13 de dez de 2013

All That Matters 2ª Temporada - Capítulo 5 ''The nostalgia made ​​me kiss you ''

''Não há mais nada dentro de mim ... que não seja você.''



Aquilo soou como um tipo de alerta em minha cabeça. Eu sabia que Ryan tinha razão mas me recusava a acreditar nisso.
-Ryan, por favor, não se preocupe... Apenas confie em mim.
-Como Mad?-ele suspirou do outro lado da linha.-Eu quero você aqui, pra te proteger do meu lado.
-Ryan, eu sei me cuidar.
Houve um breve silêncio.
-Eu preciso te falar uma coisa.-ele disse.
-Fale.
-Eu amo você Madison. Eu amo muito você.
-O que?
Senti os olhos de Justin me queimarem e logo ele tomou o celular da minha mão.
-Eu vou matar você Ryan Butler. E eu não vou descansar enquanto não fizer isso!-ele rosnou e jogou o telefone contra a parede se virando para mim, e deixando sua raiva exalar , me fazendo crer que estava encrencada agora.

-Justin ... eu ...-ele me interrompeu gritando.
-Cala a boca porra! Eu não acredito que você e ele estão juntos!-as veias se seu pescoço saltaram.
-Ei, - o olhei surpresa.-Ryan e eu não estamos juntos!
-Não? Então o que foi isso que eu acabei de ouvir?
-O Ryan disse isso porque ele ...-Bom, eu realmente não consegui continuar o que eu ia dizer. Eu não sabia porque Ryan tinha me dito aquilo.
-Ele disse isso porque esta apaixonado por você!
-E qual o problema nisso?-indaguei.-Até parece que esta com ciúmes...
-Ciúmes?-ele me encarou por um momento e depois riu sobriamente. -Você não sabe o que esta dizendo garota...-suas mãos seguraram-me pelos ombros e ele me colocou de frente para ele.-Você nunca mais vai falar com esse anjinho de merda ouviu?!
-Por que?-senti meus olhos arderem e as lágrimas começaram a sair.-Por que eu não posso falar com ele? Vou ficar sozinha aqui ? Sem minha família e meu melhor amigo?
Ele me jogou contra a cama e me olhou. Ele estava realmente com raiva.
-O que foi ?!-ele segurou minhas mãos com as deles e sumiu em cima de mim.-Você esta carente garota?! Se quiser eu posso resolver isso pra  você!
-Não!-gritei.-Sai de cima de mim Justin!
Minhas lágrimas caiam incontroláveis sobre minha face. Eu estava com medo. Medo que ele tentasse algo contra mim. Talvez Ryan estivesse certo. Justin iria fazer mal pra mim. Justin não era mais um anjo, agora ele estava mal, e sua maldade podia destruir tudo que um dia eu senti por ele.
-Você é uma vadia garota!-ele apertou mais os meus pulsos, e imobilizou minhas pernas para que eu parasse de me debater.-Escuta bem o que eu to dizendo...-sua voz saiu fria.-Eu posso ser legal com você as vezes mas não confuda as coisas por aqui. Eu quero te proteger , porque você é minha vingança contra todos aqueles anjos inúteis! Você não esta aqui porque eu gosto de você entendeu?!-Suas palavras saíram como facadas em meu coração. Eram rudes. Tudo aquilo que ele estava dizendo me fazia chorar mais ainda.
-Justin ...-Eu não aguentava mais ouvir nada daquilo. Eu não aguentava mais olhar pra ele e ver o quão mal ele estava me tratando.-Sai de cima de mim por favor ... sai....
Ele revirou os olhos e saiu me encarando enquanto eu sentava na cama e tentava ao máximo controlar o meu choro.
-Eu realmente não sei o que eu tinha na cabeça quando te trouxe aqui!-ele grunhiu.-Saia desse quarto e ache a cozinha. Eileen preparou o almoço pra você!
Dito isso ele saiu do quarto, deixando que a porta batesse com força.
Coloquei a mão no meu pulso onde doía mais. Havia ficado marcas muito vermelhas no local.
Um nó se formou em minha garganta.
Eu estava realmente magoada e com raiva por ele ter me agredido outra vez.
Meu estomago roncou me interrompendo e eu decidi sair do quarto e ir para comer alguma coisa.
Fiquei andando pelos corredores daquela casa enorme até que senti o cheiro de comida e o segui. A minha sorte foi eu ter encontrado a cozinha.
Havia uma senhora lá. Ela estava arrumando a mesa, e colocando a comida sobre ela.
-Ahn , oi.-sorri meio tímida e ela me encarou, sorrindo também.
-Olá, você deve ser Madison não é ?
-Sou sim.-garanti. -E você é a Eileen certo?
Eilleen não tinha os cabelos grisalhos, não me parecia muito velha. Era um pouco rechonchuda, e mantinha seus olhos nos meus, com um sorriso simpático no rosto.
-Certo.-ela limpou suas mãos no avental e me olhou.-O senhor Justin me pediu para que fizesse comida para a senhorita, espero que goste.
-Sei que vou gostar.-disse e me sentei na mesa. Eileen era muito gentil. Ela me serviu, e ainda me contou como veio parar aqui na casa de Justin.
Ela sabia de tudo sobre ele ser um demônio, mas não sabia nada sobre mim.
Acho que eu realmente fui boba perguntando. Justin não falaria de mim para as outras pessoas. Não esse Justin, pelo menos.
Quando terminei de comer, Eileen disse que havia uma grande tv na sala e que eu podia ficar lá assistindo. Fiz o que ela me disse.
Ter de ficar ali trancada naquela casa sem fazer nada iria me chatear bastante, tirando o fato de ter que olhar para Justin e sentir que ele nunca mais será como antes.
Isso realmente acabava comigo.
Fui para a sala e liguei a tv em um filme que estava passando. Deitei no sofá, e foi em questão de segundos para que eu adormecesse ali mesmo.

