30 de jan de 2012

Capítulo 27 ണarry yഠu ♔

-Acho que vou me vestir...- eu me afastei, corando um pouco. Ele riu. Vesti a minha roupa. Logo Ryan estava no quarto novamente. Ele deu o Jaxon pro Justin segurar e deu a Jezzy pra mim segurar, ele pegou o espelho e o tirou do quarto, deixando eu, Justin, Jaxon e Jazzy á sós.(...)

-ECAAAAAAAAAAAA!JAXON!- Justin gritou, eu o olhei.
-Que foi Justin ?- eu ri, ele fazia uma careta muito engraçada, Jaxon e Jazzy também riram.
-Acho que vamos ter que trocar o Jaxon... -eu assenti. Coloquei a Jazzy no chão, perto de uns brinquedos.Ela ficou brincando.
-Ele é todo seu.- disse Justin, entregando o Jaxon pra mim.- Eu não sei trocar frauda.- eu ri.
-Tudo bem, mas pega o talco e uma frauda nova pra mim ? - ele assentiu. Coloquei o Jaxon sobre uma pequena manta estendida na cama e abri sua frauda.Justin me deu o talco e uma frauda novo. Retirei a frauda suja e coloquei a nova, passei lenços umidecidos em jaxon e um pouquinho de talco. Justin me olhava sorrindo.
-Que foi ? - perguntei fechando as abas da frauda.
-Nossos filhos terão muita sorte de ter você como mãe. - eu sorri.
-E você como pai.- emendei.Peguei Jaxon no colo e o coloquei junto com a Jezzy, eles ficavam lindos juntos. Me sentei ao lado deles e fiquei brincando com eles Justin fez o mesmo. Ficamos á tarde toda brincando... brincamos de todos os tipos de brincadeiras, de chazinho até corrida de carros, isso sem falar que o Justin teve que vestir uma peruca e dançar quando o Jaxon ameaçou de chorar. Depois de tanta brincadeira,demos um banho neles. Justin deu um banho em Jaxon e eu na Jezzy, colocamos roupas de frio neles. Justin disse que levaria a gente pra jantar então eles tinham que estar bem quentinhos. Quando todo mundo estava arrumado, saimos no quarto e descemos até fora do hotel. A chuva tinha parado, então podiamos ir sem o carro. Eu levei Jaxon no colo, ele era mais levinho e Justin levou a Jezzy. Chegamos em um restaurante ali perto. Era bem simples e aconchegante. Nos sentamos em uma mesa. Jaxon ficou sentado do meu lado, em uma cadeira própria para ele. Jazzy se sentou do lado do Justin, fizemos nosso pedido. Eu e Justin pedimos filé de frango , com molho de mostarda e mel, com arroz, feijão e salada (Taah on :deu fome né ? :( esse molho é tão bom ): off# ) pedimos uma sopa de legumes para o jaxon e para a jezzy . Eu me revezava com o Justin para dar a sopa ao Jaxon, Jazzy comia sozinha, ela era muito fofa. Demoramos um pouco para jantar. Justin e eu ficamos conversando sobre nosso dia, sem querer tocamos no assunto '' briga com o Pedro '' e logo paramos de falar daquilo. Justin e eu tinhamos combinado de esquecer aquilo hoje. Quando saimos do restaurante já estava anoitecendo, havia estrelas no céu. Jazzy queria brincar em um pequeno jardim que tinha ali. Concordamos e fomos com ela. Deixamos ela perto de umas flores. Jaxon ficou no meu colo. Me sentei em um banquinho que havia ali e Justin se sentou ao meu lado... Jaxon parecia cansado. Eu deitei ele em meus braços, ele fechou os olhos e dormiu.
-Que anjinho...- eu disse sorrindo.
-É verdade... um anjo como você.- eu sorri.
-Bobo.- Jazzy não parecia com sono, ela corria pra todo lugar. Justin foi brincar com ela. Ele parecia uma criança brincando com a Jezzy, ele amava muito ela, dava pra perceber isso. Ela e Justin brincaram por alguns minutos até que ela se cansou e disse que queria ir embora. Justin a pegou no colo, ela encostou sua cabeçinha no ombro do Justin e fechou os olhos, parecia que ia dormir. Eu e Justin voltamos para o hotel. Quando chegamos, subimos até o quarto. Jazzy também havia dormido. Arrumamos a cama e colocamos eles. Justin queria assistir um filme. Colocamos algumas almofadas no chão e nos deitamos de frente para a Tv. Justin colocou um filme de terror, eu não gostava muito mas era bom ficar ali com ele.
-Seus pais vão demorar para chegar ? - eu sussurrei, não queria acordar meus cunhadinhos.
-Não sei, porque ? Está cansada ?
-Não é só que não posso chegar tarde em casa...
-Se eles demorarem, eu te levo e deixo a Jazzy e o Jaxon com o Ryan, eles estão dormindo mesmo...
-Tudo bem.- voltei a assistir o filme mas Justin parecia que me olhava. Eu o olhei , e sim, ele estava me olhando.
