou ?
-Meu pai , intendi ? Ele não gosta que eu fique agarrada com você, eu já vi isso na cara dele e sempre que agente se beija ... bom você sabe .
-Eu sei ? - perguntou ele , confuso.
-Sempre que agente se beija , as coisas ficam quentes demais. - eu disse corando .
Ele deu um beijo na minha bochecha vermelha.
-Você tem razão ... - disse ele.
-Você vai descer pra tomar café ?
- Sim, só vou tomar um banho antes ta bom ?
-Claro, eu te espero lá embaixo ta?
-Ta . - disse ele dando outro beijo em minha bochecha.
Eu levantei da cama e sai, indo pra cozinha. Eu disse aos meus pais que ele estava tomando banho e que ia descer daqui a pouco. Eles tomaram seu café tranquilamente e eu também. Justin não demorou muito e desceu pra tomar café.
-Bom dia! - disse ele entrando na cozinha.
-Bom dia ! - responderam meus pais juntos.
Justin se sentou ao meu lado , me deu um selinho sorrindo pra mim e começou a comer. Quando acabamos enquando meu pai e minha mãe assistiam TV eu e Justin ficamos lavando a louça do café da manhã. Quando eu guardei o último prato o celular do Justin tocou e ele atendeu.
Ele só assentia, sem dizer, ouvia e do nada começou a gritar de felicidade : - OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOh! Serio ? ~pausa~ Que bom estava com saudades deles ...~pausa~ sim, vou convidar ela sim. ~pausa~hoje ? Não é muito cedo ? Tem vôou essa noite ? ~pausa~ An. O.K vou preparar tudo, me pegam á que horas ?~pausa~o.k mas e os fotografos ?...~pausa~ to sabendo ... mas se é assim , vou explicar á ela, obrigada Scooter e agradece minha mãe quando ela chegar o.k ? ~pausa~Tchau.
-Quem era ? - eu perguntei olhando ele guardar o celular.
-O Scooter, minha viagem de férias vai ser hoje á noite, Meus amigos Chaz e Ryan vão me encontrar lá depois de amanhã. -disse ele sorrindo.
-E pra onde você vai ? - eu perguntei curiosa.
-Pra uma praia na Flórida, o Scooter tem uma casa na praia e emprestou pra gente .
-AH !- eu o abraçei.- Estou muito feliz por você . Que bom que você vai descansar ...
Ele olhou pra mim sorrindo.
-O Scooter me disse mais uma coisa!
-O que ?
-Que eu posso te levar junto !
-EUUUUUUUU ?- eu perguntei, surpresa.
-É, você quer ir ?
-Eu quero mas... meus pais não vão deixar .
-E porque não , você vai estar segura comigo , sem fotográfos , sem esses paparazzis , agente realmente vai descansar...
-O problema não é isso , e sim eu viajar sozinha com você ...
-Mas eu posso conversar com seus pais ...
-Tem certeza ? Eu não quero que meu pai brigue com você .
-Tenho sim , vamos lá . - disse ele me puxando para a sala.
OMG. Ele é louco. Esta se entregando aos leões totalmente vivo. Chegamos na sala e meus pais nos olharam.
-Sr. e Sra. Conti eu posso falar com vocês ? - disse o Justin , se sentando no sofá também.
-Pode menino.- disse minha mãe.
-Então ... hoje eu vou pra Flórida , tirar umas férias e queria que a Jenny fosse comigo , vocês deixam ela ir ?
-CLARO QUE NÃO ! FICOU MALUCO ? SE ACHA QUE EU VOU DEIXAR MINHA FILHA VIAJAR COM VOCÊ SOZINHA ? - Disse meu pai quaze gritando para o Justin.