P.O.V Justin Bieber

Eu andava de um lado para o outro tentando me acalmar mas aquilo parecia impossível. Aquela garota tinha me tirado do sério, mesmo eu a avisando para que não fizesse isso.
Eu sempre soube que nunca pude confiar no Ryan.
Bastou eu deixa-la e ele virar o ''anjo da guarda'' dela, que ele esta tentando tira-la de mim.
Eu realmente tenho pena dele se acha que pode comigo.
Eu não gosto mais da Madison.
 Ela é irritante, chorona e fraca.
O que eu quero é escondê-la de todos os anjos para que Peter venha até mim e me ajude a me transformar novamente, mas desta vez em humano.
Eu estava cansado da porra dessa vida.
Cada dia pareciam uma eternidade.
Eu estava parado no tempo.
Meus sentidos estavam a flor da pele. Um ódio parecia tomar meu corpo quando eu estava com raiva...
Isso é realmente desgastante.
Eu apenas queria ser um humano. Humanos são como merdas ambulantes, mas era melhor do que nada. Pelo menos eu teria a chance de ter uma vida...se é isso que eu quero ainda.
Alguém bateu na porta do meu quarto duas vezes e em seguida abriu.
Era Eillen.
-Com licença Senhor Bieber, a garota dormiu na sala ... devo acorda-la para que ela vá para o quarto?
-Não ...Ahn, -eu pensei por um momento.-você pode ir ao shopping e comprar algumas roupas para ela?
-Claro Senhor Bieber ... Eu devo pedir a opinião dela sobre o que ela quer comprar?
-Compre o que quiser.-disse.-Apenas saia e me deixe sozinho com ela nessa casa.
Eileen entendeu o meu pedido e saiu fechando minha porta.
Madison estava precisando realmente de algumas roupas novas, aquelas que eu peguei estavam cheirando á anjo, e eu não podia correr o risco de encontrarem ela aqui, e  meu ''pai'' resolver fazer uma visita.
Depois de toda a minha transformação, eu evitava de todas as maneiras pensar em minha família.
E é isto que eu tento fazer sempre, afinal, foi por culpa do meu pai que eu estou nisso, e não de Madison.
A única coisa que chegava a me preocupar por incrível que pareça, eram meus irmãos.
Aqueles pirralhos me faziam uma falta do caralho. Eu não conseguia não pensar neles.
A imagem dos dois sorrindo viam em minha mente e eu me martirizei por isso.
Eu não podia pensar neles.
Não podia pensar em anjos. Aquilo era deprimente, até pra mim que já fui um.
Resolvi sair dali e ver como Madison estava.
Assim que cheguei na sala, a vi, deitada sobre o meu sofá, com a tv ligada.
Estava passando algum filme qualquer.
Caminhei até lá e desliguei a tv.
Me virei e encarei Madison.
-Pelo menos dormindo não me tira do sério ...-murmurei e em seguida ri deste meu comentário.
Eu só podia estar ficando louco em falar sozinho.
Andei até ela e a balancei para que ela acordasse.
-Madison.
Minha voz saiu um pouco grossa mas foi o suficiente para que ela despertasse. Ela me olhou assustada e me sentou se afastando de mim.
-O que foi?
-Nada...só estou te acordando para ir dormir no quarto.
-Ahhh...-ela deixou um suspiro escapar.-Você não devia ter me acordado.
-Por que não?-perguntei.
-Porque eu estava tendo um sonho bom.-ela deixou um sorriso escapar de seus lábios e eu me perguntei mentalmente o que tanto ela tinha sonhado, mas me contive em perguntar. Eu não queria ouvir baboseiras sobre coisas boas agora.