-Você é tão linda...- ele se aproximou de mim e me beijou. Foi se aproximando muito de mim. Tentei, sem sucesso me afastar mas ele não me deixava pensar com clareza e sempre me interrompia com um beijo. Ele subiu em cima de mim e parou por um momento pra me olhar, colocou sua mão na minha blusa e tentou tira-la eu não deixei.
-Seus pais podem chegar Jus, e seus irmãos estão no quarto.- ele se afastou fazendo bico.-AAWWN JUS, não faz isso , você sabe que não podemos fazer isso com seus irmãos aqui dentro.
-Eu sei, mas eu tenho saudades de você, saudade do seu cheiro... do seu corpo... - eu me aproximei dele, colocando minha mão por debaixo de sua blusa, aranhei de leve seu abdômen, ele se arrepiou. Ele foi me beijar novamente, mas quando ele quiz tirar a minha blusa, eu me afastei.-Isso é tortura, você deveria ser presa!
-Porque amor ?- eu estava confusa.
-Você diz que não quer mais provoca.- eu ri e me aproximei dele, deitando minha cabeça em seu peito.Ele colocou seus braços a minha volta, me apertando contra seu corpo. Senti uma pontada em minha barriga novamente, aquilo não era bom, devia ser uma virose. Me levantei e corri pro banheiro, Justin me olhava confuso. Fechei a porta do banheiro, fui até a pia e vomitei novamente. Desta vez foi pior, eu vomitei muito, suava frio e minha cabeça parecia que ia explodir. Quando tinha certeza que os vômitos tinham parado, lavei a boca e sai do banheiro. Justin estava me esperando, perto da porta.
-Está melhor ? - ele me olhava preocupado.
- Mais ou menos...minha cabeça dói...
-Você esta pálida, vou te levar ao médico...
-Não, não precisa...você tem que olhar seus irmãos...
-Jenny, não faz isso, eu tenho que cuidar de você também, e eu estou preocupado, você deve ter pegado uma virose e tem que se cuidar... deixa eu te levar ao médico por favor amor ?
-Mas eu não gosto muito de ir ao médico...
-Eu vou estar ao seu lado, não se preocupa...
-Ta bom então...
Justin pegou em minha cintura, eu estava um pouco tonta. Ele chamou o Ryan e explicou á ele. Ryan disse que ficaria com a Jezzy e o Jaxon. Justin me levou até o carro e o ligou, logo o carro estava em movimento. Aquilo me dava ânsia de vômito, segurei firme pois não queria vomitar no carro do Justin. Tudo a minha volta girava, minha cabeça dóia...eu estava preocupada, com medo. Medo de ter pego uma doença grave. Tentei tirar aquilo da minha mente mais era impossível. Justin me levou até o hospital de NY. Fomos os primeiros a serem atendidos. O médico me deitou em uma maca, examinou meus olhos, e precionou seus dedos contra minha barriga, doeu um pouco. Ele me medicou e colocou o soro. Eu odiava aquilo, aquela agulha enfincada em meu braço. Argh. E eu estava sonolenta, efeito dos rémedios que ele havia me dado. Eu não enxergava quase nada, apenas a luz branca no teto que iluminava a sala inteira. Justin desapaeceu por uns momentos, imaginei que ele estivesse falando com o médico.Depois ele voltou e segurou em minhas mãos.
-Esta melhor ?
-Sim.- minha cabeça e a ânsia tinham parado, isso era otimo.-Onde você estava ?
-Falando com o médico .
-O que ele disse ?
-Ele não sabe exatamente o que você tem, ele acha que é um infecção causada por uma bacteria que fica nos alimentos... a enfermeira vem daqui a pouco tirar o seu sangue para fazer os exames... vai demorar pra ficarem prontos... você terá que pega-los depois que formos na casa do Presidente... se você estiver boa pra ir.
-Claro que vou estar.- eu sorri, não foi forçado.A enfermeira veio até mim, passou um pequeno algodão em cima do meu braço, ela pegou a seringa na mão, colocando a agulha. Eu fiz uma careta, virando a cara, eu odiava agulhas.
-É só uma picadinha...
-É o que todos dizem.- murmurrei azeda.
Ela sorriu e colocou a agulha em meu braço. Aquilo doia a beça mas eu precisava fazer aquilo, eu estava preocupada comigo, e com medo. Medo te estar com algo muito grave. Ela colocou o sangue retirado do meu braço em um recipiente pequeno e o fechou. Ela abriu outra siringa e outra agulha.
-PORQUE VOCÊ ESTÁ ABRINDO OUTRA AGULHA ?- eu estava assustada, eu teria que tirar sangue duas vezes ?
-Eu vou ter que tirar seu sangue mais uma vez...
-Porque ?
-Uma amostra eu vou mandar ao laboratório , pra saber se você está com alguma bactéria causada pelos alimentos e a outra á um laboratório que fará o estudo do seu sangue, saber se precisa de nutrientes e esses tipos de coisa...