-Mas...
-MAS NADA GAROTO ! -disse meu pai , interrompendo-o.
-Pai ! - eu disse quaze gritando também. - O que tem de mal ? Vai ser uma viajem legal , não vai ter perigo.
-Eu vou cuidar dela senhor.- disse o Justin alhando para o meu pai. Ele fez uma cara feia.
-SEM MUITO BEM COMO VAI CUIDAR!-disse meu pai , isso me ofendeu.
O que ele estava pensando ? Que somos dois adolêcentes irresponsáveis ?
-PAI ! VC ACHA QUE EU TENHO 9 ANOS ? EU SEI O QUE EU POSSO OU NÃO FAZER ESTA BEM ?-eu disse ,gritando, irritada com tudo aquilo.
-Filha ! Vc só tem 16 anos, ele é mais velho e sabe das coisas muito bem ... eu conheço esses adolêcentes de hoje em dia !
-Ele é só um ano mais velho pai, isso não muda nada!
-Eu acho que ela deveria ir ... - disse minha mãe falando pela primeira vez.
-ACHA ?- perguntou meu pai.
-Sim , desde que nos mudamos, ela só fica em casa, os amigos estão de férias e por nossa causa ela esta em casa e não podemos levar ela pra viajar pq temos trabalho , deixa ela ir Homem !É o melhor pra ela e você sabe que ela tem juízo pra saber o que ela faz .
Meu pai ficou em silêncio por alguns minutos, todos o fitavam.Ele nos olhou e começou a falar .
-Quanto tempo é essa viajem ? - perguntou ele pro Jus.
-15 dias.
-Você pode ir filha !
-Obrigado PAIIIIIIIIIIIIIII !- eu disse o  abraçando . Ele retribuiu o abraço e me olhou.
-Mas... - ele começou a dizer. -tem uma condição .
-Qual ? - eu perguntei , já perdendo as esperanças de ir. LÁ VEM BOMBA!
-Você vai ter que ligar todos os dias pra dar noticia ok ?
UFA ! ISSO EU PODERIA FAZER.
-Ta pai.Eu ligo.
-E a que horas vocês vão ? - perguntou minha mãe.
-Á noite ! - respondeu o Jus,sorridente.
-Então eu tenho que arrumar minha mala ! - eu disse indo pro meu quarto. Justin foi comigo e só ouvia o meu pai resmungando algo que eu não intendi.
Eu entrei no meu quarto e fui catar minha mala.Eu olhei pro Jus e ele sorria pra mim .
-Jus você não tem que arrumar sua mala ?
-Não o pessoal da produção vai arrumar e vai mandar com o carro que vai nos pegar .
-NOSSA!Que sorte .- eu ri.- Me ajuda a arrumar a minha então ?
Ele se apromimou de mim , pegando na minha cintura e me levando até ele. Ele começou a me beijar, era impossível resistir aquilo. Minhas mãos voaram para seu pescoço , seus lábios subiram até minha orelha e eu me arrepiei . Eu o afastei.
Ele me olhou sorrindo. Eu me virei e continuei arrumando a mala como se nada tivesse acontecido. Ele foi ao meu lado e começou a dobrar as roupas para caberem na mala. Eu dei um sorriso pra ele agradecendo  e continuamos a arrumar a mala.Ficamos ali quaze a tarde inteira, eu tinha muita roupa, e pra ajudar eu queria levar todas. Justin me fez escolher só algumas para caber na mala. Depois disso, eu fui tomar banho. Ele também tomou , depois de mim.
Nos vestimos , ele estava usando uma toca , um oculos preto, e um casaco . MAS NÃO ESTAVA FRIO ! O ESTILO DELE ME DEIXAVA SEM AR, MESMO COM TODA AQUELA ROUPA, EU IMAGINAVA A PERFEIÇÃO DE SUA PELE.Ele ficou me olhando pensativo, depois foi até a mala e pegou esse oculos :