-Entendi.-disse. Desviei meu olhar para a janela onde o sol batia forte e fazia uma pequena fenda de luz coloridas baterem no chão.
-Justin?-Madison me chamou e eu a olhei novamente.
-O que foi Madison?
-Podemos conversar?
-Mais?-perguntei deixando um riso irônico sair pelo meu nariz. Ela ficou séria.-Ta...tudo bem, pode falar.
-Eu só ... estava aqui pensando. Você ... é um demônio e tudo mais ... só que se parece com um humano. E você continua fisicamente da mesma forma de antes. Todos os demônios se parecem com humanos?
-Mais ou menos.-disse.-Quando nos revelamos, e isso é realmente difícil de acontecer, deixamos transparecer o que somos por dentro. Ou seja, todos somos horríveis, por isso adotamos a forma de um humano ou de algo que eramos antes, no meu caso, um anjo.
-Como você sabe que é horrível ao se mostrar?-ela perguntou ainda mais curiosa sobre isto.-Você já se olhou no espelho?
-Eu não precisei....
-Você ... matou mesmo aquelas pessoas? Como você fez isso? Como ....-a interrompi.
-Por que esta fazendo tantas perguntas ? Você bebeu o que no almoço? Café?!-arqueei minha sobrancelhas e ela riu.
Isso não era uma piada.
-Não ... eu apenas estava pensando e achei que você podia me responder.
-Achou errado.-a cortei.-Não vai para o quarto dormir?
-Não, acho que vou ficar por aqui mesmo...Será que aqui tem alguma bebida que eu possa tomar?
-Desde quando você bebe?
-Desde que eu fui a uma balada com uma garota do trabalho.
-Você esta trabalhando? Em que?
-Na lanchonete.
-E a faculdade? Como esta indo?
-Eu ainda nem comecei. O dinheiro que você me deixou eu doei.
-O que?! Ficou louca? Por que fez isso?
Olhei incrédulo para ela.
Que tipo de pessoa doa uma bolada de dinheiro assim, tendo um sonho para realizar?
-Porque eu simplesmente quero fazer as coisas da minha forma...-ela deu de ombros e desviou o seu olhar de mim.
-Você não é normal Madison. Que tipo de pessoa doa o dinheiro que ganhou para realizar um sonho?
-Acho que eu percebi que ... não era bem o que eu mais queria.
Suspirei, e me sentei ao lado dela.
-O que quer dizer com isso?
-Quero dizer que ... eu doei porque eu senti que você faria isso se tivesse no meu lugar. Você me ensinou que coisas materiais são passageiras... e o que importa é o amor.
-Madison.-a alertei. -Eu não quero falar sobre isso.
-Por que não?!-ela olhou em meus olhos.-Eu duvido muito que você tenha esquecido tudo que vivemos.
-Isso não importa mais ...-eu dei de ombros.
-Claro que importa!-ela quase gritou.-Por que apesar de tudo isso, e de você estar assim agora, tem a porra de um sentimento dentro de mim me dizendo que eu amo você e é você que eu quero!
Ela abriu a boca para falar algo mas fraquejou, ao invés disso, ela se aproximou de mim, e mesmo percebendo que ela estava com medo de fazer isso, ela me beijou.
Segurei em sua cintura e a trouxe para meu colo. Ela pediu passagem minha boca e eu cedi , sentindo novamente o gosto e o frescor de seu beijo.
O cheiro doce de Madison invadiu minhas narinas e eu me perguntei porque eu não fiz isso antes.
Era era realmente o que eu estava precisando.
As mãos delas foram para o meu cabelo, e por um minuto eu senti que iríamos ficar ali a tarde toda, até que uma voz nos interrompeu.
-O que esta acontecendo aqui Justin?!
Era a vadia da Kate.