-Se é assim...- eu virei o rosto outra vez, eu percebi que mordia o lábio inferior. Esse lance de tira e ponhe agulha no meu braço não me agradava muito. Enfim a enfermeira acabou e saiu fora daquela sala. Justin pegou na minha mão.
-Não se preocupa, o Dr.Stewart é um dos melhores e ele te passou alguns rémedios, você vai ficar boa logo...
-Será que é grave o que eu tenho ? To com medo Jus...
-Amor, - ele colocou sua mão em meu rosto, o acariciando.-não é nada grave, ou é um virus causado por uma bactéria ou falta de nutrientes no seu corpo, aposto que não tem comido direito ultimamente...
-É, acho que pizzas e sanduiches não são refeições saudavéis. - Justin tinha razão, aquilo me acalmou, se fosse falta de nutrientes eu melhoraria á tempo para a apresentação do Justin ao Presidente.
-E você não tem que se preocupar, o Dr.Bieber vai cuidar de você.- eu ri. Ele sempre me fazia rir.
-Será que eu já posso ir embora Dr.Bieber, quero tirar essa agulha do meu braço.- ele riu.
-Vou ver com a enfermeira...- eu assenti e ele saiu da sala. Pude reparar melhor nela. Havia uma mesa, devia ser do Dr.Steawrt, era uma sala clara, as paredes eram brancas... havia vários diplomas na parede, ele devia ser um otimo médico. Justin voltou rápido com a enfermeira ao seu lado.
-Ela disse que você já pode ir.
-Que otimo.- eu sorri.A enfermeira tirou a agulha do meu braço, e colocou aquele curativo quadrado e pequeno ...
(Taah on : ã. sabe não sou muito boa em lembrar nomes das coisas , vamos chama-lo de curativo tapa buraquinho de agulha! UHAUDUHDAUHDUHAD off#). Ela saiu da sala, levando tudo com ela, eu me sentei na maca em que estava e me levantei. Justin me deu a mão mas eu estava bem para levantar sozinha. Seja lá o que o médico havia me dado tinha funcionado. Eu estava bem melhor. Justin me levou até o carro, ele disse que me levaria pra casa pra mim descançar, eu assenti e ele ligou o carro. Chegamos em casa muito rápido,Justin era um bom motorista.Eu disse pro Justin entrar comigo, ele concordou . Entramos em casa, minha mãe e meu pai me olharam preocupados.
-FILHA!ONDE VOCÊ ESTAVA ?
-Calma mãe eu estava no hospital...
-Hospital ? O que aconteceu ? Você está bem ?
-Estou, eu estava vomitando, mas estou melhor, o médico me deu alguns rémedios... deve ser falta de nutrientes no meu corpo, eu não tenho me alimentado direito sabe...
-Filha, isso é grave ? Meu Deus.
-Calma, não é grave, vou pegar os exames daqui a alguns dias e logo vou saber o que eu tenho, fica calma.
-O.K, obrigado por trazer ela Justin.
-Que isso senhora Conti, eu faria tudo pela Jenny.- eu sorri envergonhada.Meu pai fez uma careta, Justin ficou quieto.
-Acho que vou dormir... Justin vem comigo ? - meu pai me olhou bravo.-Ele pode ficar até eu dormir , por favor pai ? - ele fez que sim com a cabeça. Eu puxei Justin até o meu quarto, entrei e fechei a porta.
-Seu pai não vai gostar disso.
-Eu quero privacidade pra dormir, ele vai ter que se acostumar.- Justin riu. Peguei meu pijama e fui me trocar no banheiro. Depois que me troquei, escovei os dentes e sai do banheiro. Justin havia arrumado a cama pra mim dormir. Ele estava deitado na cama, mais por cima do meu edredon. Eu sorri e me deitei , abraçei a cintura dele.Ele me abraçou.Eu fechei os olhos, mas sabia que demoraria para dormir.
-Eu gosto de ficar assim com você...- sussurrei no peito do Jus.Ele me abraçou mais forte, seu corpo era quente.
-Eu também gosto de ficar assim com você princesa.-Justin sussurrava mais do que eu , acho que ele estava com medo que meu pai nos ouvisse.
-Me promete uma coisa ? - eu abri os olhos e o olhei, ele parecia confuso.
-O que amor ?
-Que vai sempre se lembrar de mim ? Quer dizer, sei que vamos ficar juntos mas ninguém sabe o que vai acontecer e se um dia nos separarmos... você promete que sempre vai me guardar aqui... ? - eu passei a mão em seu peito, onde fica seu coração.
-Prometo. E você promete que sempre vai se lembrar de mim também?
-Claro que sim meu anjo... - ele sorriu e eu fechei os olhos.
-É melhor você dormir agora... boa noite.
-Eu te amo.
-Também te amo amor.- ele começou a murmurrar alguma coisa. Parecia que estava cantando, deixei o som da sua voz entrar em minha cabeça. A noite era apenas um eco, eu me sentia bem ali, abraçada com o meu amor. Fiquei repetindo sua voz em minha mente até que dormi.(...)