Ele se aproximou de mim e colocou em meu rosto.

-Perfeita!-disse Justin me olhando.
-Virou estilista meu amor ? - eu disse olhando no espelho para ver como tinha ficado. Estava lindo.
-Não é que você tem que se disfarçar um pouco , talvez tenha fotográfos no aeroporto.
-A bom , obrigada .- eu disse sorrindo .
Nesse instante um carro buzinou na rua. Concerteza era o carro que buscaria eu e o Jus.
Justin pegou sua mala , que ele deixaria no carro, e a minha mala e fomos para a sala. Nos despedimos dos meus pais e saimos na rua. A rua estava deserta,entramos no carro que estava parado e ele deu a partida , nos levando até o aeroporto. O aeroporto era longe da minha casa. Provavelmente demoraria uma ou duas horas pra chegar.Eu abraçei o Justin, deitando minha cabeça em seu peito, ele envolveu seus braços a minha volta e eu dormi.
Abri os olhos e o Justin não estava do meu lado . Onde ele estava ? Eu ainda estava no carro. Olhei pelo espelho da frente e vi a cara do motorista me fitando.
-Onde esta o Jus ? - perguntei, nervosa.
-Ele foi comprar as passagens senhorita.
-E porque ele não me acordou ?
-Eu não sei senhorita.
-E porque ele não me chamou pra ir comprar as passagens com ele ?
-Porque ele achou melhor você não ir, devem ter muitos fotografos lá .
-Ah ! - eu disse , já mais calama.- Obrigada por me dizer .
-Denada.- respondeu o motorista.
Eu fiquei ali, quieta, esperando o Justin voltar. Quando ele voltou , ficou surpreso ao me ver acordada.
-Acordou ?
-Sim .
-Agente já pode ir . - disse ele com as passagens na mão.-Eu comprei as passagens e temos que esperar lá dentro.
-Tem fotográfos lá ?
-Não , mas podem aparecer alguns ... mas não se preocupem eles não vão te incomodar...
-Eu só não quero que eles te deixem nervoso...
-Eles não vão linda . - disse ele sorrindo.
Justin abriu o porta malas do carro e pegou minha mala, me entregando. Em seguida pegou a dele.
-Tchau Phiil ! - disse ele dando tchau para o motorista.
O motorista assentiu e deu partida no carro.
Justin pegou na minha mão , me puxando para mais perto dele e entramos no aeroporto. Enquando andavamos até a sala de embarque, eu vi muitas pessoas olharem pra gente e cochichando, provavelmente alguém iria dizer que estavamos ali.
Quando chegamos na sala de embarque , Justin se sentou em uma das cadeiras e eu me sentei ao seu lado. Ele tirou o casaco que estava usando.
-Esta calor aqui . - disse ele sorrindo.
Estava mesmo. NY não era muito quente mas no verão, o calor as vezes era insupórtavel. Quase como no Brasil.
Eu sorri pra ele , e olhei em volta. Vi um homem, com uma câmera na mão , mirando em nossa direção . Eu tinha certeza, era um paparazzi .
-Justin . - eu disse olhando para o paparrazi.
-Que foi meu amor ?
-Tem um paparazzi ali .- eu disse apontando para o homem com a bela câmera na mão. Justin o olhou.
-É verdade mas... ainda bem que só tem um . - disse ele brincando.
-Você não se irrita com eles ? Ele olham como se fossemos uma proriedade dele .
-Eu sei mas já estou acostumado linda, mas pq ?Você não gosta de paparazzi ?
-Na verdade, é estranho , alguém tirando foto de cada gesto que você faz ... e eu não gosto muito de fotos...
Ele colocou seus braços em volta de mim e me abraçou.
-Fica sussegada, eles não vão se aproximar , só tem um  e ele concerteza não tem coragem de vir, os paparazzis são assim Jenny...
-Isso é estranho...- eu disse com uma cara pensativa.
-É verdade . - disse ele sorrindo.
Depois disso eu fiquei quieta e Justin tbm. Quando chamaram o nosso vôo o fotografo que estava ali, nos acompanhou até entrarmos no corredor até o avião.
Quando entramos no avião, a aeromoça falou tudo que tinha que falar sobre segurança , e como se comportar em um avião. Eu sabia tudo aquilo, então como eu estava cansada , eu abracei o Justin e eu dormi novamente. No outro dia, acordei com o sol vindo da pequena janelinha do avião.Justin estava dormindo em meus braços , todo á vontade. Eu olhei no rélogio e já eram 5 da tarde. COMO PODIAMOS TER DORMIDO TODO AQUELE TEMPO ? Eu balançei Justin o acordando.
-O que foi ? - disse ele abrindo os olhos.
-Já são 5 horas Justin !
-Nossa! Agente dormiu tudo isso ?
-Sim.- eu sorri.-Acho que estavamos muito cansados.
-Eu ainda to cansado ...- disse ele bosejando. Eu não estava cansada, mas poderia fechar os olhos e dormir se eu quizesse.
Minha barriga roucou e ele sorriu pra mim.
-Você leu meus pensamentos, também estou com fome .- disse ele sorrindo pra mim. Ele chamou a aeromoça e pediu algo pra gente comer. Ela voltou com dois copos de suco , e sanduiches, bem grandes. Depois que comemos , voltamos a dormir, Ter que passar um dia inteiro no avião não era facíl ... ou você dormia, ou ficava olhando as poltronas dos passageiros. E concertza os sonhos, são melhores que as poltronas.