Continua...
Gif

Olha meninas tudo bem? Uau. Hoje eu demorei pra postar. Fiquei morgando o dia todo, e não me vinha nenhuma ideia em mente... tava difícil hoje viu kkk
Eu to vendo algumas garotas pedirem para que eu avise sempre que um capítulo estiver pronto. Eu tenho este grupo (aqui) onde todos os capítulos postados aqui são avisamos como uma notificação no facebook. É ótimo para quem quer se manter atualizado sobre o blog.
Tem também o grupo no whatsapp, e quem quiser participar é só me chamar lá que eu coloco 019982351663

Eu tenho uma page no face (aqui) que eu criei esses dias, e eu gostaria de chamar pelo menos 3 meninas para postarem lá todos os dias, e que me ajude com que aquilo cresça. Se alguém estiver interessada, leia isto e preencha o formulário. > AQUI<

Gente, não creio que vocês acham que eu demoro pra postar? :o Eu posto todo dia, e isso é um record, acreditem. 
Aw o beijo deles! Eu estava sonhando com esse momento, espero que tenham gostado, de verdade. Porém, a b*tch da Kate atrapalhou. O que será que vai acontecer agora?
Obrigada por tudo que vocês tem feito por mim. Obrigada por todos os comentários! Amo vocês s2

Meu facebook (aqui)
Meu instagram (aqui)
Divulguem o blog no twitter, por favor (aqui)

Sejam bem vindas novas Shawties Lovers!

23 comentários:

  1. Por favor faça uma cena hot hot hot com eles dois pfvr !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Sempre parando nas melhores partes né..Continua ta divo *-*/Ana l.

    ResponderExcluir
  3. As vagabundas sempre atrapalhando, porque não morrem? continua

    ResponderExcluir
  4. Haha nossa sem palavras com essa ib ♥ hain que raiva dakela vadia *( Elles iao fikar juntos ♥ Continua por favor

    ResponderExcluir
  5. A thalia como sempre parando nas melhores partes para nos deixar curiosas kk continuaaaa

    ResponderExcluir
  6. Amando demais a sua IB, sério, está muito perfeita *-* Olha, do jeito que o JayB está, é bem capaz de ele bater e/ou expulsar a Kate da casa dele, porque né u.u Enfim, continua logo, please... Beijustins com Swag pra tu!

    ResponderExcluir
  7. Presciso falar o que eu to sentindo sobre esse capitulo? é tipo borboletas no meu estomago é perfeito a Kate atrapalhou... tadinha não consigo odiar ela...ainda mis tudo pode mudar hahhaa bom é isso beijinho e continua

    ResponderExcluir
  8. Ommgg comecaram com beijinhoos ai q delissiaaaaa mds
    Tenta postar hj o 6 pfvrr
    Perfeeito bjs

    ResponderExcluir
  9. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  10. Perfect,continua!!!!
    by:MELISSA

    ResponderExcluir
  11. Oh my God :O cara se a kate não tivesse atrapalhado slá ele podia ter lembrando de tudo e ficar um pouquinho melhor :/ mais a vac* da kate atrapalhou tudo :S aguardando o próximo cap :D

    ResponderExcluir
  12. :O meu Deus,esse beijo deles *----* tinha que ser a fdp da Kate pra atrapalhar :@ awn tha <3 continua,ok?

    ResponderExcluir
  13. Aaaaaaaiiii continua to muito mais muito curiosa cara rsrs

    ResponderExcluir
  14. Juro pra você que em cada palavra que eu leio eu fico mais impressionada, você tem esse talento e é incrível cara. Cada capítulo é de uma perfeição extraordinária, você se preocupa com cada detalhe, cada acento, cada virgula e ponto, tudo isso pra proporcionar a nós leitores uma leitura ótima. E quando algum (alguma) leitor (ar) vier te xingar não se exalte, não dê ouvidos, pois pode ter certeza é inveja, inveja de não ter a capacidade de fazer um imagine tão perfeito. Estou acompanhando a All That Matters e estou achando o máximo, eu já li muu(...)uitos imagines mais sem um pingo de duvida esse é o melhor. Parabéns mais uma vez e continue assim ! ( Adoro ser mencionada em imagnes, tipo agradecimentos, sem pressão kkk ' ) Te adicionei no facebook, aceita lá k :)
    Beijos e continuuuuua por favor !

    ResponderExcluir
  15. Socorro...isso ta maravilhoso...continue por favor...beijos...e a kate atrapalha justo agora?!!!

    ResponderExcluir
  16. Vc escreve muito bem, eu ja li só esse capítulo umas 6 vezes, parabéns e continuaa

    ResponderExcluir
  17. Não acredito que Justin vai ser capaz de mata-lá, só para se tornar um humano egoísta. Continua, esta perfeito..

    ResponderExcluir