4 COMENTÁRIOS ? obg *-*

17 comentários:

  1. continuua , ta muuito perfeito *--*
    muito anciosa pelo ( HOT ) kkk não me esqueci hein u.u

    ResponderExcluir
  2. Não deu para eu comentar no outro capitulo! ~~chora~~
    Tô triste, triste mesmo...sem zoeira :(
    Eu não sei o que escrever aqui '-'
    Sua #ib já é perfeita por natureza ú.u
    Coontinua? *---*
    Desculpa, tô sem criatividade para comentar, mais você sabe que eu te amo e amo Sua #ib ú.u

    ResponderExcluir
  3. Continua a IB, tá ótima. Sou leitora fiel, e entro sempre aqui na esperança que vc já tenha postado o próximo capítulo. Um Beijão >.<

    ResponderExcluir
  4. Não consegui ver o 27:/

    ResponderExcluir
  5. Eu n conseguir ler fica td branco

    ResponderExcluir
  6. ta tudo em branco :(

    ResponderExcluir
  7. cara estar tdo em branco,preciso ler essa IB ou eu piro ....estou ficando louca....tá tdo BRANCO aiii omg omb jesus shushsuhsuhsuhs

    ResponderExcluir
  8. Oi eu gostaria de saber se você ainda tem esse capitulo porque eu gostaria muito de le-lo
    Beijos laly

    ResponderExcluir
  9. Porque ta tudo branco??? , mds preciso ler esse cap . Me manda no tt se vc tiver @hugmebieberz

    ResponderExcluir