Eu acordei sentindo algo estranho, meu estômago embrulhava , acho que tinha sido aqueles sanduiches . Justin olhou pra mim, curioso.
-O que foi linda ? - perguntou ele.
Eu abri a boca pra responder mas não consegui, sai da poltroca correndo , fui até o fim do corredor e entrei no banheiro feminino.
(NARRAÇÃO JUSTIN BIEBER)
O que ela tem ? Eu fui atrás dela. Ela entrou correndo no banheiro feminino e trancou a porta. Eu bati na porta mas ela não abriu . Eu ouvi barulhos... pera... ela esta ... vomitando ? OMG. Aqueles sanduiches devem ter feito mal pra ela .
-Jenny ? Abre a porta !-eu disse batendo na porta.
Ela não respondeu. Eu esperei um instante até que não ouvi mais nada, apenas o barulho da água escorrendo da torneira. Em segundos ela abriu a porta, ela estava pálita. QUE RUIM , EU QUERIA QUE ELA SE DIVERTISSE E NÃO QUE FICASSE DOENTE.
-Você ta bem ? Esta palída .
-Não .- disse ela pondo a mão em sua barriga.-Estou sentindo uma dor aqui ... muito forte...ai .
Eu a segurei, parecia que ia desmair. Eu ajudei ela a se sentar em uma poltrona que estava lá , não tinha ninguém então acho que ela podia sentar. Eu chamei a enfermeira que sempre ficava no avião. (eu não sei se tem mas aqui tem ahahhhaha , chique ). Ela examinou a Jenny e disse que ela estava com intoxicação alimentar. Ela deu um rémedio pra Jenny , e disse que ela tinha que descansar. Eu a levei até nossas poltronas e ela se sentou, eu abracei ela e ela dormiu.
(FIM NARRAÇÃO JUSTIN BIEBER)
Abri os olhos. Eu não estava enchergando quaze nada. Era um lugar escuro . Ouvi um barulho de violão e me levantei. Andei até uma porta e a abri . Era lindo, eu estava vendo o mar, a praia era imensa. Olhei para as ondas e o movimento delas me enjoaram. Eu olhei em outra direção e vi o Jus, com seu violão , sentado na sacada da casa. Pera ja estavos na casa que Scooter havia emprestdo pro Jus ? Eu devia ter apagado mesmo. Eu bati em um vaso sem querer, ele caiu no chão fazendo barulho mas não quebrou . Justin olhou pra mim. Ele andou até mim, com uma expreção preocupada.
-Está melhor ? - disse ele , me abraçando .
-Sim.
-Até que fim você acordou bela adormecida ... pensei que iria dormir até amanhã...
-Como você me trouxe pra cá ? Eu não me lembro ...
-Você estava dormindo ... Eu te carreguei até o carro que o Scooter mandou pra buscar agente e te trouxe até aqui.
Eu sorri pra ele .
-Vamos entrar ? Você deve estra com fome , eu faço algo pra você comer ...
-Você sabe cozinhar ?
-Eu me viro ...
Quando ele disse aquilo meu estômago embrulhou novamente.
-Acho que não quero comer, não estou totalmente recuperada .
-Tudo bem ,então agente assiste um filme que tal ?
-Ta bom ...
Agente entrou na casa. A porta que eu havia saido era a porta do quarto, e dava direto pra sacada onde tinha aquela vista linda da praia. Eu me sentei na cama, enquanto ele foi ligar a luz. Quando ele acendeu a luz, eu vi como aquele quarto era perfeito. Jus, foi até o DVD e mexeu nos filmes que tinham em cima dele.
-IXIIII amor, só tem filme antigo e o meu filme.
-Seu filme ? Never say never ?
-É.
-Vamos assistir ?
-Tem certeza ? É a minha história .
-Claro , vamos ! Coloca logo Justin!
Ele riu e colcou  o filme no DVD, desligou a luz novamente e foi até mim. Ele se deitou na cama , ao meu lado me abraçando. O filme era lindo , Justin era muito fofo quando pequeno , batia nas cadeiras pra fazer som, ganhou uma bateria e começou a tocar com os amigos de Pattie. Eu assisti ao filme prestando atenção em tudo . Teve uma parte que eu não aguentei. Justin havia gritado muito quando estava descansando na casa de sua avó , e quando voltou ele teve que ficar sem falar o dia todo . Meu coração doeu só de ver a carinha triste que ele fez.
-Isso aconteceu de verdade ? - perguntei quaze chorando.
-Sim.
Uma lágrima escorreu do meu olho, era triste ver o menino que eu mais amava , passando por esses problemas ...
-Hey , vc ta chorando ? - perguntou ele me olhando.
-Não , é que é muito triste ...
Ele me abraçou.
-Sua boba, não chora ... isso não vai mas acontecer, agora eu cuido da minha voz .
Eu derramei mais umas lágrimas e parei de chorar. Deitei minha cabeça em seu peito  para terminar de assistir ao filme ... em instante eu dormi novamente. (...)

5 comentários:

  1. AAAAAAAAAAA continuoo siim SUAAA LINDA uhaduhuhduhh *-*

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhh Sua Divaaaaaaaaaa ta mt perfect

    ResponderExcluir
  3. Genteee a Jenny parece um rato, só dorme

    ResponderExcluir